Mérito? Subtenente com diversas prisões foi promovido ao QAO

Subtenente com prisões e detenções foi promovido ao QAO, após movimentação para o EME, mesmo tendo sido negada anulação de suas diversas punições, pelo Gabinete do Comandante do Exército.

NÃO HÁ MERITOCRACIA E SIM BENEVOLÊNCIA COM PROMOÇÕES A BEL PRAZER, INDIFERENTE A CARREIRA DO MILITAR

Subtenente foi promovido de forma ilegal ou, no mínimo, de forma temerária ao QAO, com 2 prisões e 2 detenções, após ter sido movimentado para o EME – Estado-Maior do Exército.

O Gabinete do Comandante do Exército, indeferiu o pedido  de anulação das punições disciplinares, fato publicado no Boletim do Exército nº 46, de 14 de novembro de 2013.

PARA QUE CARGAS D’ÁGUAS SERVE VALORIZAÇÃO DO MÉRITO, FIPROM E RIP?

Sem entrar no mérito das punições ou da vida profissional do militar, nos desperta questionar, o como militar com tais registros em sua FVM (Ficha de Valorização do Mérito) e RIP (Registro de Informações Pessoais é promovido ao QAO?

Das duas uma:

  • Seria por, a época, está servindo no EME – Estado-Maior do Exército?
  • Será que foi apadrinhamento?

Certezas:

  • Existem militares sem punições que não são promovidos.
  • A DAProm (Diretoria de Avaliação e Promoções) e CPQAO (Comissão de Promoções ao QAO), sofre de ‘cegueira escolhida’.

Link do BI com negativa de anulação das punições – Indeferimento da anulação das punições disciplinares (CLIK)

Link do INFORMEX da Promoção do Subtenente ao QAO – promoções de ingresso ao QAO (CLIK).

VEJAMOS O QUE DIZ ÀS  LEGISLAÇÕES VIGENTES

Portaria 1.496 de 11  de dezembro de 2014 (Aprova as Instruções Gerais para Ingresso e Promoções no Quadro Auxiliar de Oficiais, 1ª Edição, 2014 (EB 10-IG-02.005), e dá outras providências.)

“Art. 5º Os documentos básicos, regulados em normas específicas, para a seleção dos oficiais e dos subtenentes a serem apreciados para ingresso nos QA (Quadro de Aceso) são os seguintes:

I – Ficha Cadastro;

II – Ficha de Valorização do Mérito (FVM);

III – Ficha Disciplinar;

IV – Fichas de Avaliação do Desempenho e Perfil do Avaliado;

V – Ficha de Informação para a Promoção por Merecimento (FI Prom);

VI – Registro de Informações Pessoais (RIP); e (…)

“Art. 29

IV – manter a DA Prom informada, até a data da promoção, com a máxima urgência, das

incidências em qualquer das situações, referentes ao ingresso e/ou exclusão de QA (QAA ou

QAM), previstas nos arts. 4º, 10, 11, 12 e 26 do RIPQAO, e outras passíveis de provocar reflexos no

processamento das promoções, tais como pedido de transferência para a reserva remunerada, incapacidade

física definitiva e/ou reforma, anulação de punições disciplinares, falecimento, entrada em licença para

tratamento de interesse particular ou licença para tratamento de saúde de pessoa da família, ingresso no

comportamento insuficiente ou mau, passagem à situação de sub judice ou liberação da mesma,

condenação, absolvição ou reabilitação judicial.”

Questionamos:

  • A DAProm e CP-QAO analisa vida profissional ou vida pessoal?
  • A DAProm e CP-QAO escolhem quais seriam os promovidos?
  • Ninguém observou que as punições disciplinares não foram anuladas?

Decreto 90.116 de 29 de agosto de 1984 (Regulamenta o ingresso e a Promoção no Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) e dá outras providências (RIPQAO):

“Art. 10 – Para ingresso no Quadro de Acesso é necessário que o Oficial do QAO e o Subtenente satisfaçam aos seguintes requisitos:

III- Conceito moral.

  • 1º – Os conceitos profissional e moral serão apreciados pelos Órgãos de processamento das promoções, através do exame da documentação de promoção e demais informações recebidas.

Questionamos:

  • O Militar possuía melhor conceito moral, comparado aos que não foram promovidos e não possuem punições?

MILITAR, ESTRANHAMENTE, FOI CONTEMPLADO COM A MEDALHA DO PACIFICADOR, MESMO COM ÀS PUNIÇÕES REGISTRADAS

Portaria n 724 – Cmt Ex, de 25 de Junho de 2015 (Aprova as Normas Reguladoras da Medalha do Pacificador e dá outras providências.) publicada no Separata ao Boletim do Exército nº 26, de 26 de junho de 2015.

