Exército abre 1.100 vagas para Sargentos. Formação Superior como Tecnólogo.

Distribuição entre as áreas geral/aviação (1.010 postos), música (30) e saúde (60). Inscrições até 20 de abril.

O ensino, fundamentalmente técnico-profissional, é ministrado de forma prática, considerando que o futuro sargento deve ser, ao mesmo tempo, chefe e executante

Estão abertas as inscrições do concurso do Exército com 1.100 vagas para formação de sargentos nas áreas geral/aviação (1.010 postos), música (30) e saúde (60).
As candidaturas poderão ser registradas até 20 de abril, mediante o preenchimento de formulário disponível no site www.esa.ensino.eb.brO valor da taxa é de R$ 95.A seleção é voltada a participantes de ambos os sexos com ensino médio completo (além de formação técnica em enfermagem para área de saúde) e idade a partir de 17 anos (na data da matrícula). A faixa etária limite é de 24 anos para a especialidade geral/aviação e 26 anos para os segmentos de música e saúde.O Curso de Formação de Sargentos (CFS) é realizado em dois períodos: básico e de qualificação, ambos com duração de 48 semanas.A primeira fase ocorrerá em 12 unidades militares distribuídas em nove Estados, incluindo em Fortaleza, que acontece no 23° Batalhão de Caçadores (BC).A segunda será aplicada nas Escolas de Sargentos de Três Corações (MG) e do Rio de Janeiro/RJ ou no Centro de Instrução de Aviação de Taubaté (SP).

Durante os estudos, os recrutas terão remuneração de R$ 1.066. Quem concluir o treinamento com aproveitamento será nomeado terceiro sargento, graduação que atualmente conta com vencimentos de R$ 3.584.

No caso das chances para músicos, elas estão distribuídas entre 11 naipes: clarineta (7), fagote em dó/contra-fagote em dó (1), flauta em dó/flautim em dó (1), oboé em dó/corne-inglês (1), saxhorne (2), saxofone (3), tuba (3), tímpanos, bombo, pratos, tarol e caixa surda (2), trombone tenor/trobone baixo (4), trompa (1) e trompete/cornetim/flueghorne (5).

Com relação aos postos para área geral (sendo 910 para homens e 100 para mulheres), há oportunidades para as seguintes qualificações: Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia, Comunicações, Material Bélico Manutenção de Viatura Auto, Manutenção de Armamento, Mecânico Operador e Manutenção de Viatura Blindada , Manutenção de Comunicações, Topografia e Intendência. Já as ofertas de aviação são destinadas para manutenção.

O processo seletivo envolverá prova escrita, em 29 de julho; avaliação de títulos, com entrega dos documentos em 8 e 9 de outubro; inspeção de saúde, entre 26 de novembro e 17 de dezembro; exame de aptidão física, de 26 de novembro a 18 de dezembro; e exame de habilitação musical (apenas para músicos), de 19 a 21 de dezembro.

A prova objetiva acontece em 59 cidades, inclusive Fortaleza.

http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/empregos/exercito-abre-inscricao-para-1-100-vagas-de-sargento-1.1916639

Nota do Editor: com 2 anos de Formação, o curso de Sargentos do Exército é considerado, Curso Superior, como sendo Tecnólogo. 

10 comentários em “Exército abre 1.100 vagas para Sargentos. Formação Superior como Tecnólogo.

  • 31/03/2018 em 16:25
    Permalink

    Sinceramente, o salário não é nada atrativo. E ainda demorará 3 anos pra ganha essa merreca, e o pior a carreira não passa de uma loooooooongínqua caminhada, e com separação dos seus familiares.

    Resposta
  • 31/03/2018 em 16:26
    Permalink

    Sinceramente, o salário não é nada atrativo. E ainda demorará 2 anos pra ganhar essa merreca, e o pior a Carteira não passa de uma loooooooongínqua caminhada, e com separação dos seus familiares.

    Resposta
  • 31/03/2018 em 17:03
    Permalink

    Faxineiro do STF, Senado e Congresso nacional, com primeiro grau somente, ganha muito mais que a merreca de salário de 3o.Sargento do Exército. Além disso, não sofre longe da família e não passa por tanto sofrimento nos dois anos de formação.

    Resposta
  • 31/03/2018 em 17:46
    Permalink

    Aos jovens que lerem isto, nao sigam a carreira de sargento das FFAA, nao vale a pena. Pior salario do executivo e nao e reconhecido pelos superiores (oficiais) que so querem saber de beneficios para eles. Sigam esta carreira e irao se arrepender.

    Resposta
  • 31/03/2018 em 18:16
    Permalink

    O salário não é atrativo, as promoções são demoradas, a carreira é incerta pois não é regida por lei como a dos oficiais, a estabilidade é só após 10 anos de serviço, ao contrário dos oficiais que é imediata (e no restante do serviço público estabiliza com 3 anos), durante a carreira estará sujeito a todo tipo de desmandos e no final da carreira só será promovido a oficial se não tentar pensar por si próprio, mas apenas executar ordens por mais que sejam absurdas, criminosas ou idiotas. Só recomendo ser sargento se não tiver outra opção melhor, porque atualmente a situação não é boa para o Praça!

    Resposta
  • 31/03/2018 em 22:39
    Permalink

    Jovens, em Santa Catarina, o Sd aluno ganha 4.200,00. Escala 3×1. Fujam da furada chamada EB. O mundo é lindo. Vocês não merecem isso.

    Resposta
  • 01/04/2018 em 08:44
    Permalink

    Soldados da Policia Militar e Bombeiros de quaisquer estado ganham mais que um 3º Sargento do EB.

    Resposta
    • 01/04/2018 em 10:50
      Permalink

      E com uma graaaaande diferença, ou seja, você ficará sempre no seu lugar.

      Resposta
  • 01/04/2018 em 11:52
    Permalink

    Três tipos entram na ESA: o miserável sem perspectiva, o iludido/ingênuo e o sonhador (aquele que pensa que um dia vai melhorar).

    Resposta
  • 01/04/2018 em 21:49
    Permalink

    Fica na dúvida qual será o cargo e as funções de nível superior que irão desempenhar?

    Como fica a subordinação aos oficiais do CPOR/NPOR de nível médio?

    Lembrando que a carreira de praça até oficial é brasileiro nato, os sargentos naturalizados atingirão o máximo a promoção até Subtenente, independente da pontuação que tenham a carreira.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.