Alerta: “Sargento Morre, após passar mal, durante TAF (Teste Físico)”

O corpo do sargento de 27 anos que morreu após participar de uma bateria de exercícios durante um teste de aptidão física na Vila Militar, no Rio de Janeiro, será velado na noite deste domingo (20) em Itu (SP), cidade onde a família dele mora. A previsão é que o corpo chegue na cidade por volta das 18h.

De acordo com o chefe de comunicação do Exército no Rio de Janeiro, coronel Carlos Cinelli, Gabriel Trettel Telles era terceiro sargento e passou mal na quarta-feira (16) durante um teste para ingressar em um curso básico de paraquedista. Havia um grupo de militares fazendo o curso e só ele passou mal.

Ainda de acordo com o coronel, o teste físico, em geral, é composto por abdominais, corridas, flexões na barra e subidas na corda. Gabriel teve um mal estar e foi imediatamente levado ao Hospital Geral da Vila Militar e, depois, transferido em seguida para o Hospital Central do Exército. Depois de três dias internado, ele teve a sua morte confirmada na noite de sábado (19).

Segundo o Comando Militar do Leste (CML), o militar faleceu em decorrências de “complicações causadas por próvavel exaustão térmica” durante a bateria de exercícios físicos. “Apesar de realizados todos os procedimentos e protocolos para a sustentação da vida, lamentavelmente veio a óbito na noite do dia 20 de janeiro”, destacou.

Em nota, o CML também lamentou o ocorrido e afirmou prestar apoio aos familiares de Gabriel. “Os integrantes do CML solidarizam-se com a família do Sgt Telles neste momento de dor e pesar, à qual está sendo dado todo o apoio espiritual, psicológico e administrativo”, finaliza.

OCML garantiu que já instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar a morte do terceiro sargento, que vai ter o prazo de 40 dias para as investigações. Este prazo pode ainda ser prorrogado por mais 20 dias.

Gabriel era nascido e criado em Itu, mas trabalhava na 21ª Bateria de Artilharia Antiaérea Paraquedista, na Vila Militar do Rio de Janeiro. O pai dele, Benedito Celso Telles, é escrivão de polícia na Delegacia de Itu.

O enterro do sargento está previsto para ser realizado na manhã de segunda-feira (21), no cemitério municipal. Integrantes do Exército do Rio de Janeiro devem ir até Itu para fazer as suas honras fúnebres.

Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2019/01/20/corpo-de-sargento-que-morreu-por-provavel-exaustao-apos-teste-de-aptidao-fisica-sera-velado-no-interior-de-sp.ghtml

6 comentários em “Alerta: “Sargento Morre, após passar mal, durante TAF (Teste Físico)”

  • 20/01/2019 em 15:28
    Permalink

    Morreu pela incompetência de alguém…..

    Resposta
  • 21/01/2019 em 11:24
    Permalink

    Essa tal “mística” do Pqdt tem que cair. O militar é sugado até a exaustão porque o pqdt 01 chegou nos EUA três semanas antes do início propriamente do curso. O que os americanos, na época, fizeram? Botaram o brasileiro para fazer TFM com todos os pelotões do batalhão, para não deixá-lo sem ter o que fazer durante o dia. Taí o motivo de, nas três primeiras semanas, o curso ser focado exclusivamente na sugação dos alunos.

    Resposta
      • 23/01/2019 em 12:29
        Permalink

        Que eloquência! Grande argumentação, pqdt! Sério mesmo???

        Infelizmente, não foi o primeiro e nem será o último a morrer.
        Métodos de formação totalmente antiquados e ultrapassados.
        Você foi ao enterro do militar, para defender a “mística” na frente dos parentes do falecido?

        Agora, cá pra nós. A única “mística” que está em evidência é aquela dos filmes do X-Men. A propósito, avisa pro S Ten pqdt que o Pablo Vitar mandou um beijo.

        Agora, para o canguru um dois!

        Resposta
  • 21/01/2019 em 20:10
    Permalink

    Que DEUS conforte sua família. Minhas lamentações.

    Resposta
  • 23/01/2019 em 21:58
    Permalink

    Este negocio de “pé preto” e “pé marrom” é fria. Lembro que chegaram dois sargentos, um ficava gritando “velame” o dia todo, foi para o RJ e voltou “pé marrom” o outro sempre na dele com sua mochila e seu livros. Hoje um esta no RJ “atolado” de empréstimos, foi assaltado levaram o carro financiado sem seguro, reside em três peças pagando R$ 1.500,00 de aluguel. O outro? Adivinhe? Formou na Faculdade e no primeiro concurso aprovado na Receita. Esta tranquilo, carrão quitado, Condomínio Fechado e praticante de paraquedismo civil. Galera esta vibração termina. No lugar do “pé marrom” estude e conquiste seu “sapato social alto brilho”.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.