“CAPÍTULO II – DOS REQUISITOS PARA A CONCESSÃO

Art.3º Ficam estabelecidos os seguintes requisitos para a concessão da medalha:

  1. não tenha sido punido disciplinarmente, exceto se a punição tiver sido cancelada ou anulada (…)”

Link da Legislação da Medalha do Pacificador – Legislação Medalha Pacificador (CLIK).

Link do BE do recebimento de Medalha do Pacificador pelo militar em questão – Medalha Pacificador (CLIK)

O presente artigo demonstra que não há seriedade no processo de promoções ao QAO, claramente viciado, com benevolências e perseguições, sem motivação e publicidade, ou seja, ILEGAL’.

50 comentários em “Mérito? Subtenente com diversas prisões foi promovido ao QAO

  • 25/03/2018 em 18:29
    Permalink

    Excelente… Agora quero ver o que o Cmdo do EB e a DAPROM tem a dizer sobre isso… O MPF também deveria ser informado e se manifestar a respeito.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 22:14
      Permalink

      Quero ver também sobre nossa promoção a baita covardia que a Dapron fez com os QE

      Resposta
  • 25/03/2018 em 18:37
    Permalink

    Interessante isso não?
    Será que os profissionais que não tiveram a oportunidade de servirem no Gab Cmt EB terão que se conformar em morrer Sub?

    Resposta
  • 25/03/2018 em 18:37
    Permalink

    Coisas que sabíamos existir no submundo do EB mas não conseguíamos provar estão surgindo. Pode ser a LAVA JATO da DAPROM. Não sei no que tudo isso vai dar…mas que está incomodando (e muito) está.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 22:12
      Permalink

      NÓS TEMOS QUE DESTRUIR ESSE SISTEMA IMUNDO SUJO CORRUPTO DO PROCESSO DE PROMOÇÃO;

      TEMOS QUE DESMASCARAR ESSE BANDO DE FINGIDOS QUE FICAM FAZENDO GUERRA DE PAPEL;

      MANDANDO PREENCHER REQUERIMENTOS QUE SABEMOS QUE NO FINAL UM BANDO DE INCOMPETENTES SEM ARGUMENTOS NÃO RESPONDEM OU RESPONDE
      COM ARGUMENTOS INFUNDADOS

      OU PIOR PREVARICAM – OMITEM – DIZEM QUE É O PODER DISCRICIONÁRIO – FRAUDAM O PROCESSO – ATRASAM AS RESPOSTAS – RESPONDEM DE FORMA INCOMPLETA – ABUSAM DE TODAS AS FORMAS POSSÍVEIS – COMETEM CRIMES

      ABUSO DE PODER NA FORMA DE EXERCÍCIO ARBITRÁRIO DAS PRÓPRIAS RAZÕES – DE ABUSO DE AUTORIDADE – CONDESCENDÊNCIA CRIMINOSA ETC ETC ETC

      NÃO OBEDECEM AO ORDENAMENTO JURÍDICO E O MAIS GRAVE AGEM NO ANONIMATO;

      ESTAMOS DIANTE DE UMA SITUAÇÃO QUE CARACTERIZA CRIME ORGANIZADO;

      Estamos diante de pessoas que tem esclarecimento suficiente para discernir o certo do errado!!!!! ELES SABEM DISSO E SE UTILIZAM PRINCIPALMENTE DO MEDO PARA CALAR A TODOS!!!!!!!!!

      O TEMPO DA INOCÊNCIA NÃO EXISTEM MAIS!!!!

      SABEMOS QUE ELES SABEM E FAZEM QUESTÃO DE IGNORAR COMO SE NADA ESTIVESSE ACONTECENDO;

      É PREMEDITADO É PENSADO É INTENCIONAL É MÁ-FÉ É MÁ VONTADE
      É PURA DESONESTIDADE É CRIMINOSO SIM!!!!

      Resposta
  • 25/03/2018 em 18:39
    Permalink

    Eu conheço um QAO (reserva) que foi “expatriado” e punido pelo Chefe maior do exército e foi promovido.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 08:44
      Permalink

      Mande informações e documentação que comprove o fato para o e-mail deste Blog.

      Resposta
  • 25/03/2018 em 18:40
    Permalink

    Pior do que aqueles que são apadrinhados com a promoção e tem seu nome cogitado para ser promovido.

