APROVADO – SARGENTOS DO QUADRO ESPECIAL RUMO A SUBTENENTE

O Relator, Deputado Federal Subtenente Gonzaga deu Parecer Favorável e foi acompanhado por unanimidade por todos os parlamentares – Veja o vídeo:

A LUTA CONTINUA – PARABÉNS AOS  CABOS, SARGENTOS QE  E TAIFEIROS!

Importante lembrar que a Sugestão 195/2010, aprovada na Câmara dos Deputados Federais e que segue ao Chefe do Poder Executivo Federal, conforme preceitua a Constituição Federal, em nada tem haver com o Projeto de Lei 4373/2012, morto e enterrado.

ISONOMIA NAS FORÇAS ARMADAS – A OMISSÃO DO MINISTÉRIO DA DEFESA

Importante notar que toda essa luta é motivada pela falta de isonomia nas Forças Armadas, pois existe na Aeronáutica, Sargentos QE e Taifeiros que tem plano de Carreira até Suboficial, enquanto aos homólogos das demais Forças não é oportunizado.

O Blog entende que isso só foi possível graças à omissão do Ministério da Defesa, uma vez que a Constituição reza que a criação de cargos e carreiras  é atribuição, exclusiva, do Executivo, quando na verdade cada Força Armada decidiu a bel prazer. Aonde estar a Isonomia quando há paridade?

104 comentários em “APROVADO – SARGENTOS DO QUADRO ESPECIAL RUMO A SUBTENENTE

  • 09/11/2017 em 13:31
    Permalink

    Os Sgt QE merecem…….o problema é o que farão com os Sargentos de Carreira, que hoje são Subtenentes de carreira, que não ingressam ao QAO, vão ficar impedindo eles ainda de serem promovidos? Os QE merecem, mais os Subtenentes de carreira também merecem todos ir ate Cap QAO depois de ter dado 30 anos de suas vidas ao Exercito Brasileiro……..e não ficar mendigando uma promoção a 2º Ten QAO.

    Resposta
    • 28/02/2018 em 11:18
      Permalink

      Os senhores tem que se unir em vez de ficar pelos corredores dos quarteis se preocupando com pontuação, escala de serviço , medalhas e puxação de saco e deixarem os QES em paz.

      Resposta
  • 09/11/2017 em 15:09
    Permalink

    Como já disse em postagem anterior, parabéns aos Sargentos do QE, pois a luta deles é legítima, porque como viam a inércia do EB, diferente de outras Forças Armadas e auxiliares, onde já existe uma valorização dos quadros do QE e uma sistemática, onde os QE fazem cursos e podem chegar a Subtenente, tiveram que agir pela via política. E temos que seguir esse exemplo deles. E corroborando com o que disse o Sub Veio, em outras palavras, que disse: “e como fica os Subtenentes e Sargentos de Carreira, que fizeram concurso e cursos no EB, e uma boa parcela, independente de ter méritos ou não, morre Sub??”
    Amigos Subtenentes e Sargentos de Carreira, se nós continuarmos na inércia, a cúpula do EB também vai ficar, e continuar a nos deixar na mesma situação, pois para eles é muito bom que continuemos na subserviência e fiquemos à mercê de conceitos subjetivos e escolhas também subjetivas e desleais às promoções ao QAO feitas as surdinas nos “porões” da DAProm, em Brasília. O que temos que fazer é termos representantes nossos lá no Congresso, Deputados e Senadores. Infelizmente temos muito a melhorar no quesito “unidos somos mais fortes”, o maior exemplo de que precisamos nos unir muito mais é que temos um Grupo de whatsaap para subtenentes preteridos a promoção do QAO e que não chega a 80 contatos e enquanto o total de Subtenentes preteridos na reserva e ativa de turmas desde 1980, é de quase 2000, ou seja a nossa luta é grande para que haja maior conscientização que não devemos aceitar o que é injusto e errado e que devemos dentro da LEI nos unirmos mais para que o círculo de subtenentes e Sargentos seja mais valorizado e que ilegalidades e irregularidades sejam banidas das Forças Armadas, e que de fato o Estado Democrático de Direito, que tanto a imprensa propala, seja também para os graduados do EB, uma realidade.

    Resposta
  • 09/11/2017 em 20:58
    Permalink

    Meus amigos a luta continua mesmo,esse só foi o início da peleja, durante muito tempo nós QE fomos levado à bangu éramos chamados de Cabo melhorado kkk enquanto os nossos sargento e subtenente só pesavam eme transferência e deixaram os Oficiais tomarem conta de suas vidas ao ponto de perderem até sua digunidade totalmente submisso aos oficias principalmente depois que ficaram dependendo único e exclusivamente deles para uma promoção tão merecida diga se de passagem ao posto de OFICIAL QAO. Conselho lutem também é a vitória talvez venha, agora sem luta sem conquista.

    Resposta
  • 09/11/2017 em 21:11
    Permalink

    Se somos forças armadas “Exército, Marinha e Aeronáutica ” todas temos os mesmos direitos

    Resposta
  • 09/11/2017 em 23:28
    Permalink

    Diante dos comentários expostos
    Gostaria de salientar que na minha opinião, o quadro especial de sargentos já é uma humilhação a Praça que dedica anos a finco em prol da Pátria Amada.
    Enquanto não houver o interesse da autoridade do executivo em propor uma carreira de praças unificada para as 3 Forças Armadas igual a LEI DE PROMOÇÃO DE OFICIAIS, em que existe duas formas de promoção a por “MERECIMENTO” e por :ANTIGUIDADE”TENDO AS PROMOÇÕES ATÉ O LIMITE DE IDADE POR COTA COMPULSÓRIA
    com a ascensão até o último posto superior de oficiais.

    Resposta
  • 09/11/2017 em 23:33
    Permalink

    também concordo que os QE são merecedores, contudo será necessário valorizar o Sgt de Carreira, que fez escola, dependeu de TAF, TAT, conceito para ser promovido, ao passo que os QE estão conquistando apenas por tempo de serviço.

    Resposta
    • 11/03/2018 em 12:02
      Permalink

      Tudo isso ai é fácil de fazer,é só pagar a missão e faremos. tranquilinho se é esta a questão,mais alguma coisa? Fazer taf ? Fiz minha vida inteira isso sempre com as melhores menções.

      Resposta
  • 10/11/2017 em 00:44
    Permalink

    Deixa eu fazer uma perguntinha a esse Sub Veio e o que é que nós do Quadro de Taifeiros temos com os nobres colegas Sub Tenentes??? Ahhhh dá licença!!!! Posso fazer mais uma pergunta??? Quantas transferências o Sgt de carreira tem até chegar à graduação de Sub Ten??? Eu sei quantas transferências o Taifeiro tem com trinta anos de serviço prestados, “NENHUMA”. Confesso que não estou me aguentando e vou fazer outra pergunta por minha conta,
    o Senhor não tem o que fazer não??? Posso dar um conselho??? Vá procurar uma lavagem de roupa seu coisa ruim!!!! Volta pro seu caxão imundície!!!

    Resposta
    • 26/03/2018 em 13:17
      Permalink

      Mostrando o seu nível parceiro. Com este nível, nem sei como não foi a bem da disciplina. Quer ter transferência e tudo mais? Passasse num concurso público pow. Soldado é incorporado todos os anos nos quarteis pelo Brasil. O Sub falou que merecem os louros pelo tempo de serviço de vocês e aproveitou o tópico para pedir pelos de carreira tbm. Todos os praças na força passam por dificuldades neste quesito de valorização. Merecem suas conquistas pelos anos de serviços prestados sim mas lembrem-se sempre que o pessoal de carreira fez concurso e passou por situações, cursos de aperfeiçoamento e etc, bem diferentes. Não exigirei chegar a General por não ter prestado os devidos concursos e cursos. Faça o mesmo. Deixe de ser invejoso e se coloque em seu lugar! Por causa de lixo como vc, os QE acabam sendo desvalorizados.

