Braço Forte: Exército vai Patrulhar zonas Norte, Sul e Centro, do RJ

 ‘A missão é trazer a normalidade e paz social. Garantir ao Carioca o direito de ir e vir’.

 

Militares durante operação para retirada de contêiner da UPP Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Militares durante operação para retirada de contêiner da UPP Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Foto: Guilherme Pinto.

O Comando Militar do Leste (CML) anunciou nesta segunda-feira que a partir da terça-feira as Forças Armadas vão reforçar o patrulhamento nas áreas de grande circulação de pessoas do Rio. Em nota, o Comando Conjunto afirma que homens do Exército vão atuar em parceria com policiais militares e ntegrantes da Força Nacional nas zonas Sul, Norte e Centro da cidade.

Ainda de acordo com o CML, agentes da Guarda Municipal também vão reforçar o patrulhamento, numa parceria entre o Gabinete de Intervenção Federal e a Prefeitura do Rio.

Na semana passada, os militares anunciaram que as forças integradas de segurança devem deixar definitivamente a comunidade de Vila Kennedy. Deve ser daqui a duas ou três semanas, informou o coronel Carlos Frederico Cinelli, chefe de comunicação do Comando Militar do Leste (CML).

Há quase um mês, homens das Forças Armadas entraram na comunidade nas chamadas operações de estabilização do território. Em entrevista à TV Globo no dia 7 de março, o interventor federal no Rio de Janeiro, general Braga Netto, afirmou que a experiência na Vila Kennedy seria usada como modelo para a intervenção na segurança do estado.

https://extra.globo.com/casos-de-policia/exercito-anuncia-que-vai-reforcar-patrulhamento-nas-ruas-das-zonas-sul-norte-centro-do-rio-22527965.htm

2 comentários em “Braço Forte: Exército vai Patrulhar zonas Norte, Sul e Centro, do RJ

  • 27/03/2018 em 07:45
    Permalink

    Estamos seguindo o caminho do México e da Venezuela

    Resposta
  • 27/03/2018 em 13:37
    Permalink

    Senhores, essa intervenção é inútil e o EB vai sair mais queimado disso do que cinza de defunto. Foi um tiro no pé entrar nessa missão, os bandidos mesmos estão em Brasília, aqueles sim são poderosos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.