    É aquele que tem seu nome cogitado para não ser promovido. Este tá lascado, só na justiça.

    E a D A Prom aposta na justiça, pois lá os juízes protegem a fazenda pública e não sabem de nada do que se passa no dito órgão públicos que mantém o máximo de sigilo nas promoções.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 18:51
    Permalink

    Tudo isto traz grande revolta a muitos, como é o meu caso.
    Vamos colher os documentos e colocá-los como provas, nos processos, demonstrando, assim, que não há licitude e ilibação, no processo de promoção ao QAO.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 18:51
    Permalink

    Parabéns Ten Messias Dias por continuar mostrando as sujeiras e ilegalidades da DAProm, que são muitas ainda. O caso em questão é um claro apadrinhamento, que mostra que o processo não é sério. É um claro caso de desvio de finalidade da Comissão de Promoção a QAO (CPQAO). Bem só para lembar já sabemos que a pontuação da comissão foi oficialmente considerada ilegal no 2º Grau do TRF4 e não cabe mais recurso…….preteridos……justiça neles. Usem as provas aqui em seus processos.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 18:52
    Permalink

    São a sombras que exitem na D Mov! kkk

    Resposta
  • 25/03/2018 em 19:07
    Permalink

    A DAPROM está se afundando no mar de lama que ela mesma criou é uma vergonha o que os comandantes estão fazendo com os STen preteridos mas a justiça a de ser feita vamos correr atraz dos nossos direitos

    Resposta
  • 25/03/2018 em 19:12
    Permalink

    Não há merecimento para promoção ao QAO, o que há é um processo por escolha.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 19:15
    Permalink

    A existência dessa Comissão de Promoções ao QAO é questionada há décadas pelo círculo dos subtenentes e sargentos, mas de maneira discreta, porque há receio de que uma crítica ou um processo na justiça possa ter represálias da instituição aos subtenentes da ativa. Acredito que existe um clamor mesmo silencioso entre os subtenentes de bom senso e mesmo os mais disciplinados que essa pontuação da Comissão seja revogada e que o mais correto, justo e legal ocorra que é a promoção pelo mérito puro, que é o cômputo dos pontos da Ficha de Valorização do Mérito (FVM) e os pontos das Fichas de Avaliação do Desempenho do Subtenente…apesar desse sistema de avaliação até 2014, ter se mostrado muito falho, por haver por parte de avaliadores, julgamentos subjetivos de pautas de maneira parciais ou injustas, inclusive com a confirmação pela própria DAProm, de que houve erros nas avaliações quando muitos subtenentes requereram análise das avaliações, muitas dessas foram descartadas pela própria DAProm de muitas Fichas e pautas incorretas ou incongruentes para os subtenentes, sem contar que não houve o contraditório e a ampla defesa…ficou o conceito ali e recebido pelo sistema, sem que isso fosse legítimo o que ali estava computado…mas o prejuízo poderia ser menor do que acontece com a existência dessa obscura CP-QAO.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 19:19
    Permalink

    Acho que todos deveriam ser promovidos.
    Haja visto que os oficiais são promovidos.
    Independente de estarem bem fisicamente ou não eles são promovidos.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 19:31
    Permalink

    A D A Prom não podia fazer isso com o nosso Exército tão Glorioso!!!! Que decepção…

    Resposta
    • 25/03/2018 em 20:00
      Permalink

      Daprom? Sao oficiais sem moral que fazem isto com ordem do EME (outros sem moral)…..cortam na nossa carne para economizar pra este governo corrupto, mais nao cortam os beneficios deles (oficiais).

      Resposta
  • 25/03/2018 em 19:58
    Permalink

    Depois que vi como são convocados os OTT do nosso EB, sou a favor de que todos os subtenentes que estiver no comportamento BOM ingressem no QAO. Descobri que tem OTT que foi convocado com nota inferior a 5. Vemos que a maior parte dos OTT são apadrinhados e sequer estudaram em boas faculdades, de forma que um subtenente certamente possui bagagem cultural e profissional muito superior aos oficiais temporários do Exército.

    Resposta
    • 25/03/2018 em 20:42
      Permalink

      Este caso e na 2 Regiao Militar. Agora, a pouco tempo. OTT aprovados em prova com media menor que 5. Um lixo….o negocio e arrumar uma boca facil pra filhos e apadrinhados de oficiais.