      Resposta
  • 10/11/2017 em 06:54
    Permalink

    Nós que somos bdo QE sempre fomos injustiçados na MB,mereciamos maior reconhecimento.Sabendo-se do nosso conhecimento e experiência dentro da MB.

    Resposta
  • 10/11/2017 em 10:30
    Permalink

    Senhores sei que os ânimos estão exaltados, e há muitas dúvidas pairando no ar, relativo a esse assunto, sei que há divergência de opiniões, e existem aqueles que concordam e outros não, a opinião é pessoal, mas de nada adianta, os destrates e as provocações, pois tanto o quadro especial como o de carreira, se formos levar em conta os prós e os contras, vamos encontrar inúmeros fatores que vão contribuir para essa discussã, que diga-se de passagem não vai acabar nunca, por exemplo, o sargento de carreira que engressou na força através de concurso tem o seu plano de carreira ao longo dos 30 anos de serviço, tem os seus direitos acegurados e inúmeras vantagens em relação ao Qe que veio de Sd Ev,foi Se antigo,fez curso de cabo,foi promovido a cabo, esperou pra ser promovido a 3o e 2o Sgt,uitos foram em bora como cabo, outros foram como 3o sgt ou seja se formos comparar as coisas nós também somos de carreira, e todos os patamares que chegamos foi com muita luta, garra e determinação de nossa parte que sempre acreditamos em algo melhor, que podíamos galgar algo melhor, uma posição melhor, temos hoje inúmeros QEs que bem formos e que ocupam cargos e lugares de destaques, isso por que não psram, não se acomodaram com a citação caótica e deprimente que viviam sem poder dar melhor conforto para sua família, vendo o pouco que ganhava se esvaindo em instantes, seria justo trabalhar trinta dias e não sobrar nem para tomar um sorvete com o sua esposa e seus filhos, isso sem falar na educação dos mesmos, por isso senhores venho vos falar, para que em vez de nós engalfinharmos e criticamos uns aos outros, o melhor seria apoiamos mutuamente, pois juntos somos mais fortes, e essa força independe de classe ou nível e sim de nós consentida Ramos de que juntos podemos fazer a diferença obrigado amigos e espero que a compreensão e o comprometimento seja o nosso lema.

    Resposta
  • 10/11/2017 em 11:02
    Permalink

    Parabéns a nossa classe . Até que enfim estamos sendo valorizados. Já foi a época que tinha aquele Sgt QE ruinzão. Hoje a mais informação e Cultura. Estamos cada vez mais nos qualificando. Fazemos as mesmas coisas e as vezes mAis que os de Scola. Parabéns a essa classe sofrida de preconceitos

    Resposta
  • 10/11/2017 em 13:09
    Permalink

    E como fica quem foi para a reserva como cb .? Existem muitos no país afora.

    Resposta
  • 10/11/2017 em 15:36
    Permalink

    Sou Subtenente com proventos de segundo tenente, passei para reserva em 1996. Quando na ativa fiz todos os cursos para chegar a capitão, O unico impedimento para promoção é o intersticio, qual a possibilidade de promoção na inatividade?

    Resposta
  • 10/11/2017 em 22:06
    Permalink

    Quero ver se irão fazer sindicância, assumir uma sargenteacao ou encarregado de material!
    Além de fazer o cas, porque até onde eu sei para sair primeiro sargento tem que ter o cas.

    Resposta
    • 24/02/2018 em 20:27
      Permalink

      Pra ser Sargenteante ou enc. mat como muitos são, é a coisa mais simples de se ser, ainda mais quando tem um QE como auxiliar, pois comem na minha mão e com relação ao cas é só nos dar oportunidade, me lembro que eu como cabo substitui um primeirão outras vezes alguns segundos, pois o mesmos não reuniam condições de assumir e manter uma carteira me poupe!!!!

      Resposta
    • 10/03/2018 em 10:50
      Permalink

      Tudo isso ai é fácil de fazer,é só pagar a missão e faremos. tranquilinho se é esta a questão,mais alguma coisa?

      Resposta
    • 12/03/2018 em 23:09
      Permalink

      Boa noite a todos, em resposta ao colega acima, sou 2º Sgt QE da turma de 1991, ja fui até escrivão de um IPM, hj somos muitos qualificados, na minha OM tem muito sargentos de escola que são uma ingua, se escondem de certas missões! vcs tem que se unirem , e esquecem a classe dos QEs

      Resposta
    • 20/03/2018 em 08:21
      Permalink

      Se a questão é CAS nós fazemos isso até ¨dis costas ¨.

      Resposta
  • 11/11/2017 em 00:50
    Permalink

    É típico de alguns militares “a maioria infelizmente” que não procuram melhorar a si mesmos ou sua situação, prejudicando quem luta por melhoras já o satisfaz. Então não reclame que os QEs lutam para melhorar ao invés de ficarem se lamentando pelos cantos, lutem para melhorar a situação dos sgts de escola. Lembrem que o QE não ficou na força por favor, ficou porque era do interesse da força, porque possuía e possui uma ou mais aptidões que não são ensinadas na escola.

    Resposta
  • 11/11/2017 em 02:42
    Permalink

    Foi comentado por um amigo que os cabos da FAB já haviam conquistado seus direitos!?
    Saiba, meu amigo, a FAB não reconhece tal mérito!! Não fomos promovidos! Chegamos com, até, 25 anos de serviço para sermos promovidos a terceiro sargento!!
    As forças armadas não se entendem!!!
    A carreira deveria ser uma só para as três forças!!!
    Uma vergonha!!

    Resposta
  • 11/11/2017 em 03:09
    Permalink

    No dia q aprovar isso , no outro a enfermeira lota de QE pedindo apto para o serviço, um dia após a promoção a enfermaria lota de novo para o inapto. Ahahaha só um governo irresponsável aprovará aumento de despesa para a união, sendo que os últimos estão indo para reserva , promover para se aposentar? E ainda tem os da reserva que acham q tem direito a promoção aposentado ahahahah foi para a reserva tchau militar, esquece, foi, só querem mamar, tirar serviço, acabar o ensino médio ninguém quer, querem promoção sem mérito algum, só por tempo de serviço, isso nao vai passar no executivo, espero que a agu apresente a defesa corretamente, entraram soldado e ganharam a estabilidade pública sem concurso, já ganharam um prêmio ao serem promovidos a 2 sgt com 4 anos de 3 sgt enquanto o pica fumo de carreira sangra 8, boa sorte, mas nao passará.

    Resposta
    • 20/03/2018 em 08:27
      Permalink

      Quando um cara como você não tem mais o que falar,fica ai apelando,fique na sua e se contente com suas medalhas e transferências, suas pontuações sei lá,nos deixe em paz.

