Quebra da Hierarquia nas Promoções de Ingresso ao QAO

QUEBRA DOS PILARES BÁSICOS DAS FORÇAS ARMADAS – ‘Hierarquia e Disciplina’

Volvemos nossos olhos, para a gritante quebra da hierarquia militar, existente nas Promoções do Exército, quando é desrespeitada a Turma de Formação e, assim, militares de ano posterior, ultrapassa outro de turma anterior, o que se acentua com a falta de Promoções por Antiguidade ao Ingresso ao QAO – Quadro Auxiliar de Oficiais.

DISPOSITIVOS QUE FORAM VILIPENDIADOS

Constituição Federal de 1988 – http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

“Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

Estatuto dos MilitaresLei nº 6.880, de 9 de Dezembro de 1980

“Art. 14. A hierarquia e a disciplina são a base institucional das Forças Armadas. A autoridade e a responsabilidade crescem com o grau hierárquico.

  • A disciplina e o respeito à hierarquia devem ser mantidos em todas as circunstâncias da vida entre militares da ativa, da reserva remunerada e reformados“.

PORTARIA DO EXÉRCITO QUE FERE DE MORTE À HIERARQUIA MILITAR

PORTARIA Nº 243-EME, DE 21 DE JUNHO DE 2016

“Altera os art. 4º e 11 da Portaria nº 006-EME, de 9 de janeiro de 2015, que aprova o Processo de Ingresso e de Promoções no Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) e de Promoções de Subtenentes e Sargentos de Carreira, exceto os do Quadro Especial (QE).

“Art. 4º…………………………………………………………………………………………………………………..

  • 3º O graduado que for ultrapassado hierarquicamente por militar de outra turma passará a pertencer à turma:

I – do ultrapassante mais moderno; ou

II – imediatamente posterior à do ultrapassante mais moderno, quando este assinalar o fimda turma.

  • 4º O deslocamento do último componente de uma turma de formação, por melhoria ou

perda de sua posição hierárquica, decorrente de causas legais, acarretará, para o militar que o anteceda imediatamente na turma, a ocupação do fim da turma.

  • 5º O deslocamento que sofrer o graduado na escala hierárquica, em consequência de

tempo de serviço perdido, será consignado no Almanaque do Exército e registrado em folha de alterações, passando o militar a fazer parte da turma que lhe couber pelo deslocamento havido”.

 PORTARIAS, EM REGRA, ILEGAIS E A FALTA DE PROMOÇÕES POR ANTIGUIDADE AO INGRESSO AO QAO

Dos dispositivos citados, fica  demonstrado que há quebra da Hierarquia nas promoções de Subtenente ao QAO, com flagrante desrespeito a Constituição Federal e ao Estatuto dos Militares, especialmente por meio de Portarias, em regra, Inconstitucionais.

As Promoções de Ingresso ao QAO no Exército Brasileiro, ocorre com 100% das vagas somente por Merecimento, diferente das Promoções de Oficiais ao último posto (Coronel) que se dá por merecimento e antiguidade, fluxo esse normal e constante durante toda a Carreira dos Oficiais, respeitando assim, a Hierarquia e a Disciplina.

COMPARATIVO COM OS DISPOSITIVOS PARA ÀS PROMOÇÕES DE OFICIAIS

Passamos a observar alguns dispositivos que trata das Promoções de Oficiais. Inicialmente há de se observar à existência de Lei de Promoções aos Oficiais.

LEI Nr 5.821, DE 10 DE NOVEMBRO DE 1972.

                     “Dispõe sobre as promoções dos Oficiais da Ativa das Forças Armadas e dá outras providências.

Art 11. As promoções são efetuadas:

  1. a) para as vagas de oficiais subalternos (Tenentes) e intermediários (Capitães), pelo critério de antigüidade;
  2. b) para as vagas de oficiais superiores (Major, Tenente-Coronel e Coronel), pelos critérios de antiguidade e de merecimento, de acordo com uma proporcionalidade entre elas, estabelecida na regulamentação da presente lei para cada Força Armada”.

PORTARIA Nº 257-EME, DE 14 DE OUTUBRO DE 2015.

                   “Aprova o Processo de Promoções de Oficiais de Carreira (exceto do Quadro Auxiliar de Oficiais).