      Resposta
      • 26/03/2018 em 21:38
        Permalink

        ESSE CASO É RECENTE;

        OCORREU NA 2ª REGIÃO MILITAR;

        MAIS ONDE TEM UM CHEFE DO ESTADO MAIOR QUE É UM DSA – CORONEL MARCELO MARTINS QUE ESTÁ NO EXERCÍCIO IRREGULAR DA FUNÇÃO O QUE CARACTERIZA, ALÉM DE FATO TIPICO, ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA TUDO É POSSÍVEL

        NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO FOI DESIGNADO PARA CHEFIAR A DIVISÃO ADMINISTRATIVA DA REGIÃO E SE DIZ CHEFE DO ESTADO MAIOR SEGUNDO ELE
        COM A ANUÊNCIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR

        FICA A PERGUNTA O MPM NÃO É FISCAL DA LEI????????? QUE COISA NÃO????

        FRAUDES DESSE TIPO SÃO RECORRENTES NA 2ª REGIÃO MILITAR EM OUTRAS TAMBÉM!!!!

        Resposta
    • 26/03/2018 em 21:29
      Permalink

      PURA VERDADE!!!!

      EXISTEM MUITOS QUE SE MATRICULAM EM UNIVERSIDADES (OFICIAIS INFILTRADOS PARA FACILITAR O ESQUEMA) SÓ O PRIMEIRO SEMESTRE (SÓ EFEITOS ESPECIAIS PARA PEGAR A BOQUINHA GARANTIDA) ASSIM QUE CONSEGUEM A VAGA DE TEMPORÁRIO TRANCA A MATRICULA NÃO CONTINUAM OS ESTUDOS;

      E FICAM NUMA BOA SEM TER A QUALIFICAÇÃO NECESSÁRIA;

      NÃO EXISTE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE; O GOLPE É NORMAL;

      ALÉM DE CASOS DE DIPLOMA FALSO!!!!

      Resposta
  • 25/03/2018 em 20:41
    Permalink

    Infelizmente isso é uma prática comum na Instituição. É uma forma arbitrária de manter o controle daqueles que não se prostitue com o sistema.

    Resposta
  • 25/03/2018 em 21:46
    Permalink

    A corrupçao, o QI (QUEM INDICOU) ja esta impregnado no EB. Ha diversos e diversos casos de militares sem condiçoes fisicas, mentais e como esse citado. E so ur para uma Diretoria em Brasilia que vc consegue transferencia pra onde vc quer, e se consegue promoçao como essa. Ha diversos casos exdruxulos. Esse processo de promoçao foi feito pra bel prazer do EB. quem tem valor sao esses, os baboes, puxa sacos, que como eu vi levavam presentinhos aoschefes, faziam festinhas em dia de aniversario e bx a cabeça dizendo apenas sin Sr e nao Sr

    Resposta
  • 26/03/2018 em 01:14
    Permalink

    Ele pode ter perdido a anulação mas será que não foi deferido o cancelamento..pq são coisas diferentes..e se isso ocorreu ele poderia receber a medalha..como ocorreu…e posteriormente ser promovido a oficial… não quero defender o processo de promoção.. só estou levantando uma hipótese q pode ter acontecido.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 06:58
      Permalink

      Mesmo que ele tenha cancelado, a não anulação mantem as punições na RIP…….e esta anotação na RIP não permitira a promoção……é meu entendimento.

      Resposta
      • 26/03/2018 em 21:53
        Permalink

        Após o cancelamento permite ser promovido sim, exceto se a punição for atentatória a honra pessoal, pondonor militar e decloro da classe, já fiz esta pergunta para a DAPROM, nas perguntas e respostas. A RIP e justamente para isso, verificar as punições e durante a carreira. se for uma das 3 aí barro.

        Resposta
  • 26/03/2018 em 08:10
    Permalink

    Foi punido e reabilitado através de cancelamento e ou anulação dentro do Regulamento não vejo problema. Fatos relevantes em ratio legis que foram comprovadamente apurados no período constitucional de 5 anos não podem ofender o Art 5, XLVII, letra b e o HC 126.315 do STF da a doutrina na qual todo ser humano que cumprida todas as formalidades da lei tem o direito ao esquecimento e pode ser deixado em Paz para seguir seu vida com se primário fosse. Perseguição não pode ser admitida em um país que tem o princípio do Estado democrático de Direito.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 12:50
      Permalink

      Primeiro você lê o artigo…..as punições dele não foram anuladas. Segundo não estamos perseguindo o individuo, mais um processo sujo e ilegal que a DAProm promove. Quer dizer que ele é o coitado? ta sendo perseguido ? ele que arrumou um padrinho e é 1º Ten QAO? !!! E os Subs de 88, 89, 90 e 91 que não sairão? estes são o que? vencedores?

