Promoção ao QAO de Subtenente incapaz por motivo de saúde (Infarto do miocárdio)

Vergonha: militar Incapaz para o serviço do Exército é promovido de forma ilegal ao ingresso a Oficial do QAO. Segundo a fonte esse é um dos muitos casos que demonstra às ilegalidades existentes.

VEJA  A FRAUDE, POR MEIO DAS ATAS DE INSPEÇÃO DE SAÚDE – PROMOÇÕES DE DEZEMBRO DE 2016

Observação: como se sente tantos outros militares inclusos no QAM – Quadro de Acesso por Merecimento, ao tomar conhecimento de tamanha ilegalidade? O que fazer?

O QUE VOCÊ, ESPECIALMENTE PREJUDICADO, ENTENDE DA AÇÃO DO COMANDANTE DO MILITAR – NEGLIGENCIOU COMETENDO TRANSGRESSÃO OU CRIME MILITAR?

As perguntas que se sucedem:

1. O que o comandante do Subtenente colocou na sua FIProm – Ficha de Informação para Promoções ao QAO?

2. A Ata de Inspeção de Saúde constante para promoção deste militar é verdadeira ou falsa?

3. Os trabalhos que são realizados referentes às análises de militares inclusos em quadro de acesso às promoções, realizados por cada OM – Organização Militar, neste caso, como foi realizado e quem são os responsáveis?

4. Por fim, existe TAF – Teste de Avaliação Física ou TOF – Teste de Opinião Física, desse Militar?

VEJAMOS O QUE DIZ ÀS LEGISLAÇÕES VIGENTES

  • De acordo com a Portaria 1.496 de 11 de dezembro de 2014 (Aprova as Instruções Gerais para Ingresso e Promoções no Quadro Auxiliar de Oficiais, 1ª Edição, 2014 EB 10-IG-02.005), e dá outras providências).

“CAPÍTULO III

DOS QUADROS DE ACESSO

Art. 17. A aptidão física do militar é a capacidade indispensável para o desempenho das funções que lhe competirem, verificada, previamente, mediante inspeção de saúde e Teste de Aptidão Física (TAF). 

Art. 29. Compete às OM:

I – transcrever, em Boletim Interno (BI), ostensivo ou de acesso restrito, todos os assuntos relativos ao ingresso e à promoção no QAO, a saber;

  1. b) ordem de inspeção de saúde para fins de promoção e seu resultado; 

IV – manter a DA Prom informada, até a data da promoção, com a máxima urgência, das incidências em qualquer das situações, referentes ao ingresso e/ou exclusão de QA (QAA ou QAM), previstas nos arts. 4º, 10, 11, 12 e 26 do RIPQAO, e outras passíveis de provocar reflexos no processamento das promoções, tais como pedido de transferência para a reserva remunerada, incapacidade física definitiva e/ou reforma, anulação de punições disciplinares, falecimento, entrada em licença para tratamento de interesse particular ou licença para tratamento de saúde de pessoa da família, ingresso no comportamento insuficiente ou mau, passagem à situação de sub judice ou liberação da mesma, condenação, absolvição ou reabilitação judicial”.

  • De acoedo com Decreto 90.116 de 29 de agosto de 1984 (Regulamenta o ingresso e a Promoção no Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) e dá outras providências (RIPQAO).

“Art. 10 – Para ingresso no Quadro de Acesso é necessário que o Oficial do QAO e o Subtenente satisfaçam aos seguintes requisitos:

  1. b) ter aptidão física, comprovada periodicamente, através da verificação dos estados de saúde e físico, de acordo com instruções baixadas pelo Ministro do Exército”.

Nota: em breve, abordaremos, o vergonhoso caso, do Subtenente que possuía uma penca de punições disciplinares (prisões e detenções), que, inclusive, foram objetos de análise do Gabinete do Comandante do Exército, que não as anulou, em virtude da gravidade e lisura dos atos apuratórios e, ainda assim, após a sua ida para o EME – Estado-Maior do Exército, recebeu a Medalha do Pacificador e foi Promovido ao Ingresso ao QAO, para a surpresa de todos de sua turma.