      Resposta
    • 09/04/2018 em 21:31
      Permalink

      Você demostrou em seu comentário quanto a FORÇA foi e continua sendo, tanto para o QE, como os próprios de carreira (escola), Negligência, Você concursado, passa 8 anos para sair 2º depois mais 8 para sair 1º, furtuna para os que saem Sub, quando deveria chegar a Capitão, e agora ficam de invejazinha, com medo de que passemos a frente. Por que não se une a causa do QE e procurem o melhor para todos. QE realmente tem experiência até para sair mais que Sub e vocês de escola a Cap mas. Nos do quadro especial não buscamos Posto ou altas graduações mas sim melhores salários para todos, isto talves voces não tenham entedido ainda. E muito difici, falar com ignorantes.

      Resposta
  • 11/11/2017 em 11:03
    Permalink

    Ai eu pergunto se essa decisao vale tambem pro militar da reserva???pois sou da reserva…alias fui reformado provendo meios.se essas promocoes sairem mesmo eu serei promovido???por favor me respondan,obrigado !!

    Resposta
  • 11/11/2017 em 16:35
    Permalink

    Boa tarde a todos. Sou do Quadro Especial da Aeronáutica e afirmo que não tenho plano de carreira até Suboficial. Na Força Aérea, os Cabos estabilizados devem esperar 20 anos na condição de Cabo para serem promovidos a Terceiro Sargento, permanecendo assim até ser colocado na Reserva Remunerada. Vale lembrar que a Força Aérea não promove os Cabos a Terceiro Sargento pelo tempo total de serviço. Ela promove pelo tempo de espera de 20 anos como Cabo. Sabemos que é um absurdo e enorme falta de respeito aos militares que se dedicam, estando disponíveis 24 horas por dia a Nação Brasileira.

    Resposta
  • 11/11/2017 em 21:55
    Permalink

    Boa noite será que serei também recompensado porque eu do quadro especial da marinha

    Resposta
  • 11/11/2017 em 21:58
    Permalink

    Prestem atenção quando se referirem aos QE, na mentalidade desses carreiristas todos nós não passamos de apedeuta. entretanto nem todos, refiro-me a quem disse que o QE não vai saber fazer sindicância, assumir uma sargenteacao ou encarregado de materia, e ainda quem disse quedependeu de TAF, TAT, conceito para ser promovido, ao passo que os QE estão conquistando apenas por tempo de serviço. todos nós fazemos TAF e TAT. ESSA MENTALIDADE DE QUE TODOS OS QE NÃO TEM ESTUDO JÁ ACABOU A MUITOS ANOS!!!!!!!!!!, SOU 2 SGT QE COM MUITO ORGULHO E ALÉM DISSO GRAÇAS A DEUS, SOU PÓS GRADUADO EM DIREITO! ENTÃO PORTANTO DOBRE A LINGUA QUANDO QUERER ESCULHAMBAR NOSSA CLASSE, BANDO DE VAGABUNDOS QUE SÓ SERVEM PARA SUGAR DINHEIRO DO EB, COM SUAS TRANSFERÊNCIAS, CURSOS, PNR E ETC…

    Resposta
    • 10/03/2018 em 22:50
      Permalink

      Com esse currículo está fazendo o que no Exército ? Desconfio que não deve estar fazendo muita coisa desde os tempos de cabo.

      Resposta
  • 12/11/2017 em 11:45
    Permalink

    Essa turma que critica aí, não deve nem ter o privilégio de resposta, poi não sabem o que,dizem! O quadro especial é quem ajuda o comando a tocar os quarteis! Quanto a fazer tat, taf e outros svs que só podem ser exigidos por um concursnho de primeiro grau, nao da p entrar em detalhes c esses caras! No meu caso sou qe e sou assessor juridico de meu comandante, inclusive quemrenat analisa as sindicancias e escreve a soluçao é quem vos fala! É questao de justica rever a nossa situaçao! Forte abraço

    Resposta
    • 24/02/2018 em 23:17
      Permalink

      Se tu fosse a bom mesmo já tinha dado baixa pra algo melhor. Sanguessuga também!! Sou QE também e não acho isso justo. Sabíamos desde o inicio que seria assim é, ainda assim, continuamos. Depois críticamos os politicos.

      Resposta
    • 25/02/2018 em 12:07
      Permalink

      Não conheço ninguém, mesmo antigo, que tenha passado na EsSA apenas com o “1° grau” (que é ensino fundamental desde 1996), todos que conheci tinham o ensino médio, ou quase, muitos cursando nível superior. Portanto, relativo a esse “cursinho” a que você se referiu, conheço muitos oficiais de Aman, incluindo um 01, que não passaram (na EsSA), haja vista a concorrência! Então companheiro, não fale abobrinhas!

      Resposta
  • 12/11/2017 em 21:20
    Permalink

    Estou na Reserva Remunerada a apenas 10 Meses sou 2 Sgt do quadro Especial .
    Mas enquanto estive na Ativa cumpri todas as Missões dadas a mim e Funções à qual fui destinado.
    Se realmente aprovado acho que alguém está vendo o Valor do quadro Especial.

    Resposta
  • 13/11/2017 em 00:36
    Permalink

    Concordo com o Antônio, “somos QE sim, com muito orgulho!” E muitos de nós somos Pós graduados, e como eu, antes de ir para reserva, meus amigos de EsA, montei uma empresa. Sou empresário. Porque trabalhar nunca matou ninguém. E tive muitos problemas, dentro da.minha unidade, quanto a escala de serviço, no que diz respeito a Sgt de carreira que não queriam tirar guarda, e que algumas vezes, eu fui mandado substituir um sargento de carreira, pois o mesmo não transmitia ao comando da unidade, a confiança, que o mesmo, comandasse uma guarda para recepcionar,.. Of General. Mas um Sgt QE, que tirou Gda, desde soldado, o saberia e tinha capacidade para Isso. Mas, se nos mandar fazer sindicância, não tenham dúvidas, faremos! Sem reclamar como muitos de carreira, “leões de alojamento” mas na frente de OF, “é o papa de babação de ovos.” Produto isso dobrem a língua, para falar de um QE. Mas deixo aqui, um esclarecimento. Muitos de carreira torcem por nós. Os “mediucres” é que ficam falando besteiras. Faço também, como outros acima, um pedido os de escola. Lutem pelos seus direitos. E podem pedir ajuda, apoio, e bizu para.os QE. Colem nos “cabos velhos” que os Senhores, se darão bem! Abraços!

    Resposta
  • 13/11/2017 em 11:04
    Permalink

    Caracas, o assunto ta provocando uma guerra entre os de carreira e os QE.
    Não foram os sgts que criaram as transferências, o próprio EB transfere os militares se eles não pedir.
    Assim como temos sgts ruins, temos tbm QE ruins, a situação de um ter formado em direito não muda nada o quadro.
    Acho que a luta eh legítima, não tem nada a ver com a luta dos de Escola, pra ir a Capitão.
    E pra finalizar, pessoal faça me o favor, quem foi pra reserva já era, não cabe nem perguntar, promoção eh pra quem ta na ativa. Por acaso os QE q foram pra reserva como CB ou 3 SGT foram promovidos na reserva pra 2? E querem ir direto a Sub, da reserva, rsrs.
    Bom dia a todos.

    Resposta
  • 13/11/2017 em 20:41
    Permalink

    Até onde sei o Sgt do QE. Faz tudo que um sgt de escola faz única coisa é que não tem direito de ser transferido, não tem direito a pneu, é uma burocracia criada dentro do EB. Levei quinze anos para conseguir um pnr. Qdo. Consegui foi em situação precária, tive de reforma todo, nunca obtive apoio de reforma , a respeito. Era que faltava verba , mas para os demais militares de escola tinha prioridade, durante meu tempo de caserna participei de todos campos, assumir todas as missões impostos , fui motorista. Bld. Fazia escala de missões, fui auxiliar de subtenente por sete anos montei, muitos acampamento controlava a carga de matérial da CIA ,o Sub. Era apenas de faxada, fui furriel por sete anos, trabalhei na SIP, e queria respeito pelos QE. Que vem a ser o militar que carrega o EB nas costas.