      Resposta
    • 26/03/2018 em 12:51
      Permalink

      Os Subs preteridos não são perseguidos ? por favor pare de hipocrisia.

      Resposta
    • 26/03/2018 em 20:02
      Permalink

      PUNIÇÕES;

      ESSE ASSUNTO É OUTRO ASPECTO DO PROCESSO DE PROMOÇÃO

      QUE DEPENDE DO MILITAR QUE ESTÁ SENDO JULGADO;

      CONCORDO COM VC EM GÊNERO, NUMERO E GRAU MAIS ISSO NÃO É VERDADE ABSOLUTA!!!!

      NÃO OBEDECEM A LEI NESSE ASPECTO TAMBÉM

      ALGUNS SÃO BENEFICIADOS E OUTROS ELES SE RECUSAM A RECONHECER CONSTITUINDO PERSEGUIÇÃO AO MILITAR

      Resposta
      • 26/03/2018 em 20:07
        Permalink

        PUNIÇÕES;

        ESSE ASSUNTO É OUTRO ASPECTO DO PROCESSO DE PROMOÇÃO

        QUE DEPENDE DO MILITAR QUE ESTÁ SENDO JULGADO;

        CONCORDO COM VC EM GÊNERO, NUMERO E GRAU MAIS ISSO NÃO É VERDADE ABSOLUTA!!!!

        NÃO OBEDECEM A LEI NESSE ASPECTO TAMBÉM

        ALGUNS SÃO BENEFICIADOS E OUTROS ELES SE RECUSAM A RECONHECER CONSTITUINDO PERSEGUIÇÃO AO MILITAR;

        E DESTACO AINDA QUE COM PUNIÇÃO OU SEM PUNIÇÕES TODOS SÃO PUNIDOS
        E PERSEGUIDOS VELADAMENTE PELOS SEUS COMANDANTES DAPROM DGP ETC……….

        Resposta
  • 26/03/2018 em 09:16
    Permalink

    O militar em pauta é um amigo em particular de minha turma, o sistema é injusto, temos dois Exércitos: o de Brasília que pode tudo e o do restante do Brasil que fica aos rigores da lei. No primeiro Exército as beneces de que serve em Brasília, medalhas a vanço, fulano vc chegou quando!?, hoje senhor!, já tem medalha do pacificador? Tenho! Tem do merito militar? Não! então lhe indicarei!
    E no conceito somente recebe triângulos azuis. No restante do Brasil: fulano vc é o mais antigo da OM? Sou St de 1988! Vc será indicado, mas terá que disputar a medalha do pacificador com mais 30 indicados das outras OMS.
    Infelizmente isso acontece sempre, e outras provações como exercer uma função de Ensino superior e não receber a altura e não receber uma melhor pontuação por isso! Analisar varios processos de habilitação a pensão militar e receber pressão por todos os lados da futura pensionista e de outras pessoas que sempre tem um conhecido que gostariam de ver o andamento de um processo. Assim é a vida de nós meros mortais que não servimos em Brasília, impera a dificuldade e a má vontade.

    Resposta
  • 26/03/2018 em 09:18
    Permalink

    Senhores isso só vai parar o dia em que todos os praças “cagarem” para essa promoção ao QAO, única resposta que vejo para essa Comissão Fraudulenta de Pontos, onde Oficiais promovem certos militares por simpatia.
    Infelizmente é a cara de um BRASIL sem lisura, querendo passar uma imagem falsa.

    Resposta
    • 26/03/2018 em 19:30
      Permalink

      TEMOS QUE TRABALHAR PARA ACABAR COM ESSE QUADRO

      OU ENTÃO SÓ CONCURSO PUBLICO;

      TEMOS QUE ACABAR COM O PILANTRAS DOS PRAÇAS APROVEITADORES E BAJULADORES

      AÍ SIM CONCURSO É MÉRITO PURO; QUE SEJA UMA VAGA MAS SÓ POR CONCURSO!!!!