 

 

36 comentários em “Promoção ao QAO de Subtenente incapaz por motivo de saúde (Infarto do miocárdio)

  • 18/03/2018 em 13:18
    Permalink

    Este Sub de Saúde estava pela junta e foi promovido……tirou uma vaga de quem estava com perfeita saúde…… este é o processo ´´ilibado“ de promoção a QAO. E tem muitos outros casos de promoção irregulares.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 13:26
    Permalink

    Esta cada vez mais difícil de acreditar na força, o mais incrível, é que os erros estão sendo feitos em cima de militares já ao final de carreira. Tudo aquilo que muitos acreditavam, estão saindo pelo esgoto.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 15:01
    Permalink

    Isso é só o começo, se a averiguação for minuciosa, como é para alguns, creio que os trabalhos da CP QAO que são sigilosos e discricionário vão cair por terra.
    Pra quê tanto sigilo, por que não sabe-se o nome dos integrantes da CP QAO, isso tem um quê de mal cheiro.
    Quando o MPF (Movimento para Punir Funcionários) chegar junto muitas coisas vão ser desvendadas.
    Nada há encoberto que não possa ser desvendado.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 16:02
    Permalink

    Isso é só o começo das ilegalidades.
    Basta um comandante colocar uma estrelinha no seu nome e Vc não é promovido.
    Militares de cinco turmas posterior a sua é promovido.
    Cadê o seu feito durante trinta anos dedicados à pátria.
    Um Ten chamado José Geraldo serviu comigo na 5 Bia AAAe falou no futuro vc vai ver.
    O quê vejo é injustiça e não reconhecimento.
    Fiquei na tropa ralando com soldados, missões, formação, campo, deixando esposa e filhos em casa, enquanto os St Nutellas que nem correr aguentam de turmas posterior a sua até 5 anos, são promovidos na sua frente.
    É muita injustiça.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 16:13
    Permalink

    Existem varios casos assim. Militares com problema de coluna, que nao faziam TAF, nao participavam de nada e foram promovidos. Os Cmt OM sao coniventes com isso, prevaricando junto com o militar. Brasilia nao tem controle de nada e uma pergunta. Pra que serve a RIPROM, que tem um item que faka sobre a saude do militar? Nem devem ser lidas em Brasilia esses documentos. O militar pode estar dE cama, mas se tiver o RQUERO E O QI Brasilia promove as cegas. Totalmente desacreditado e fraudulento esse sistema de promoçao

    Resposta
  • 18/03/2018 em 16:20
    Permalink

    E segue a senda: Negligência, falcatruas e manipulações no acesso ao QAO.
    Essa Comissão de Promoções foi criada pra que mesmo ? para organizar ou desorganizar, macular e manipular os Quadros de Acesso ? O mais interessante é que com tudo isso que tem surgido nos últimos meses eles ainda se mantém de nariz empinado e peito estufado tal qual galo de rinha. Esperemos que o Ministério Público tome as rédeas dessa desordem, desses desmandos e absurdos administrativos e jurídicos e coloque ordem nesse galinheiro de forma que, os que foram prejudicados tenham seu direito revisto e também que novos STen não venham a ser prejudicados pelo mesmo bando.
    Cabe aqui uma observação: uma das justificativas da DAPROM é que poucos STen recorrem ao Judiciário, sendo então dessa forma uma prova de que o processo decorre de forma normal. Ora, sejam HOMENS e honrem o que usam no meio das pernas, tanto estes como aqueles…
    S Ten preteridos, busquem seus direito na via judiciária, a lei da mordaça caiu por terra diante de tantas irregularidades e inconstitucionalidades. Perder o que ? Já foram prejudicados, no máximo vão perder é TEMPO.

    JUSTIÇA NESSES VAGABUNDOS E CORPORATIVISTAS

    Resposta
  • 18/03/2018 em 17:03
    Permalink

    Infelizmente isso que aconteceu pode ser enquadrado como crime militar, crimes militares são considerados na minha opinião, a não promoção de muitos subtenentes com meritos a oficial.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 17:04
    Permalink

    Não conheço esse subtenente ou tenente, mas antes de postar comentários, é bom dar uma lida na Portaria n° 135, de 19 de março de 2007.
    Porque essa portaria, um dia, pode lhe beneficiar.
    A inspeção de saúde pode ser por meio de controle periódico ou VCL.
    O primeiro é mais complexo; o segundo mais simples, porém válido para promoção.

    Resposta
    • 18/03/2018 em 17:17
      Permalink

      A portaria justifica algo? o que justifica subs que não tem problemas de saude e nenhum impedimento e não saem? alguma portaria diz algo ?