    Resposta
  • 15/11/2017 em 14:42
    Permalink

    Eu sei que muitos militares da ESA não concorda com a provação dessa lei, no meu ponto de vista isso e mais do qie justo.nos somos todos militares cumprimos todas os mesmo regulamentos exigidos do regulamentos. Nos QE não tivemos e Não deram nem oportunidade prós QE. No longo da carreira nos so fomos explorado sendo que cumprimos com todas as missões, que foram ordenadas,como todos os militares da ESA,TEMPORÁRIOS, OFICIAIS,CABO e SOLDADOS. Muitos QE teve desvios de funções e trinta anos de trabalho sem descanso e serviços, missões. (Pela pátria) sendo assim sem nenhum plano de carreira. Sendo que os sargentos da essa quando 3 SGT eles ralão,os 2 SGT ja da uma aliviada,1 SGT ja melhora,em matéria de serviços e missões. Então e o QE nesses trinta anos na caserna???????????????????????

    Resposta
    • 24/02/2018 em 23:04
      Permalink

      Maioria fora da escala, se arrastando. Na verdade são um bando se sanguessugas que nada fizeram por merecer essa promoção a STen. 2°Sgt já está de bom tamanho. Desde sempre souberam que seria assim. Por quê ficaram então???

      Resposta
  • 16/11/2017 em 02:29
    Permalink

    Sou SGFN do QE com muito orgulho. Mas não tive a oportunidade de muita vibração. Pois eu como muitos iguais a mim fomos massacrados pelo sistema de carreira que não havia nos dado mais oportunidade para progredimos ao sermos estabilizados. Então o que nos resta é sermos respeitado por todos os militares e torcermos para mudanças.

    Resposta
  • 17/11/2017 em 00:47
    Permalink

    O QE é considerado sargento, quando é para missão, para o demais, cursos, transferências, estágios, etc… ai não pode porque não é da escola. Agora, vejam nos quarteis Brasil afora, como foram deixando um militar por ano, para estabilizar em pontos chave, a fim de manter o quartel funcionando, coisa que já nota-se com a ida para a reserva dos remanescentes do QE como algumas OMs estão sentido com a saída dos QE

    Resposta
  • 17/11/2017 em 06:15
    Permalink

    Vamos parar de mi mi mi seus se ruelas quando morrer vão tudo para o mesmo buraco.sou sargento Andrade da marinha do Brasil e por isso que somos discriminados temos que nos unirmos aí seremos fortes.

    Resposta
  • 19/11/2017 em 23:04
    Permalink

    Alguns sgt vagabundos de carreira deveria fazer a aman pra sair oficial os QE q fazem as coisas andarem no na força .nem todos sao alguns chi… q tem raiva de QE idiotas

    Resposta
  • 22/11/2017 em 22:04
    Permalink

    Eu, PAULO GOMES, Sgt-QE/R1 fui embora sem o direito de ser promovido enquanto os Sgt QE mais modernos chegaram com muito louvor à 2Sgt. Quero saber quando o pres temer vai assinar a lei que dá o merecido soldo de ST/QE aos inativos e penssionistas já que foi aprovada a LEI-SUG/195. Vamos morrer e não veremos o tão almejado contra-cheque com o soldo de SUBTENENTE QE/R1????BRASIL ACIMA DE TUDO!

    Resposta
  • 27/11/2017 em 23:15
    Permalink

    Muito engraçado. O sonho da sargentada é chegar a capitão QAO. Lutem por isso! A promoção mais que justa a subtenente aos sargentos QE(Um quadro em extinção) em nada vai prejudicar a carreira dos sargentos oriundos de Escola…
    Aos sargentos que estão se considerando muita coisa em relação aos sargentos QE, não esquecam que até a década de 1990, bastava o antigo primeiro grau para realizar o concurso para a Escola de Sargentos. Quanto ao nível de exigência da prova, prefiro não comentar…

    Resposta
    • 24/02/2018 em 22:58
      Permalink

      Vamos.ser.sinceros! Mesmo.com exigência de pouca escolaridade e nível.de.prova baixo, como mesmo.disseste, não conseguiram aprovação! Não acho justo. Seria a mesma coisa do técnico judiciário no fim.da.carreira ser promovido a juiz.de.direito. Vamos deixar de babaquice e ficar olhando.para o próprio umbigo, almejando algo do qual nada.fizeram por merecer!

      Resposta
    • 25/02/2018 em 08:58
      Permalink

      Prefere não comentar porque o nível de exigência era tão elevado que você nem tentou ou se tentou não conseguiu, as provas estão na Internet para tu ver e tentar resolver se quiser e puder, eu só passei na terceira tentativa. E fiz cursinho e conheço muito cara bom que estudou comigo e era até melhor que eu e não passou. Prova de 1994. Uma das mais difíceis.

      Resposta
  • 29/11/2017 em 18:01
    Permalink

    Muita falta de noção o camarada que está na reserva perguntar se será promovido!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    vergonha alheia!!!

    Resposta
    • 24/02/2018 em 18:17
      Permalink

      da até vontade de rir mesmo….se na aeronáutica por respeito, ate as viúvas receberam a merecida promoção….por que no exercito não…
      o nome é ISONOMIA.
      direito de todo militar.

      Resposta
  • 20/12/2017 em 13:38
    Permalink

    Meu camarada o sgt QE são esteio do nossa Exercito Brasileiro, são valentes corajoso e guerreiro, quando sargento de carreira já passou na minha mão. O certo é uni como família verde oliva, fazer melhorar a nosso vida no quartel, agora a nova era são temporária que tenta bula o sistema para entrar na força.

    Resposta
    • 24/02/2018 em 23:08
      Permalink

      Kkkkkkkkk Tá de sacanagem! Vc é um brincante!!

      Resposta
  • 06/01/2018 em 14:19
    Permalink

    muitos sgt de carreira aprendem ser soldado dentro do quartel com muitos cabos velhos

    Resposta
  • 02/02/2018 em 18:51
    Permalink

    Eu não acho merecido se quisessem promoção ou algo do tipo fizessem provas, a maioria dos QE são um bando de baba ovos que passaram 25 anos inertes, esperando uma promoção cair do céu.
    E a maioria nem CFC tem e querem sair STEN pelo amor de deus.
    Nem segundo sargento poderiam ser pois em missões só servem para ser motorista por que não tem conhecimento, nem especialidade para ser sargento.
    Sem contar que a maioria nem ensino fundamental, e nem condições físicas possuem. Me poupe segundo sargento para os QE já é até demais