      Resposta
  • 26/03/2018 em 09:22
    Permalink

    Não foi de 1, 2 e nem de 3 companheiros que serviram na capital federal – foram muitos a narrarem – que basta ir servir em Brasília que está garantida a percepção de medalha(s); medalha(s) que também são distribuídas a civis de diversas ordens com “critérios” no mínimo suspeitos, haja vista a quantidade enorme (e absurda) de autoridades do JUDICIÁRIO que as recebem constantemente, bem como temos casos de “cidadãos eméritos” recebedores de distinções, cujos nomes constam em relações de “desafetos” da Instituição nos chamados tempos da Ditadura. Aí vem a pergunta: como pode uma distinção com critérios totalmente subjetivos e até “suspeitos”, ter valia no momento em que se atribui mérito aos militares que as recebem ?
    Brasília é conhecida como A CORTE (Realeza), pois, rezam as “lendas militares” que a quantidade de “benefícios oferecidos” aos militares que lá servem é bastante grande; tais como ter à sua disposição os tão almejados PNR, a já falada “certeza” de percepção de medalha(s), a facilidade em realizar cursos e missões no exterior, sem falar que em tempos passados lhes era garantida inclusive a transferência para onde desejassem, seria isso fruto da convivência diária com o alto comando, propiciando-lhes indicações e facilitações que, em sentido contrário, aos “tropeiros” surgem como dificuldades ao desempenho, desenvolvimento e ascenção na carreira militar ?
    Este caso do militar promovido com um RIP “recheado” de punições de relativa gravidade – visto não lhe ter sido concedido o pedido de anulação das mesmas – é mais um dos casos que mostram claramente que a promoção ao QAO é feita por ESCOLHA e não por MÉRITO. Antigamente quanbdo víamos um Subtenente antigão, se dizia que ele era o General dos Praças, quanta inocência, os Generais dos Praças são os Oficiais QAO, pois a grande maioria é promovida da mesma forma que aqueles.
    Tudo isso só contribui para a desunião entre os praças, só aumenta o descrédito interno que a instituição vem tendo nos últimos anos e que, se assim continuar, certamente irá abalar o alto conceito que o nosso EXÉRCITO tem perante a sociedade civil.
    Subtenente preteridos, já temos ciência que essa ZONA, essa bagunça, esse desrespeito com aqueles que dedicaram sua juventude com muito sacrifício em prol da instituição foi toda ela criada pelos integrantes do DGP e DAPROM e é com toda certeza que os mesmos não irão retroagir e nem tampouco tomar alguma atitude para resolver essa lambança , até mesmo porque foram muitos que participaram disso em suas breves passagens por tais Departamento/Diretoria e isso aliados ao corporativismo e ego insuflado os impedem de tomar alguma atitude nobre, portanto, resta-lhes um único caminho:

    JUSTIÇA NELES ! ! !
    Independentemente de muitos Juízes e Promotores terem sido beneficiados com distinções diversas e inúmeros almoços, jantares e coquetéis – PAGOS COM O DINHEIRO PÚBLICO – tenhamos confiança no Poder Judiciário, quanto mais ações forem ajuizadas e quanto mais “podres” como este que aqui temos vierem a público, maior será a prova das irregularidades e ilegalidades cometidas na promoção ao QAO e maior será a força que teremos para que esse processo danoso chegue ao fim e os prejudicados tenham seu direito restabelecido !

    O DIREITO NÃO SOCORRE AOS QUE DORMEM ! ! !

    JUSTIÇA NELES ! ! !

    Resposta
  • 26/03/2018 em 09:25
    Permalink

    Não houve anulação e nem cancelamento. São milhares de subtenentes preteridos todos com mais de trinta anos de serviços na administração pública você acha que já não foi verificado. A maioria de nós já vimos alguém da administração pública trocar folhas de Boletins. Somos todos com muitas experiência burocrática…

    Resposta
      • 26/03/2018 em 16:09
        Permalink

        É muito puxa saco vindo defender oficiais errados da DAProm……me envergonho por eles, principalmente se são praças.

        Resposta
  • 26/03/2018 em 18:12
    Permalink

    A casa da DAPROM está ruindo aos poucos, está aí no blog as provas para que os STen T 87, 88, 89, 90 e 91 que estão a espera de um milagre para serem promovidos entrem na justiça, pois o milagre agora é a justiça, não fiquem aguardando a CPQAO lhes dar pontos para serem promovidos, isso não acontecerá e quanto mais processos na justiça mais fácil será acabar com a atribuição de pontos pela CPQAO, criem coragem e entrem na justiça, eu estou guardando tudo pois na hora que eu entrar no QA e ver que estão me sacaneando não pensarei 2 duas vezes, ingressarei na justiça!

    Resposta
  • 26/03/2018 em 19:20
    Permalink

    EXCELENTE O TEMA ABORDADO!!!
    DEMONSTRA QUE AOS POUCOS A VERDADE DA ILEGALIDADE E CRIMES COMETIDOS POR ALGUNS OFICIAIS OU QUIÇA TODOS, CONTRA OS DIREITOS INDIVIDUAIS DO MILITAR E CIDADÃO SUBORDINADO DO EXÉRCITO ESTÃO VINDO A TONA.