      Resposta
  • 18/03/2018 em 17:10
    Permalink

    Infelizmente isso que aconteceu pode ser enquadrado como crime militar, crimes militares são considerados na minha opinião também a não promoção de muitos subtenentes com meritos a oficial.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 21:05
    Permalink

    Se você ler novamente o que escrevi acho que perceberá que a análise foi sobre o caso em si.
    Subtenentes que não tinham problemas de saúde ou impedimentos não sairam por que?
    É duro o que vou dizer.
    Se alguém tiver a paciência de verificar qual a percentagem de subtenentes que foram promovidas ao QAO dentro das turmas que fecharam, no caso 91, verá que o índice é em torno de 70%. Alguma margem de erro, é claro, mas é a média.
    Conclui-se que a maioria saiu.
    E aí é aquela sanha em dizer que “os subtenentes do EB estão sendo prejudicados”, “as promoções são injustas”, mimimi, mimimi.
    Com isso, uma inverdade repetida várias vezes, passa a ser verdade.
    Questão de lógica: se a maioria das turmas de CFS estão chegando ao QAO, como que os subtenentes estão sendo prejudicados?
    Ah, sim, a minoria dos subtenentes até a turma de 91, por enquanto.
    Mais lógica: dessa minoria, uma parte realmente pode ter sido prejudicada; a outra, ah a outra, deixemos o vitimismo de lado e reconheçamos que não tem condições.
    Em suma, uma minoria faz um barulho nos blogs desse Brasil, quando a maioria seguiu o curso normal.
    Então, a solução é criar uma cota. Sim, uma cota para promover aqueles minorias e “prejudicados”. Tal qual as diversas cotas que o governo cria.
    Haja paciência.

    Resposta
    • 18/03/2018 em 21:28
      Permalink

      Um ´´babaca“ defendendo o errado. O processo é todo manipulado e ilegal. muito sem condições nenhuma saem promovidos (doentes, com punições, etc). os baba ovos, quem sabe é este seu caso defensor do errado. Onde esta escrito que é 70% que tem de sair? em que lei ? Oficiais só saem 70% da turma coronel? não, claro que não, todos saem. Tem sempre ´´um idiota“ que só sabe ver seu umbigo e defende o errado (puxa saco), mais não sua classe……provavelmente um QAO.

      Resposta
      • 27/03/2018 em 11:02
        Permalink

        Prezado apedeuta.
        Pelo seu destempero e falta de educação, ou é um subtenente preterido ou, quando entrar no QA vai patinar o depois vai ficar chorando pelos cantos.
        Você é o típico Leão de Alojamento.
        Muito bravo aqui na internet; um poodle quando está na frente de oficiais.
        Isso serve para todos os outros que estão na sequência dos comentários, sem exceção.
        Não deveria, mas vou dizer: ajudei muita gente quando primeiro sargento a fazer a redigir razão de defesa.
        Tinha a fama, entre os oficiais, de bater de frente.
        Tive embates com dois comandantes
        seguidos por causa de fiscalização de obras.
        Entrei na justiça federal – e ganhei – por causa de transferência.
        Digo com certeza que nenhum ou quase nenhum desses que vomitam aqui fizeram o que já fiz.
        Por que? Porque são Leões de Alojamento.
        Por fim, dá uma lida no pai dos burros e veja o significado da palavra babaca.
        Note que ela vai se encaixar perfeitamente ao seu perfil.
        Sabe por que? Por que só tolos acham que vociferar aqui vão conseguir a promoção.
        Aliás, posto de tenente que muitos criticam, mas fazem o que for necessário para galgar.

        Resposta
    • 18/03/2018 em 21:36
      Permalink

      O babão fala isso: Com isso, uma inverdade repetida várias vezes, passa a ser verdade.
      Vai se informar. A justiça já considerou o processo ilegal (TRF4). a inverdade aqui só vem da sua parte.

      Resposta
    • 18/03/2018 em 21:50
      Permalink

      Onde existe a porcentagem por turma, acontece que os militares vivem do que os chefes falam.
      Vc é mais um, veja as próximas postagem entre as suas conclusões militares doentes, fazendo tof de moletas, com pencas de punições.
      Já tem muitos processos na justiça e quando esses processos vierem a ganhar vai ficar ainda mais explícito os erros da CP-QAO.