    Resposta
    • 20/02/2018 em 14:44
      Permalink

      Suas palavras denotam o militar alienado que você é… Fala sem conhecimento de causa. O quadro Especial foi criado em 1981 e os cabos estabilizados à época, eram promovidos já com 26 anos ou mais de serviço. Não havia naquele momento, nenhum tipo de pleito ou aspirações a algo mais na carreira, haja vista que a maioria dos Sgt QE, somente permaneciam na ativa em média 2 ou 3 anos como 3º Sgt do Exército, e então ingressavam na RR. Essa realidade mudou quando a própria força abriu oportunidade para estabilidade para um número maior de cb/sd, em sua maioria absoluta, aqueles com alguma habilitação de interesse do exército, como foi o caso do pessoal de informática por exemplo. Para ingressar no universo para estabilidade, o Cb/sd tinha que realizar prova de habilitação à função pretendida, além de ter que apresentar, no caso do Cb, o certificado e histórico de conclusão do Ensino Fundamental. A propósito, o concurso CFS/EB era de nível fundamental (antigo 1º grau) até o ano 2007. Eu mesmo quando estabilizei, em 1999, possuía o Ensino Médio Completo, realizei teste de aptidão, onde ficou comprovada a capacidade de utilização de diversos programas/softweres utilizados pelo EB. A partir dos últimos anos da década de 90, as promoções a 3º Sgt QE, passaram a ocorrer em média com 15 a 16 anos de serviço. O que resultou em militares no QE, ainda jovens e com capacidade para exercer diversas funções, que antes somente eram desempenhadas, “oficialmente”, por ST/Sgt oriundos de Escola. Enfim, entenda o prezado companheiro, que parece mais preocupado com a carreira alheia do que com a sua própria, que a realidade do Sgt QE hoje é diferente. Uma grande parte possui nível fundamental/médio ou superior completos, alguns são pós-graduados, mestres e doutores e pouquíssimos são aqueles que não concluíram o Ensino Fundamental, o que não é nenhum demérito, pois considerando 2008, como o primeiro ano de formação com exigência de EM completo, há muitos 2º Sgt hoje, com apenas o EF completo ou EM incompleto. O Sgt QE desempenha diversas funções afetas a Sgt com CAS e não reclama de nada, pelo contrário: quer a missão bem cumprida? Pague-a a um QE. SELVA!

      Resposta
      • 24/02/2018 em 13:02
        Permalink

        Sou genro de um QE e sou militar de carreira meu sogro é um dos militares mais competentes que conheci, mas ele não é a regra, acredito que seria justo uma seleção principalmente uma prova para habilita-los a essa promoção. Em diversos Quartéis o QE Não tira serviço de adjunto, mesmo sendo 2°Sgt,por não ter condições de redigir o livro de partes. Então não sou contra a promoção mas deveria haver meritocracia nessas e não jogar insígnias de Subtenente para cima para que militares que não tem condições de ser Subtenente só porque passou mais de 25 anos no Exercito esperando dar 30 anos, sem procurar estudar e evoluir como cidadão e militar.

        Resposta
      • 24/02/2018 em 15:45
        Permalink

        Ludo. Até seu nome é escroto como vc ,deixa de ser babaca, que pra ser sgt de escola até um dia desses só precisava do ensino fundamental coisa que vc não deve saber pois é tão novinho que nem do ovo saiu ainda vai procurar o que fazer vagabundo, é por causa de pessoas como vc que o exercíto está afundando, só fica pelos cantos reclamando da vida, tá achando ruim ?vai fazer outro concurso melhor se tiver condições intelectuais e para de falar da vida dos outro seu babaca, tenho certeza que quando chegou na tropa o primeiro arrego que pediu foi a um QE agora fica dando uma de dono da verdade, existem QEs que não são formados como vc, mais também tem muitos que te deixaram comendo poeira lá atrás te toca cara, e pra sua informação não existe sgt algum sem o CFC, vc não aprendeu isso na escola? Há esqueci que vc só olha a vida dos outros,vai procurar fazer os teus pontinhos segurando as calças de algum cmd cia e de seção pra ver se consegui a tua de sub. Tbm coloca Deus no coração e deixa de ser egoísta e para de se esconder atrás das pessoas e mostra a cara se vc tem caráter.

        Resposta
        • 25/02/2018 em 14:21
          Permalink

          Filhão ser prova de nível fundamental não diz nada,afinal o colégio naval tbm é nível fundamental e a prova e dificílima resumindo tanto faz se for nível fundamental ou médio o que vale é o nível de cobrança da prova

          Resposta
    • 21/02/2018 em 13:44
      Permalink

      Ludovico seu fdp pt , vai tm onde sua mãe tm todos os dias , seu recalcado , seu bosta , vc deve ficar sentado atras de uma mesa de computador sem produzir nada para a marinha , so esperando pg , seu saco de bosta

      Resposta
    • 23/02/2018 em 18:40
      Permalink

      meu camarada vc dis estas coisas pq,( se vc não sabe pq é porque ok), pois individuo como vc deve ser pracinha que foi na 2ª guerra mundial me perdoem estes homens valorozos, antes de falar bobagem tem SGT QE com nivel superior certo, e que nada flui dentro de uma reparticão se não fosse estar ali um cabo antigo, um 3º SGT QE e agora 2º SGT QE, porque os sargentos de carreira vem e vao, nao tem parada. Então não fale de coisas que não sabes, e atrapalhe a luta dos outros.

      Resposta
    • 24/02/2018 em 09:54
      Permalink

      Oque vc me diz dos Sgts que foram pra escola por indicao da unidade em 85 e 86 e hj são oficiais sem concurso e sem academia ,e os que prestarão concurso para Sgt que diz no edital podendo chegar a subtenente e no e capitão por antiguidade.

      Resposta
    • 24/02/2018 em 15:50
      Permalink

      Meu camarada vc literalmente é um otário, chama os QE de babão certamente deve ter levado um baita de um chifre de um QE por isso a revolta, fica sabendo que a maioria dos QE tem formação acadêmica,e vc se contenta com a promoção de subtenente, se quiser chegar a oficial tem que entregar os companheiros e babar muito fica a dica…

      Resposta
    • 24/02/2018 em 21:58
      Permalink

      Caro companheiro acredito que vc deve ter conhecido alguns QE vagabundo como vc mesmo falou, mas eu nos meus 28 anos de serviços metade deles na Amazônia conheço muito militar de escola que era baba ovo, ladrão, viciado em drogas ou jogos, estuprador, traficante e alguns inclusive ajudavam o pessoal de facções criminosas, mas nem por isso julgo toda uma categoria por eles. Te digo uma coisa, as vagas de ST QE não serão retiradas das vagas do pesoal de Carreira portanto não se preocupe sr você tiver competência poderá ser promovido.

      Resposta
    • 25/02/2018 em 17:06
      Permalink

      Você é um nojento recalcado preguiçoso e babaca …tome vergonha e corra atrás do seu sucesso …agora ficar falando bosta é melhor vc ficar calado RECALCADO

      Resposta
  • 14/02/2018 em 00:32
    Permalink

    Bom dia camaradas! Sou Sgt QE, graças a Deus! Sou do tempo que não havia computador, só máquina de datilografia, mas mesmo sem esses recursos , nós do 27BLog, junto com abnegados Sgts antigos, de carreira juntavamos os ombros e carregavamos a OM para ser o que ela é hoje. Fui Cb por quase 22 anos,
    graças ao Gen Fajardo, fui premiado com a promoção. Digo-vos, se vier mais promoção, glórias a Deus! Se não, continuo contente com meu soldo. Deus no controle! Se Deus é por nós quem será contra nós? Abraço.