    Subtenente com prisões e detenções foi promovido ao QAO, após movimentação para o EME, mesmo tendo sido negada anulação de suas diversas punições, pelo Gabinete do Comandante do Exército.

    PARTE 1 ISSO NÃO É DE SE ESTRANHAR SENHORES – ARQUIVO X A VERDADE ESTÁ LÁ DENTRO –

    Há DÉCADAS QUE OS OFICIAIS E PRAÇAS DESLEAIS ATUAM ENGANANDO SEUS PARES.
    ONDE ESTÁ A CAMARADAGEM? ONDE ESTÁ A MORAL? FAZEM OPERAÇÕES GLO – GARANTIA DA LEI E DA ORDEM – DE QUEM? QUEM NÃO RESPEITA OS REGULAMENTOS E LEIS MERECE CREDIBILIDADE? E A ILEGALIDADE E CRIMES COMETIDOS?

    A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA TEM O DEVER DE OBEDECER A LEI E SE NÃO OBEDECE COMETE CRIME CONTRA SEUS ADMINISTRADOS, ISSO FATO??????????

    E QUEM É O RESPONSÁVEL POR TUDO ISSO QUE VEM OCORRENDO??????

    QUEM SÃO OS AUTORES DAS PRÁTICAS ILÍCITAS PARA QUE POSSAMOS ATRIBUIR AS RESPONSABILIDADES CIVIL, PENAL E ADMINISTRATIVA???????????
    ESTAMOS DIANTE DE UM QUADRO ONDE FALTAR COM A VERDADE NÃO É TRANSGRESSÃO DISCIPLINAR!!! POIS A MENTIRA ESTÁ PROVADA POR MEIO DE DOCUMENTOS!!!!!!
    A MENTIRA ESTÁ POR TODO LADO!!!!!! SIMULAM UM AMBIENTE DE LEGALIDADE!!!!!!! E EXISTE FRAUDE DE TODOS OS TIPOS!!!!! EXISTE A MÁ-FÉ, A DESÍDIA, A MÁ VONTADE, O DOLO, A PREVARICAÇÃO POR TODA PARTE QUE NÓS OLHAMOS!!!!!

    ESSA É A VERDADE

    SEMPRE CALCADA NUMA SUPOSTA LEGALIDADE NUM SUPOSTO PRINCIPIO DA DISCRICIONARIEDADE QUE TANTO ALEGAM, DA TAL CONVENIÊNCIA E OPORTUNIDADE!!! JARGÕES USADOS PELOS DESLEAIS PARA EMITIREM SEUS PARECES EIVADOS, APODRECIDOS, CORROMPIDOS, CONTAMINADOS, PERVERTIDOS, ETC ETC ETC……….

    A PALAVRA DISCRICIONARIEDADE NO EXÉRCITO É USADA PARA PRATICAR ILEGALIDADE!!!!!!!

    A NOTICIA DEMONSTRA QUE NUNCA HOUVE SERIEDADE NOS PROCESSOS DE PROMOÇÃO AO QAO QUE SEMPRE FORAM FRUTOS DO APADRINHAMENTO DAQUELES QUE SÃO ESCOLHIDOS POR QUE SEGUEM UMA REGRA DESLEAL!!!!!!!!

    REGRAS QUE NÃO ESTÃO PREVISTAS NOS REGULAMENTOS!!!!

    A PROMOÇÃO SEMPRE FOI POR ESCOLHA!!!!!!!!! NUNCA FOI POR MERECIMENTO!!!!!!!

    AINDA PERCEBEMOS A DISCRIMINAÇÃO E A PERSEGUIÇÃO DAQUELES
    QUE SE COMPORTAM DENTRO DOS PADRÕES ÉTICOS E MORAIS DESEJADOS PELO PROCESSO CIVILIZATÓRIO E LEGALISTA;

    AONDE O IMPEDIMENTO E NITIDAMENTE FOCADO NA PESSOALIDADE E TALVEZ O ÚNICO CRIME É SEREM INDIVÍDUOS QUE INCOMODAM PELOS SEUS TRAÇOS DE PERSONALIDADE E INTELIGÊNCIA;

    PUXA-SACO E INTELIGÊNCIA SÃO QUALIDADES QUE NÃO PODEM HABITAR NUM MESMO CORPO;