      Resposta
    • 18/03/2018 em 21:55
      Permalink

      Porque todos os oficias são promovidos em sua turma.
      São todos excelentés.
      Uns nem andar direito andam de tão obesos.
      Mais todos saem coronéis, basta fazer EsAO

      Resposta
  • 18/03/2018 em 21:59
    Permalink

    Quem é você para afirmar quem tem ou não condições? Baseado em que premissas? Quem lhe deu essa superioridade? A recíproca é verdadeira, todos conhecemos verdadeiros lixos que saíram QAO, e talvez seja até o seu caso. Você só repete o que os oficiais falam, deve se achar um. Bem típico do puxa-saco de oficiais, pensar como eles pensam.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 22:03
    Permalink

    É por causa de baba ovo igual esse que fica procurando justificar o injustificável, dar guarida aos Deuses do Olimpo e suas atitudes autoritárias, ilegais e irregulares que o sistema não muda. Isso deve ser do tipo que esperava o chefe com cafezinho/chimarrão pronto e bolachinha fresquinha, uma vaca de presépio que baixava a cabeça pra qualquer um e sacrificava a família. O Exército nunca quis isso, quis trabalho, competencia e outros atributos mas as cabeças pensantes viram que muito STen estava concluindo curso superior, que tinha mais capacidade e liderança e resolveram dar um basta nisso tudo criando Portarias para “enquadrar ”
    Os praças velhos. Ou baixam a cabeça ou não sai oficial do QAO.
    Já está comprovado juridicamente: O processo é ilegal e irregular e pronto.

    Justiça neles!!

    Resposta
  • 18/03/2018 em 22:04
    Permalink

    Anônimo de 18/03/2018 21:05h, não me interessa se 70% da minha turma saiu QAO. Também não importa se a maioria dos Subtenentes preteridos não entra na Justiça. O que interessa é que o processo é ilegal, sem nenhuma transparência e sem a publicidade necessária. A CP-QAO só serve para escolher aqueles que ela decide de forma arbitrária que serão promovidos. Desafio que alguém me aponte um Subtenente que tenha entrado em atrito com seu comandante ou entrado na Justiça contra o Exército, seja por uma transferência indesejada, seja exigindo um tratamento de saúde, ou qualquer outro motivo, e que depois tenha sido promovido a QAO. Não existe! Todas as portarias confusas e cálculos que sempre mudam existem apenas com a finalidade de tentar legitimar a escolha de quem deve ou não ser promovido. Mesmo se 99,9% da minha turma sair QAO e eu for o único do Brasil que entrar na Justiça exigindo minha promoção, ainda assim continuo tendo direito, porque esse direito está baseado na ilegalidade do processo de promoção e não na quantidade de quem foi promovido ou entrou na Justiça.

    Resposta
  • 18/03/2018 em 23:25
    Permalink

    Senhores Sargentos do Exército: se querem um dia serem promovidos a oficiais, não se preocupem muito em fazer cursos, ter um excelente TAF ou se habilitarem em algum idioma estrangeiro. Muito mais importante que isso é levar cafezinho para o chefe, rir das piadas sem graça dele e baixar a cabeça quando seu comandante falar, afinal ele fez EsAO e ECEME, é um semi-deus e está habilitado a fazer o que quiser com o quartel, com você e com sua família. E não ouse denunciar as falcatruas em licitações que acontecem em todos os quartéis! Seguindo esses conselhos é bem provável que você seja promovido a oficial QAO.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 00:03
    Permalink

    Meus TAF durante quase 30 anos foram quase todos EXCELENTES e não sai QAO um militar com problemas graves de saúde saiu QAO e conheço QAO com mais de 160 quilos e Eu corro até maratona não saio QAO. E quanto ao babão que diz que 70% sai QAO Eu digo que 99% deveriam sair

    Resposta
  • 19/03/2018 em 09:00
    Permalink

    A verdade é que se você só serve para o EB, se não tiver prolema nenhum, principalmente de saúde.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 09:20
    Permalink

    Assim que sair capitão vai pedir reserva , em seguida será reformado sem precisar de internação nem de acompanhamento especializado permanente, vai deixar de pagar IR, vai obter restituição do IR dos últimos cinco anos e ainda resgata o FAM. Um belo golpe.Aqui na capital da Zona da Mata é muito conhecido o caso de um coronel de Cavalaria que utilizou o mesmo expediente.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 09:58
    Permalink

