General Heleno: ‘quem desfila com fuzil na rua deve ser morto’ – Populismo?

Heleno se reporta com  o valor do ‘homem médio’, sobre a criminalidade. Também acusa que no Brasil não há combate a discriminação à mulher, em palestra no último dia 7 de março, na Escola Superior de Guerra.

SOLDADO DEVE MATAR QUEM DESFILA COM FUZIL NA RUA – ‘FUZIL NÃO É ASPIRADOR DE PÓ’

Para o General, quem desfila com fuzil em via pública, só há uma alternativa aos Militares, alvejar e matar, pois se trata claramente de membro de facção criminosa.

Heleno ainda afirmou, que fuzil não é aspirador de pó ou não o pode ser comparado. Tal assertiva se deveu pela tranquilidade com que os criminosos portam ostensivamente fuzis e pistolas.

BRASIL NÃO COMBATE A DISCRIMINAÇÃO À MULHER

O General também defendeu que o Brasil não combate a discriminação à mulher, sendo aplaudido pelos presentes a palestra e debates na ESG – Escola Superior de Guerra, na última quarta-feira.

ABAIXO REPORTAGEM COMPLETA DO UOL NOTÍCIAS

“O general da reserva Augusto Heleno Ribeiro Pereira, ex-comandante das forças da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti, foi aplaudido durante palestra na ESG (Escola Superior de Guerra), na Urca, zona sul do Rio de Janeiro.

Ao participar do painel de debates “A Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro: Intervenção Federal e Forças Armadas”, o general dizia apoiar a escolha de um militar, o general Walter Souza Braga Netto, como interventor”

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/03/07/general-ve-discriminacao-contra-militares-pais-luta-contra-todos-os-preconceitos-menos-contra-esse.htm

 

Um comentário em “General Heleno: ‘quem desfila com fuzil na rua deve ser morto’ – Populismo?

  • 12/03/2018 em 08:20
    Permalink

    …Todo radicalismo é pernicioso…Os marginais fazem aquilo que o Estado lhes permite fazer. Se desfilam de fuzis nas ruas é por que o Estado se omitiu em ocupar o espaço com Escola, Educação, Cultura, e programaãs de oportunidades de emprego ..etc… Matar é fácil. difícil é apoiar e desenvolver a vida.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.