    OS MILITARES QUE SEGUIRAM SUA CARREIRA DE FORMA H O N E S T A POR SUA VEZ SEMPRE FORAM EXCLUÍDOS POR MEIO DE TRAPAÇAS, SEMPRE FORAM ENGANADOS POR MEIO DE PORCTARIAS ELABORADAS POR OFICIAIS E PRAÇAS DESLEAIS;

    SEGUNDO A MORAL INVERTIDA DOS OFICIAIS E DAS PRAÇAS DESLEAIS QUE SE UTILIZAM DE MANOBRAS E CRIAM ILICITUDES/CRIMES PARA FRAUDAR TODO O PROCESSO DE PROMOÇÃO

    ENCIMA DE UM ATO CONSIDERADO LEGAL NA SUA APARÊNCIA
    MAIS QUE PARA UMA PESSOA MEDIANA, DE MENTE AGUÇADA LOGO VÊ QUE EXISTE ILEGALIDADE OU PROCEDIMENTOS EIVADOS NUM TODO!!!!!!!!!

    “”””SE NÓS SOMOS NEUTROS DIANTE DE UMA SITUAÇÃO DE INJUSTIÇA
    NÓS ESTAMOS ESCOLHENDO O LADO DO OPRESSOR”””

    ESSA SEMPRE FOI A ESCOLHA DAS PRAÇAS DESLEAIS HOJE OFICIAIS DO QAO;

    SALVO AQUELES QUE NISSO NÃO SE ENCAIXAM, PORQUE TUDO NA VIDA TEM EXCEÇÃO OK!

    CHEFES INCOMPETENTES TÊM UM SUPERTIME DE PUXA-SACOS!!!

    É ISSO QUE SIMBOLIZA ESSE QUADRO DE OFICIAIS NA SUA GRANDE MAIORIA!!!!

    É REUNIÃO DOS PUXA-SACOS QUE APOIAM OS INCOMPETENTES DO EXÉRCITO!!!!!

    EXCETO AQUELES QUE POR JUSTA JUSTIÇA MERECEM NOSSO RESPEITO!!!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 26/03/2018 em 21:56
    Permalink

    Da nojo saber que ha QAO e pracas que defendem este processo de promocao CHEIO de ilegalidades. Puxam saco de oficiais que agem na ilegalidade. Oficiais que cobram o certo mais nao o fazem. Tomem vergonha na cara puxa saco, seja homem e tenha honra. Apoie militares de sua classe que sao injusticados, nao oficiais imorais.

    Resposta
  • 27/03/2018 em 13:34
    Permalink

    Conheço bem o caso do militar acima que foi promovido mesmo tendo tantas punições. A verdade é que se você tiver um QI será promovido, mesmo se for todo alterado. No caso em questão estava na DA Prom e soube que um general do EME foi interceder em favor do militar depois que ele fez um escândalo na seção onde trabalhava. Sobre a medalha do Pacificador, é uma vergonha como é conduzido o processo, pessoas recebem sem possuir os mínimos requisitos, geralmente são altas autoridades que o EB quer ter em suas mãos para manipular depois. O MPF precisa entrar no circuito urgentemente para apurar todo o processo de promoção. Precisamos de uma Lei que regulamente as promoções de praças até ao posto de capitão. Se ficar assim, por meio de portarias, os desmandos vão continuar, SOCORRO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL.

    Resposta
    • 27/03/2018 em 20:28
      Permalink

      Faça uma denuncia individual no MPF, mutos estão fazendo. Faça sua denuncia contra DAProm no link a seguir……………………………………………………………………………………………………..http://www.mpf.mp.br/para-o-cidadao/sac

      Resposta
  • 27/03/2018 em 18:35
    Permalink

    A DAProm é a vergonha da instituição.
    Temos que salvar o glorioso EB desse câncer.
    Como? Divulgando ao máximo todos os processos que ganharmos contra a DAProm e em defesa do Exército.

    Resposta
  • 30/03/2018 em 19:17
    Permalink

    Conheço um S Ten Com da turma de 88, Guerra na Selva, todo metido a poeta que é cheio de alterações: punições, envolvimento com alcoolismo, crime de trânsito e Maria da Penha e apesar disso tudo saiu promovido nas cabeças no QAM 02/2016. Essa é a “meritocracia” da DAProm!?!? Ahhhh…outro detalhe: servia em Santo Ângelo/RS, não sei se ainda serve lá !!!

    Resposta
  • 21/04/2018 em 13:36
    Permalink

    alguem poderia colocar o nome do promovido?? estão vendendo drogas no morro do jacaré… sujeito oculto…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.