    Essa CPQAO não tem critérios para dar pontos para Militares que não conhecem, para que pontuar se já existe uma Ficha pontuada? As análises da vida do Militar deveria ser pelos méritos e não pela escolha de baba -ovo, quantos militares aparecem com pontuações lá em baixo e depois no próximo QA estão com pontuação lá em cima,até mesmo Militar que foi condenado pela justiça já foi promovido. Lamentável mas estamos nas mãos de incompetentes, irresponsáveis…..Vamos entrar com processos na Justiça que venceremos.
    L

    Resposta
  • 19/03/2018 em 12:15
    Permalink

    Companheiros preteridos… Esse babão… Puxa saco é tão fraco que quer formar a defesa das ilegalidades e injustiças cometidas pela D A Prom com amparo de portarias. Sabe de nada inocente!… O nosso poder vem da Constituição Federal! Vem da força da Lei! Justiça dos Decretos!!! Da Publicidade, da transparência, Do princípio da igualdade, da legalidade, da impessoalidade… Vem da justiça Divina!!!!!!!!

    Resposta
  • 19/03/2018 em 16:34
    Permalink

    Isso é o que esse bando de Zé Mané de estrela faz para os peixadas deles…. Não vai demorar muito e eles vão promover um morto… É triste ver uma incompetência tão grande m quem se acha infalível.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 20:39
    Permalink

    REZA A LENDA QUE O TAL, SENDO PRETERIDO NA PROMOÇÃO ANTERIOR POR UM CORRUPTO E UM TAMBÉM DEFICIENTE FÍSICO, COM RAIVA, FEZ CARTA ANÔNIMA AO DIRETOR QUE ENTRAVA, AMEAÇANDO-O EM DELATAR IRREGULARIDADES ADMINISTRATIVAS E FINANCEIRAS DO MESMO QUANDO NO COMANDO DA ESAU. O DIRETOR REUNIU A OM NO AUDITÓRIO, E QUASE CHORANDO NERVOSO PAGOU PARA OS QUATRO VENTOS, ABRIU, DISSE TER RECEBIDO A CARTA, LENDO-A, DISSE SER TUDO MENTIRA. AGORA PENSANDO… SÓ SABERIA TAL ASSUNTO ALGUÉM QUE FOSSE DO SETOR DE COMPRAS… E QUEM É DA SALC??? PAPAI NOEL? MICHAEL TEMER? O ESCRITOR DEFICIENTE CARDÍACO? DIFÍCIL… ESSA VOU PASSAR… NA PRÓXIMA PROMOÇÃO RECEBEU A QUANTIDADE DE PONTOS BEM ELEVADA DO QA ANTERIOR QA 02/15 169,34 54/69 – QA 01/16 169,91 36/51 – QA 02/16 175,72 12/37 UM AVANÇO EXTRAORDINÁRIO PARA QUEM: Deveria ter sido informado sua incapacidade IMEDIATAMENTE já que estava incapaz para promoção. Até hoje necessita de tratamento está afastado das atividades, esperando promoção à 1º TEN no HCE. ESSA COMISSÃO NÃO POSSUÍ MORAL E SERIEDADE.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 20:41
    Permalink

    REZA A LENDA QUE O TAL, SENDO PRETERIDO NA PROMOÇÃO ANTERIOR POR UM CORRUPTO E UM TAMBÉM DEFICIENTE FÍSICO, COM RAIVA, FEZ CARTA ANÔNIMA AO DIRETOR QUE ENTRAVA, AMEAÇANDO-O EM DELATAR IRREGULARIDADES ADMINISTRATIVAS E FINANCEIRAS DO MESMO QUANDO NO COMANDO DA ESAU. O DIRETOR REUNIU A OM NO AUDITÓRIO, E QUASE CHORANDO NERVOSO PAGOU PARA OS QUATRO VENTOS, ABRIU, DISSE TER RECEBIDO A CARTA, LENDO-A, DISSE SER TUDO MENTIRA. AGORA PENSANDO… SÓ SABERIA TAL ASSUNTO ALGUÉM QUE FOSSE DO SETOR DE COMPRAS… E QUEM É DA SALC??? PAPAI NOEL? MICHAEL TEMER? O ESCRITOR DEFICIENTE CARDÍACO? DIFÍCIL… ESSA VOU PASSAR… NA PRÓXIMA PROMOÇÃO RECEBEU A QUANTIDADE DE PONTOS BEM ELEVADA DO QA ANTERIOR QA 02/15 169,34 54/69 – QA 01/16 169,91 36/51 – QA 02/16 175,72 12/37 UM AVANÇO EXTRAORDINÁRIO PARA QUEM: Deveria ter sido informado sua incapacidade IMEDIATAMENTE já que estava incapaz para promoção. Até hoje necessita de tratamento está afastado das atividades, esperando promoção à 1º TEN no HCE. ESSA COMISSÃO NÃO POSSUÍ MORAL E SERIEDADE.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 21:06
    Permalink

    Quem tem …. tem medo. Quem é do HGeRJ, sabe que ele sempre trabalhou no setor de Licitações e Contratos.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 21:50
    Permalink

    Sujeira e mais sujeira. Este é o EB que quer mostrar imagem de moralidade para a população civil.