Art. 5º A ascensão na carreira do oficial deve ter como parâmetro o Tempo Médio de Permanência em cada posto, consideradas as Turmas, exceto para os oficiais do Quadro de Capelães Militares (QCM). As promoções aos postos de Major e Tenente-Coronel de uma determinada Turma serão feitas em 4 (quatro) etapas consecutivas, evitando-se que parcela de uma Turma seja ultrapassada por oficiais da Turma subsequente. Na promoção a Coronel poderão ocorrer ultrapassagens por oficiais de Turmas subsequentes em função dos reposicionamentos resultantes do trabalho intelectual da Comissão de Promoções de Oficiais (CPO) para a organização do Quadro de Acesso por Merecimento (QAM).

Art. 8º As promoções para os postos de oficiais subalternos e intermediários serão realizadas apenas pelo critério de antiguidade, de acordo com o art. 11 da Lei nº 5.821, de 12 de novembro de 1972 – LPOAFA.

Art. 9º As promoções aos postos de oficial superior serão realizadas por merecimento e antiguidade, tendo por base as vagas apuradas, obedecendo-se às proporcionalidades definidas no art. 37 do RLPOAFA”.

CONSIDERAÇÕES SOBRE A QUEBRA DA HIERARQUIA NAS PROMOÇÕES AO QAO

Observa-se que para os Oficiais não existe promoção somente por merecimento a qualquer posto, evitando assim uma total desmotivação, como ocorre com os Subtenentes com mais de 25 anos de serviço.

Os Oficiais possuem Lei de Promoções, enquanto às Praças são tratadas por Portarias, sem qualquer Segurança Jurídica, que mudam de tempo e tempo, a bel vontade de cada Chefe do EME e DGP, que via de regra, em muito prejudica às Promoções de Subtenentes e Sargentos.

ESDRÚXULA COMPARAÇÃO DAS PROMOÇÕES AO GENERALATO COM AS DE INGRESSO AO QAO

A comparação de Promoções ao Generalato com as de Ingresso ao QAO é de uma infelicidade e desconhecimento Institucional absurdo.

A iniciar às Promoções dos Generais se dá por ESCOLHA, enquanto às de Ingresso ao QAO, ocorre por MERECIMENTO.

Finalmente, não podemos apequenar o seleto grupo de Oficiais que podem ascender a General, com o fluxo normal da Carreira dos Sargentos até o Posto de QAO.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

50 comentários em “Quebra da Hierarquia nas Promoções de Ingresso ao QAO

  • 25/02/2018 em 15:31
    Permalink

    A canalhice, e a deslealdade que os oficiais do EB fazem com os subtenentes do Exército não da pra mensurar. Principalmente os Oficiais da DAProm e CPQAO…..trabalham na ilegalidade, fazendo um processo ilegitimo, cometendo crime militar…….mais o que é de vocês esta guardado……..Deus observa injustiças e pagara conforme seus feitos.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 15:48
    Permalink

    Praça não tem lei de promoções e nenhuma promoção de oficial a quaisquer posto é feita somente no merecimento……ha sempre uma porcentagem na antiguidade…………………porque pra 2 Ten QAO também não pode ter?

    Resposta
  • 25/02/2018 em 16:40
    Permalink

    As portarias que Quebra a Hierarquia são inconstitucionais pois ferem a Constituição e ilegais pois ferem o Estatuto dos Militares (Decreto). Perante a Hierarquia das Leis uma portaria não pode ir contra a Constituição e Estatuto dos Militares.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 17:25
    Permalink

    Eu era comandante de pelotão e no fanal de meus dias na caserna eu perdi o comando do pelotão para um um ex comandado meu da turma de 91, sendo que sou de 88. Fiz um DiEx e solicitei a publicação em Boletim, o sargenteante não queria publicar falou que eu estava me diminuindo perante a tropa… Mais publicou e hoje eu tenho uma cópia autenticada do boletim reservado que publicou a minha humilhação.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 17:28
    Permalink

    Vejamos o absurdo que é com as praças, haja visto que tal fato não acontece com os oficiais, pois possuem promoção tanto por antiqui dado como com merecimento e chegam até coronel.
    Muitos desses sem condições de executarem TAF, pois estão muito acima do peso.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 18:16
    Permalink