    Resposta
  • 24/02/2018 em 15:57
    Permalink

    Boa tarde.
    Li com muita atenção todos os comentários postados acima. Muitos coerentes, outros não.
    Alguns com razão, outros que perdem a razão com opiniões hostis e egoístas.
    Sou SG de carreira, com quase 23 anos de serviços prestados. Meu quadro hj, não permite que muitos que cursaram a Escola de Sargentos, cheguem sequer a suboficiais. Ainda assim somos, por muitos “companheiros” de outros quadros, cursados no mesmo ano, considerados como aqueles que “deram sorte” na força.
    Comprovei que no decorrer dos comentários diversos profissionais na área do Direito, graduados nos mais diversos níveis de aperfeiçoamento na área jurídica expuseram suas opiniões, na maioria das vezes, com a visão pautada nas suas realidades, ou seja, sem observar o real significado de um dos princípios constitucionais aqui elencado: ISONOMIA.
    A isonomia pressupõe igualdade, paridade. Para não ficar na minha definição, transcrevo aqui o significado de ISONOMIA segundo o dicionário :
    ISONOMIA: jur “princípio geral do direito segundo o qual todos são iguais perante a lei; não devendo ser feita nenhuma distinção entre pessoas que se encontrem na mesma situação.”
    Pergunto, onde a isonomia se sustém no comparativo QE x Carreira? Foram formados nos mesmos critérios? Passaram pelos mesmos crivos, avaliações para alcançarem as promoções subsequentes na carreira? Entendo que não podemos tirar o “todo por um”. Porém gostaria de lhes relatar uma pequena parte uma conversa que tive com um dos “CB antigos” que serviam junto comigo. Falando sobre nossas carreiras, em um momento fiz a pergunta do pq ele não tentou fazer a prova para SG. A pergunta dele foi rápida.”Pra quê SG, vou perder as vantagens que eu tenho como CB? Eu tenho 06 filhos. Com os auxílios que tenho como CB, ganho hj mais do que o senhor que tem curso. E como eu, a maioria dos outros *(sic) CB velhos, pensam da mesma forma.”
    A curiosidade me levou a fazer a mesma pergunta para os outros CB antigos da OM. Dos 17 que haviam servindo na OM, apenas 02(dois) se arrependiam de não terem realizado o concurso.
    Reitero que não podemos tirar “todos por um”, porém nem todos que brigam pela errada visão de isonomia podem realmente querer que ela os alcancem e os abriguem debaixo de suas asas.
    Sejamos conscientes e coerentes em que devemos reconhecer os méritos de todos, sem contudo desmerecer a conquista daqueles que fizeram por onde, cumprindo os requisitos legais antes impostos para alcançarem degraus maiores nas suas carreira, tivessem as oportunidades à estes oportunizadas alcançadas por direito.
    Lembrem-se que as nossas conquistas e méritos só serão reconhecidos quando reconhecermos essas mesmas qualidades nos outros. Não podemos comparar aquilo que não há critérios de comparação. Fica a dica senhores.

    Resposta
  • 24/02/2018 em 18:45
    Permalink

    Parabens aos QE. Isso so demonstra a força dos praças, principalmente os QE.

    Resposta
  • 24/02/2018 em 19:31
    Permalink

    Caro Kavanha boa noite! Entendo sua indignação, sobre a isonominia é se referindo aos QESA (Quadro especial de Sargento da Aeronáutica)
    e QESM (Quadro especial de Sargento da Marinha) aonde eles podem através de prova interna chegar a graduação de suboficial. Então, não tem nada haver com os SGT de carreira. E se algum de seus colegas da sua turma ficaram impedidos de galgar até tal graduação, é por que não passaram nas provas internas (Marinha e Aeronáutica) e se EB está impedido por algum motivo. Lamento mas não se compara nenhum desses aos QE.
    Em relação ao CB velho que vc citou em seu texto, é estranho por que ao findar dos 7 anos os filhos não mais recebem o auxílio creche, pois só dessa forma e nesse período ele ganha esse valor a mais, não que recebam mais que os carreiras, não tem nada haver, ele não deve ter feito não por isso, mais por falta de oportunidade, e meu caro sou QE e fiz a prova 3 vezes sem estudar, pois na ocasião praças não podiam “estudar” (EB), em um Btl de Infantaria, é o tempo todo ou serviço ou missão! Tenho 29 anos de Sv prestados ao EB, e só agora consegui terminar meu nível superior. E ademais, vários outros cb antigos não fizeram ESA, por escolha, e oportunidades. Vários QE hoje tem nível superior e até são mestres, pós graduados. E correm na frente para colocar o leite e o pão em suas mesas.
    Conheço Sub ten que me disse que tinha a quarta série fraca e saiu oficial meu caro se fosse pra avacalhar os oficiais que são unidos não deixaria esse é outros chegarem ao oficialato.
    Tem uma frase popular que diz :” A munição que matou o praça saiu da arma de outro praça ”
    Entendo seu questionamento, mais se você não vai ajudar, por favor não atrapalhe meu caro!!
    Os oficiais hoje inventaram o CHACAL para impedir que praças que não tenham capacidade, cheguem ao oficialato e eu acho isso uma grande sacanagem! Seja feliz! Se não pode ser, então não tire a felicidade dos outros!
    Abraços
    QE /89

    Resposta
    • 27/02/2018 em 09:03
      Permalink

      Bom dia
      Os QESA não chegam a Suboficiais. Somente os TAIFEIROS essa é a disparidade da força antes mais modernos agora mais antigos.

      Resposta
  • 24/02/2018 em 19:34
    Permalink

    Impressionante verificar a ignorância e o desrespeito em alguns comentários aqui publicados. Sou 2° Sgt QE e acredito que independente do mérito da nossa promoção a Sub Ten o mínimo esperado é o devido respeito. Infelizmente pude observar algumas generalizações equivocadas, mas gostaria de esclarecer que tentei passar na EsSA mas na época não obtive sucesso, em contrapartida tive que sobreviver 20 anos com salários de Sd e Cb, já que não tive a competência para entrar na escola acho justo. Anos depois cursei duas graduações na UFMG e conheço vários outros tantos QE que fizeram o mesmo ou que foram além realizando inclusive mestrado e doutorado. Portanto, nem todos QE possuem só o ensino fundamental não. Todos os meus TAF são E, inclusive já fui agraciado com a medalha Mal Osório e conheço vários outros QE com plenas capacidades físicas. Não sirvo só para ser motorista, piis trabalho em.uma seção de Pgto realizando saque e geração de direitos por 19 anos seguidos. Assim como tenho certeza que existem QE que não estão com essa disposição toda, também conheço militares de escola que são golpistas cuja única preocupação é pata onde será a próxima transferência. Mas são as exceções e não a regra. Portanto, antes de falar mal da minha classe se pergunte antes se nenhum QE fez por merecer ao menos sua estabilidade ou se nunca foi auxiliado por um de nós. Brasil acima de tudo!

    Resposta
    • 25/02/2018 em 12:37
      Permalink

      Tenho vários amigos QEs, a maioria muito competentes servindo até de exemplo. Mas acho errado a promoção dos QEs serem diferentes da nossa com relação ao intertiscio. Acho que deveriam pelo menos igualar.

      Resposta
    • 26/02/2018 em 08:28
      Permalink

      Brasil , amigo ótimo comentários em defesa da nossa classe, fico feliz em ter amigo como você super inteligente , um abraço.

      Resposta
  • 24/02/2018 em 20:22
    Permalink

    As vezes fico pensando até onde chega o egoísmo do ser humano.
    O QE ser promovido a Sten em nada interfere na vida do Sgt de escola.
    Mas não tem cabimento o comentário sobre o nível de escolaridade pedido pelo concurso em anos atras. Se está falando que é facil deveria te lo feito na época.
    Agora os Sgt QE acharam o caminho para buscar o que acham certo e merecedor.
    Os OF e Sgt de Escola devem tomar como exemplo e procurar plantar representatividade no legislativo, e, assim melhorar plano de carreira, salários e outros benefícios perdidos ao longo do tempo.
    Qualquer generalizaçao é burra, pois, em todos os niveis temos bons e maus profissionais. Devemos lembrar sempre que as FA são frutos da sociedade. Até mesmo pq ninguém nasce de chocadeira; temos pai e mãe.
    Militar de carreira satisfeito com a força e feliz em ver o êxito na luta dos Sgt QE.