    Resposta
  • 19/03/2018 em 22:17
    Permalink

    Se MP for acionado facilmente todos os envolvidos da administração serão responsabilizados com perca de cargo público por fraude processual, fraude em concurso público, fraude em parecer médico, crimes de todos os aspectos militares e civis já que a toda relação de promovidos de boa fé foi colocada sob suspeita. Se faltava provas para dar ilegitimidade a tal comissão de promoções elas são fartas e numerosas. IMPRESSIONANTE. As indenizações serão volumosas por danos morais e materiais e promoções em ressarcimento de preterição. QUANTA SUJEIRA.

    Resposta
  • 20/03/2018 em 07:47
    Permalink

    Incapaz temporariamente é o que diz a Ata de Inspeção de Saúde o que não impede a promoção. Ele não estava em processo de Reforma.

    Resposta
    • 20/03/2018 em 18:47
      Permalink

      Esta justificando as canalhices. todos acreditamos. faz me rir.

      Resposta
  • 23/03/2018 em 23:29
    Permalink

    Entendo e respeito o que o “anônimo do dia 18/03/18” e o “anônimo do dia 20/03/18” dizem, MAS há muitas coisas entre o céu e a terra.

    A Portaria citada está clara, mas e em relação a Constituição Federal e a Lei 9784, há alguma dúvida? A Portaria é maior que a CF e a Lei??

    O TRF/4 já reconheceu a ilegalidade do processo nas promoções ao QAO.

    Acreditar que neste processo não há apadrinhamento, obscuridade é o mesmo que querer tapar o sol com a peneira.

    Há muitos militares que já foram promovidos e que não reuniam ou reúnem condições em detrimento de muitos preteridos que tem melhores condições, muito mais capacitados, com maior meritocracia. Isso é revoltante, é ser desonesto, é injusto, é imoral.

    Uma CPQAO onde os seus integrantes são desconhecidos, que mais parece com uma seita ou sociedade secreta. Há um desacordo total com a transparência e publicidade que o ato administrativo PÚBLICO exige.

    Será que os integrantes da CPQAO são amigos ou inimigos de algum ST que está participando do processo de promoção?

    Os atos da CPQAO são conhecidos? Onde os atos estão registrados??

    Há favorecimento (leniência) para algum ST que está participando do processo?! Ou há maior rigor (severidade) para alguns deles??

    Será que algum membro da CPQAO está obtendo vantagens financeiras ou profissionais para ajudar ou prejudicar alguém?

    O processo é baseado no merecimento (meritocracia) ou na preferência (escolha) por parte dos integrantes da CPQAO?

    E se for na preferência (escolha), quais são os critérios previstos em LEI para isso??

    Ou a preferência (escolha) está baseada ao bel prazer da CPQAO em quem dá mais, em quem é mais bajulador e servil ??

    Sobre esse militar em questão que foi promovido, não seria prudente uma investigação do caso dele?

    Ele trabalhou na SALC do HCE?!?!

    O que este militar sabe e que pode comprometer a carreira e a vida pessoal de muitos oficiais?!?!

    Onde há fumaça pode haver fogo. Que tal averiguarmos isso??

    Vamos deixar os mimimis de lado.

    Que tal se a discussão for serena, inteligente, construtiva e com base na LEI???

    Para reflexão (Art 324/Código Penal Militar)

    “Deixar, no exercício de função, de observar lei, regulamento ou instrução, dando causa direta à prática de ato prejudicial à administração militar:

    Pena – se o fato foi praticado por tolerância, detenção até seis meses; se por negligência, suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função, de três meses a um ano.”

    Resposta
  • 04/04/2018 em 16:31
    Permalink

    TENHO VERGONHA DESSES QUE FAZEM DA INSTITUIÇÃO EXÉRCITO SEU CURRAL DE MANDOS E DESMANDOS. AUDITORIA NELES !!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.