Kelma Costa a melhor candidata da família militar para o Congresso Nacional

Nota do Editor: Apoiada por Bolsonaro, Kelma Costa é  a melhor candidata dos militares no pleito eleitoral para Deputado Federal. Líder nata, diversas vezes ‘deu a cara a tapa’, defendendo a família militar no Congresso Nacional – Conclamamos a todos Eleitores de Minas Gerais, Militares e Reservistas e suas famílias a votar nessa guerreira!

Kelma Costa é Casada com Sargento do Exército Brasileiro, Começou sua carreira na vida pública em 1997 através de um Programa Radiofônico dominical na cidade de Além Paraíba, MG onde atuou como locutora. Mudou-se para a cidade de Juiz de Fora no ano de 2002 e atuou na área de assistência social e em 2005 engajou na árdua tarefa de lutar pela reposição salarial pois na época o Governo Fernando Henrique deixou a tropa 8 anos sem reajuste e no governo Lula já estava indo para o mesmo caminho, então nessa época Kelma Costa juntamente com outras mulheres de Juiz de Fora fundaram a UNIFAX. (União Nacional de Familiares de Militares das Forças Armadas e Auxiliares).

Participou, idealizou e organizou diversas audiências públicas no Congresso nacional em prol da Família e das Forças Armadas e Auxiliares. formada pela ADESG (Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra), no curso de Política Estratégica em 2013 Foi reconhecida pela ONU como Alta Comissária dos Direitos Humanos em solenidade realizada em Setembro de 2016 em Brasília; Recebeu na mesma data o título de Amiga das Forças Armadas, Radialista e Cristã. Pré-Candidata a Deputada Federal em 2018.

Kelma Costa, Pré-Candidata a deputada Federal pelo PSL e o Deputado Federal e Pré-Candidato a presidência da Republica Jair Bolsonaro, pelo PSL

Considerada por Jair Bolsonaro de quem é amiga desde 2005 como mulher de ferro. Kelma Costa, Esposa de Sargento das Forças Armadas brasileiras, quem, são constitucionalmente impedidas de manifestarem-se, como Instituição e Indivíduo, completamente amordaçadas, embora sejam muitas as demandas que vem das Casernas,  Pré-Candidata a Deputada Federal, Kelma Costa, encarna, em si mesma, a “Voz da Direita”, nessas eleições. Voto útil, que, sem duvidas, servirá, por vias constitucionais, democráticas e cidadã, à frente do PSL, entidade com a qual congrega a nova voz das Casernas brasileiras, Kelma Costa, Mãe, Esposa e Mulher, muito à frente do seu tempo, para os que não concordam com os atuais rumos que as coisas estão tomando no Brasil.

6 comentários em “Kelma Costa a melhor candidata da família militar para o Congresso Nacional

  • 26/07/2018 em 19:01
    Permalink

    Se Bomsounada quisesse apoiar a Kelma, colocaria como candidata pelo Rio de Janeiro, e não por Minas Gerais, mas o Sr Bomsounada se colocasse ela pelo Rio de Janeiro tomaria a vaga de seu filho no congresso, então como medida protecionista do filhão, vai por Minas que eu te apoio, se der sorte ela poderá ser eleita, caso contrário mais uma vez Kelma “tiro n’água”.
    Fica aqui meu registro.

    Ass. SGT QE

    Resposta
  • 26/07/2018 em 20:00
    Permalink

    Essa sim representa o Praça, agora votar em general é ser masoquista.

    Resposta
  • 26/07/2018 em 21:50
    Permalink

    Concordo com pracildo, mas tem tanto baba-ovo que vai pra reserva e a única chance que tem de puxar o saco de novo de general de novo é nas urnas!

    Resposta
  • 28/07/2018 em 21:56
    Permalink

    Não voto em general, as piores sujeiras estão debaixo do tapete dos salões de honras. Não confio em cabras safados!

    Resposta
  • 30/07/2018 em 19:07
    Permalink

    Sugestões de proposta para a família militar:
    – construção de pnrs;
    – nomeação de Praça ou QAO para ministro do STM, equiparando ao Nr de oficiais;
    – nomeação de Praça como presidente do FHE Poupex, somos a maioria de associados;
    – isonomia na tabela de diárias, indz de transporte e bagagem, aux fardamento, aux de natalidade, pois segundo a CF o que nos diferencia é  somente o soldo;
    – lei de promoção de praças até Subntente, pois o planejamento será na confecção dos editais;
    – equiparação de cursos, tempo de guarnição para movimentação e demais benesses aos oficiais ;
    – autonomia aos adjuntos de comando, inclusive na aplicação de recursos públicos;
    – corregedoria Militar Federal, para acabar com os desmandos na força, pois o período colonial já se foi há tempos;
    – aumento de vagas de hotéis de trânsito para ST e Sgt;
    – rancho comum a todos, pois é mantido pelo recursos público;
    – diminuição do número de generais, condizente com o pib do país;
    – profissionalização do efetivo, para diminuir a força, pois hoje é impraticável um aumento de salário em razão da extensão da força;
    – melhor gestão na aplicação dos recursos públicos, evitar elefantes brancos;
    – ativar linha para denúncia no  (MPF) tais como o emprego da força  para angariar boquinhas para os chefes e apaniguados, ainda, denúncias de interferências de esposas de militares na administração pública federal e em assédio moral;
    – isonomia de  aumento salarial com todas as carreiras do estado;
    – porte de arma para todos militares, exceto soldado EV, pois é vergonhoso é motivo de piada o militar não poder portar uma arma;
    – utilização realmente social do FHE Poupex para aumentar o patrimônio de todos militares, na construção de casas para todos militares com parcelas melhores que os bancos públicos;
    – emprego correto da atividade de inteligência, criminalizando e responsabilizando o uso da inteligência para perseguições pessoais;
    – escala de serviço para todos, do general até o soldado EV, sem distinção;
    – proibir o lobby em todas as instituições e criminalizar o lobby na justiça;
    – RACE com a participação de Praças;
    – valorizar estudo superior e pós graduação, bem como, os militares que estão na tropa;
    – tempo de guarnição limite de Brasília DF de três anos, sendo inflexível à qualquer desculpa de não cumprimento desta determinação;
    – abolição do pttc; e
    – demais sugestões de militares aos candidatos militares.

    Resposta
    • 31/07/2018 em 09:55
      Permalink

      PNR é a pior coisa que existe para os militares porque:

      – nunca haverá em número suficiente para atender a todos que queiram;
      – faz os militares se acomodarem com a situação e com salários que não dariam para alugar nada digno em certas regiões do país;
      – faz com que muitos militares não se preocupem com o futuro, quando terão que ir para a reserva e sem moradia ou poupança que os permita comprar um imóvel.

      PNR só deveria existir em locais de fronteira, onde não há realmente condições do militar alugar algum imóvel. No resto do país, até mesmo em locais onde os imóveis são muito caros como o Rio de Janeiro p.ex., os militares deveriam receber no contracheque uma indenização de moradia de valor suficiente para o aluguel de uma moradia digna, com valor indexado por algum índice de mercado daquela região e, portanto, corrigido automaticamente segundo as variações de preço de mercado.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.