    Resposta
    • 25/02/2018 em 11:05
      Permalink

      A constituição veda o direito a plano de carreira para funcionários não concursado!
      Gostaria de saber se o QE foi aprovado em algum concurso público?????

      Resposta
  • 25/02/2018 em 08:52
    Permalink

    Um militar da arma de músico faz diversos concursos ao longo da carreira, no mínimo 5 concursos para tentar chegar pelo menos a sub e não conseguem chegar a segundo sargento, chegar a oficial é impossível, agora vendo essas promoções de Sgt QE sem concurso nenhum é que podemos ver o quando a carreira de músico é desvalorizada dentro do Exército e não se tem reconhecimento nenhum por ninguém, uma tropa que trabalha muito noite e dia e representa muito bem a Força perante a sociedade, lamentável!

    Resposta
    • 25/02/2018 em 11:37
      Permalink

      Amigo não esqueça que entre esses QE que não tem concurso tem vários Músicos que ñ tiveram oportunidades que vc teve…….
      Essa promoção não atrapalha em nada na sua carreira eu ñ entendo tanta raiva de um quanta raiva …..

      Resposta
    • 25/02/2018 em 11:37
      Permalink

      Na guerra irão levar um saxofone , um trombone e prato s para briga com o inimigos
      É por mentes desse naipe que os militares do evento não vão para frente, é um fazendo estrada e a traz cem outro destruindo, Brasil, país de todos

      Resposta
    • 25/02/2018 em 15:07
      Permalink

      De baixa.!!!!
      Procure outra coisa se não consegue aceitar o sucesso de outros.

      Resposta
    • 01/03/2018 em 02:04
      Permalink

      Legal ver o q vc, Sgt Almiro (creio q seja da Base de Aviação de Taubaté), pensa de nós QE.
      Mas estranho q vc fala de concurso e em momento algum vi vc se preocupar em fazer concurso para 1° Sgt desde q chegou aqui.
      Bom saber q vc não acha justo, pois nós QE da Aviação nos lembraremos quando vc precisar de nós, como já precisou.
      Mas nestas horas o Sr posa de amiguinho né, se faz de bonzinho e pede o apoio.
      Espero q se lembre q suas refeições lá no rancho, aquele onde o Sr almoça todo dia é muito bem, é supervisionado por um QE.
      Aquele motorista q dirige o ônibus com segurança quando vc sai em missão com a banda, é um QE.
      Aquele responsável pela manutenção do seu PNR também é QE, e entre outros, este q aqui b escreve também QE, trabalha no S/1 e inclusive na carteira de ST/SGT.
      Então sargento, onde é q não merecemos reconhecimento da força e onde isto irá atrapalhar os militares de carreira.
      Aliás, o Sr também não fez escola ok, só para deixar bem claro ok.

      Resposta
  • 25/02/2018 em 10:34
    Permalink

    Não acho certo essa quebra de hierarquia, uma vez que os de carreira tem que faz o CAS para se aperfeiçoarem enquanto os QE chegam ao mesmo posto sem nada fazerem. Uma fez enwuanto o de carreira sofre varias transferencias se tentarem ficar em uma cidade sua promoção será atrasada de toda as formas, agora um QE que não teve estresse nenhum de formação esteve sempre na sua cidade próximo de seus familiares querem a mesma promoção de quem tem que ficar rodando pelo Brasil? Não concordo.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 11:46
    Permalink

    Parabéns aos Sgt QE eles merecem, se o Exercito não reconhece o trabalho desses camaradas a justiça reconheceu. Se hj o Sgt de carreira está morrendo sub a culpa é nossa mesmo que não se mobiliza por nada, cada um cuida de seu umbigo e foda-se a coletividade. Acorda Sgt vc entrou na ESA com carreira prevista até capitão com soldo de major na reserva o que você fez para manter esse direito?
    Nada! Então não seja egoísta…

    Resposta
  • 25/02/2018 em 13:34
    Permalink

    Fiquei no EB 30 anos e fui para reserva como 1 Ten. Lembro que o meu primeiro chefe imediato foi o 3 SGT QE OLIRIO, do 5 BE CMB-Porto União. Aprendi mais com este excelente militar do que com qualquer outro militar em toda carreira, tinha condições mais do que muitos oficiais em conduzir qualquer sv. Conheci excelentes CB e SGT QE, mais do que muitos OF QAO (bando de puxa sacos). Seria muito justo os SGT QE conseguirem chegar a ST, temos de parar entre os militares e nos unir, deveríamos ficar felizes por este projeto, minha eterna gratidão e homenagem aos CB e SGT QE.

    Resposta
    • 28/02/2018 em 08:15
      Permalink

      Mas para o Sr é fácil elogiar os sgts QEs, afinal o Sr já é oficial e não está na nossa pele, nunca foi preterido pelos Sgt QE igual nós, duvido se o Sr fosse 2Sgt com quase 30 anos de sv sendo preferidos por sgts QEs igual nós o Sr estaria fazendo esse elogio hoje aqui.

      Resposta
  • 25/02/2018 em 15:37
    Permalink

    Que guerrinha absurda e infantil. Somos todos praças.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 16:16
    Permalink

    Quase em sua totalidade, são excelentes militares. Conheci vários, alguns com cursos superiores, outros com cursos técnicos, alguns com conhecimentos de notório saber e uma minoria que serão alcançados pela promoção sem terem feito nada de relevância produtiva em prol do Exército. Nesse caso, uma minoria ínfima. No contexto geral, sou sim, por um questão de justiça social a promoção do QE’s à Subtenente. “99%” não são movimentados, vivem as custas da “melhoria” salarial, diferente aos de carreiras. Eu sei, tudo que é diferente, estranho, leva ao sujeito comum à empáfia, ao preconceito, à indiferença, ao descredito, mas pensem, e se fosse conosco? Esse verba salarial,
    não sairá diretamente do nosso bolso. Não deixem o ódio invadir vossos corações, o que muitos querem são a disseminação do ódio e a divisão, porquê “reino dividido não subsististe”. E vejam, a ultima turma a estabilizar foi a de 1992, se formos levar em conta já não são tantos militares assim, em compação ao todo do exército brasileiro. precisamos lutar juntos, gente! Nesse últimos dias precisamos é de união. Abraço a todos.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 21:46
    Permalink

    Legal os QE, independente de qualquer coisa fizeram e não todos um curso pra serem cabos e não todos pois temos soldados que estabilizaram, sou a favor de que existam regras de evolução na vida militar, aproveitando aqueles que se dedicaram em se aperfeiçoar através de estudo ou por merecimento ( embora isso entra muito conceito de comandante e acaba o puxa saquismo funcionar ) o fato e que é injusto alguém que fez um curso pra ser cabo e convenhamos muitos mal feitos ter ascensão igual a quem se dedicou e concorreu a nível nacional e durante sua carreira fez outros cursos e aperfeiçoamentos para atingir a graduação de subtenente, isso é a desmoralização da escola, qual o sentido em mante-la? E quase uma bolsa família aos QE vitimismo. Lembro que os QE na maioria dos casos se dedicam a serem motoristas e serviços Gerais sem se envolverem nos exercícios mesmo pelo seu tempo de serviço, E alguns tambos surgiram somente no período da promoção a segundo sargento e depois voltaram a vida normal de queixas dentro das om, existem excessoes sim conheci vários excelentes QE, mas mesmo assim minha visão e essa. Não acho justo.