    Essa quebra de hierarquia não afeta somente os militares, mas também a família militar, quando o militar que era mais moderno passa a ser superior em reuniões sociais a uma visível humilhação quando querem saber o por que o marido não foi promovido se ele era mais antigo do que aquele que passou a ser superior como se aquele que não foi promovido tivesse cometido algo muito grave, o que acaba consequentemente afastando famílias militares para evitar tal constrangimentos. Sem contar que a hierarquia é um dos pilares de sustentação da instituição e com essas ilegalidades estão acabando com essa estrutura.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 18:19
    Permalink

    Praças e amigos dos praças, antes, algum tempo atrás, e r contamos com a justiça feita pelo Todo Poderoso, mas o próprio rei da justiça providenciou uma saída, abrindo os olhos de muitos subtenentes para enxergar a quebra de hierarquia, onde subtenentes mais modernos de 2, 3, 4 e até 5 turmas ou mais ultrapassam, passando a ser mais antigos. Sendo essa a primeira e como maior ilegalidade que acontece. Tem também a existência dessa Comissão de Promoções onde atua ilegalmente atribuindo pontos sem que tenha essa atribuição dada pelo Decreto Lei do QAO, e pior, fazendo isso de maneira obscura, pois não há transparência e nem publicidade para se saber quais os critérios e os pontos atribuídos a cada subtenente justificando a ultrapassagem de subtenentes de um QAM para outro. Isso se tornou através dos anos uma das maiores deslealdade e arbitrariedades que o EB comete na “calada” aumentando cada vez mais o número de sargentos e subtenentes desmotivados e revoltados com essa postura específica da Força para com eles. Parabéns ao Tenente Messias Dias que tem a coragem de denunciar essa sistemática de promoções injusta e desleal da Força!

    Resposta
  • 25/02/2018 em 21:19
    Permalink

    Os oficiais desonestos que compõem a CPQAO pagarão pelas ilegalidades cometidas, faremos a lava-jato da daprom É seus comparsas!

    Resposta
  • 25/02/2018 em 22:08
    Permalink

    Qualquer ato jurídico que não observa a transparência não pode ser considerado legítimo e legal. A CPQAO pode (e manipula?) manipular as promoções para favorecer os apadrinhados.

    Resposta
  • 25/02/2018 em 22:12
    Permalink

    As excelências militares deverão ter limites para expedir portarias, pois quando o MPF perceber estará feita a encrenca para os velhinhos estrelados.

    Responderão na reserva por improbidade administrativa e pagaram do bolso pelo seus descasos para com as leis.

    Resposta
  • 26/02/2018 em 01:02
    Permalink

    Já está mais do que na hora de uma revisão ética também na CPQAO. E Em todas as atividades militares. Pois somos a última força moral antes do caos. Portanto chega de hipocrisia!

    Resposta
  • 26/02/2018 em 01:28
    Permalink

    O Estatuto dos Militares (Lei 6.880/80) diz no art. 14 par. 1º que a hierarquia militar é a ordenação da autoridade e se faz por postos ou graduações. Diz também, no mesmo parágrafo, que ” O respeito à hierarquia é consubstanciado no espírito de acatamento à sequência de autoridade”. Se a sequencia da autoridade se inverte, quando por exemplo um Subtenente de turma mais moderna é promovido em detrimento de outro de turma mais antiga, a hierarquia estará sendo desrespeitada.

    Resposta
  • 26/02/2018 em 01:33
    Permalink

    A CPQAO não está apenas quebrando a hierarquia, mas também a disciplina, outro pilar das Forças Armadas. O Estatuto dos Militares (Lei 6.880/80) define disciplina no art. 14 par. 2º: “Disciplina é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis (…)”. Ora, se nós temos leis sendo vilipendiadas pela CPQAO, a começar pela lei maior – a Constituição – então podemos concluir que essa Comissão é INDISCIPLINADA…

    Resposta
  • 26/02/2018 em 08:44
    Permalink

    Entrem com processos pedindo que danos morais sejam cobrado dos agentes administrativos que cometeram erros administrativos (ilegais, como mostrados acima), isto é General do DGP, da DAProm e oficiais da CPQAO. (Lei nº 8.429, de 2 de junho de 1992.)