    Resposta
    • 26/02/2018 em 08:17
      Permalink

      Amigo são dois caminhos diferente, e você que fez tantos cursos e não chegou ao esperado por você isso faz parte na vida militar , agora você foi infeliz no seu ponto de vista acerca só sgt QES falando que eles só realizam funções de mor e serviços gerais , cara somos mais competentes do que vocês de carreira vários QES Tem nivel superior e conhecemos várias carteira e já ensinei vários vocês de carreira . agora vai viver tua vida na reserva e aproveitar tua família coisa que muitos de vocês não priorizam nisso saem frustados com as instituição , o exercito é dos oficiais os de
      mais são serviçal.

      Resposta
    • 26/02/2018 em 20:31
      Permalink

      Eder, não é vc que paga os nossos salários, deixa de ser besta a nossa promoção não atrapalhaeatrapalha em nada na promoção de vocês.

      Resposta
    • 26/02/2018 em 20:35
      Permalink

      Eder, depois vc me passa a sua (OM) e seu nome de guerra que mandarei uma (FATD).

      Resposta
      • 27/02/2018 em 20:44
        Permalink

        “Manda seu nome e sua OM que vou mandar FATD” Que ridículo! Bem a cara de um QE essa afirmação! Na certa vai chorar para um comandante, do qual é motorista e puxa saco.
        Na real, Muitos aqui estão falando que QE são melhores que os de carreira. JAMAIS SERÃO! E outra tiveram as mesmas oportunidades que os de carreira e por incompetência não conseguiram galgar êxito nos concursos ademais desde o início já sabiam que seria dessa forma e mesmo assim se encostaram no barranco e ficaram esperando as promoções virem de graça Pois na grande maioria são encostados reclamões e cheios de direitos. Outra coisa, se gavam de possuir cursos superiores. Cá para nós, hoje em.dia isso não quer dizer nada. Coisa mais fácil é ter nível superior, sendo muitos dele a à distância, inclusive. Sendo que a maioria nem escrever sabe direito.
        Os Sgt carreira tem plano de carreira no ato da publicação do edital do concurso, lutam por isso ao estudar e realizar a prova, que aliás é igual e aberta para todos inclusive os QE, que ao co.seguiram aprovação ou nem tentaram. Já sabiam que seria assim! No.vi em os obrigou a ficar no EB, portanto, 2 Sgt já Tá no lucro, sendo uma verdadeira sacanagem ter em i interstício tão .emir que is de carreira. I justiça total. Se queriam ser Subtenentes, tivessem feito o caminho correto. Como disse uma pessoa em um dos comentários Seria a mesma coisa um técnico judiciário hoje querer ser promovido diretamente a Juiz de Direito sem ter feito por merecer a promoção. Contentem-se com o que tem que já está bom demais.
        E para finalizar como foi dito em outro comentário vão deixar de dar serviço em excesso para os profissionais da enfermaria por que será um corre-corre tremendo para conseguir o apto para a promoção e no dia seguinte outro corre corre para conseguir o apito para se encostar de novo

        Resposta
        • 28/02/2018 em 23:13
          Permalink

          Vc só falou merda seu recalcado vou te dar uma (FATD)……

          Resposta
  • 25/02/2018 em 23:42
    Permalink

    O Sgt QE da QMS Mús foi aprovado em Concurso Publico. O CFC mus é um concurso de nível público. Em todos os níveis para civis e militares.

    Resposta
    • 26/02/2018 em 00:03
      Permalink

      Somente como resposta a um cidadão que escreveu sobre não haver plano de carreira para quem não fé concurso Público. O Concurso para CB Mus tem Efital e divulgação na grande mídia.
      Fato.

      Resposta
  • 26/02/2018 em 10:02
    Permalink

    Salve, acho que a isonomia que os qe’s estão buscando é a isonomia entre os iguais das forcas (marinha, aeronaltica, exército) que têm em seus quadros iguais com ganhos diferentes, disparidades.
    Trazer isso para o universo do EB e dizer que o QE quer ser igual aos de Escola é ao meu ver um erro gigante. Não são, e nunca serão, e não querem ser.

    Resposta
  • 01/03/2018 em 19:29
    Permalink

    Eu sou 2 Sgt QE incorporei em 1987, fiz faculdade de Matemática em 1989 e me formei em 1994 na FAI no Ipiranga. Nós últimos 25 anos meu TAF foi ” E” . Já tirei serviço de CMT da Gda, de Adjunto e assumi serviço de Oficial de Dia várias vezes. Participei da Operação do Cruzado para o Real. Fui Pelopeiro, por 10 anos em Quitaúna Osasco. Fui soldado no extinto 2 BG. Sr Ludovico, seja lá quem for você, me mostre um sargento que não seja QE que saiba calibrar uma Ponto 50, manobrar uma viatura de 5 Ton ou um trator, fazer um PNR, com elétrica, encanamento e acabamento. Trabalho no CMSE, 2 RM, estou lotado na Base, junto com o 8 BPE. Não julgue para não ser julgado. Os QEs como os Taifeiros, corneteiros, Cabos e todos os militares, merecem respeito! Se você algum dia vestiu a farda, devia ter vergonha do que escreveu! Se não pode ajudar, saia da frente que a Infantaria vai passar.

    Resposta
  • 07/03/2018 em 13:10
    Permalink

    Vendo alguns comentários aqui eu entendo perfeitamente porque Lula está em primeiro lugar na corrida para Presidente do Brasil.

    Resposta
  • 10/03/2018 em 11:02
    Permalink

    É muito ¨colega ¨dando facada nas costas,essa é a realidade,mas força sargentos do quadro especial,vai dar tudo certo ( mesmo com a choradeira ¨deles ¨e nossa força jogando contra nós e tudo. Fé,
    quem está contra isso,esta contra o verdadeiro Deus.

    Resposta
  • 26/03/2018 em 15:04
    Permalink

    O mesmo Exército que cobra escolaridade dos QEs, entra em contradição ao aplicar o CHQAO em em Sargentos de Escola com 1º Grau, lembrando que muitos passaram e não poderão ter seus diplomas sem a comprovação no Nível Médio.
    O meso poderia ser feito com os QEs que comprovassem seus Diplomas de Nível Médio.

    OBS: CHQAO = Habilita ao Curso Superior.

    Resposta
  • 28/03/2018 em 16:31
    Permalink

    Tenho certeza que teremos, pessoas que estão do nosso lado reconhecem nosso direitos, e vão aparecer para nos ajudar porque o mal jamais vai prosperar, tenho fé em DEUS que este enviado vai aparecer e vai dar a sentença final, porque esta instituição nunca me, decepcionou.
    Amem.

    Resposta
  • 30/03/2018 em 00:40
    Permalink

    Reuniao de oficiais e Sgts para fechar a lista de St e Sgts que iriam para a missão do Haiti. Depois de revelada a lista um 2° Sgt de Escola questiona ao Cmt do Btl sobre o numero de QEs ser maior que os de escola e ele vai alem diz que os criterio para a escolha deveria ser experiencia e que os de Escola tinham mais experiencia que os QE. Resposta do Cmt: Se o criterio for experiencia terei que levar só QE. Tirem suas conclusoes e que começe o mi mi mi

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.