    Resposta
  • 26/02/2018 em 08:53
    Permalink

    Danos Morais contra os oficiais já falados em outra postagem – amparo também no Novo CPC, Inciso V do Art. 292.

    Resposta
    • 26/02/2018 em 10:37
      Permalink

      Complementando mais o danos morais……….Art. 186 c/c 927, tudo do código civil.

      Resposta
  • 26/02/2018 em 10:09
    Permalink

    A CPQAO age de forma fraudulenta dando pontos indevidos sem motivar faz uma lista de quem será promovido sem critério bem definidos nem mesmo no caso de empate nas pontuações se houvesse critério seria o da hierarquia e não os de turmas mais novas.
    Além de ilegal é criminosa pois macula o processo de promoção, quebrando o princípio fundamental da hierarquia

    Resposta
  • 26/02/2018 em 12:18
    Permalink

    Sempre achei a enorme quantidade de portarias do EB um absurdo. Nunca sabemos com certeza qual está valendo, ou se já foi revogada por outra. Não existe um site oficial que agregue todas as portarias por assunto. Agora posso perceber que essa “bagunça” é proposital, pois dificulta que juízes e promotores entendam a lógica de funcionamento da instituição, dificulta a fiscalização e mantém o status quo daqueles que burlam a lei.

    Resposta
  • 26/02/2018 em 13:24
    Permalink

    Meu amigo Messias, sou ST da QMS Topografia da Turma de 87, fui sempre promovido dentro da normalidade, até a graduação de ST, e pasmem, entrei 10 (dez) vezes no QA para promoçao ao QAO, do QA/02-12 até o QA 01-2017, fui pra reserva como ST, com muito orgulho e dignidade, vi companheiros até condenados, cumpriram a pena, claro, de turmas posteriores a minha, serem promovidos na minha frente. PODE ISSO ARNALDO!!!

    Resposta
  • 26/02/2018 em 13:56
    Permalink

    Depois de uma vida inteira dedica a instituição EB, as praças ficam sob o jugo de portarias editadas a bel prazer pelos ‘doutores da lei”, com o intuito de manter o controle sobre as massas, fazendo parecer que a promoção a 2º Tenente QAO é tão somente um premio que seria dado a poucos, daí o termo quadro de acesso por MERECIMENTO, mas os critérios para tal promoção são totalmente obscuros e não seguem nenhuma lei, ficamos totalmente a mercê de nossos comandantes e só temos uma maneira de reagir…JUSTIÇA NELES

    Resposta
  • 26/02/2018 em 14:03
    Permalink

    O EB conta com a confiança da sociedade civil porque os “podres” da caserna ainda não foram difundidos. A CPQAO é um desses “podres”, sua função é promover os apadrinhados e não deixar que sejam promovidos aqueles que batem de frente contra a corrupção e os desmandos nos quartéis.

    Resposta
  • 26/02/2018 em 14:09
    Permalink

    Praças e amigos dos praças, antes, algum tempo atrás, e ainda hoje contamos com a justiça feita pelo Todo Poderoso, mas o próprio rei da justiça providenciou uma saída, abrindo os olhos de muitos subtenentes para enxergar a quebra de hierarquia, onde subtenentes mais modernos de 2, 3, 4 e até 5 turmas ou mais ultrapassam os mais antigos, passando a ser mais antigos. Sendo essa a primeira e maior ilegalidade que acontece. Tem também a existência dessa Comissão de Promoções com critérios obscuros, onde atua ilegalmente atribuindo pontos sem que tenha essa atribuição dada pelo Decreto nº 90.116, de 29 AGO 1984, e pior, fazendo isso de maneira covarde e desleal, pois não há transparência e nem publicidade para se saber quais os critérios e os pontos atribuídos a cada subtenente justificando a ultrapassagem de subtenentes de um QAM para outro. Isso se tornou através dos anos uma das maiores deslealdades e arbitrariedades que a cúpula do Exército Brasileiro comete na “calada” aumentando cada vez mais o número de sargentos e subtenentes desmotivados, descrentes e revoltados com a Instituição por causa dessa postura específica da Força para com eles. Parabéns ao Tenente Messias Dias que tem a coragem de denunciar essa sistemática de promoções injusta e desleal da Força!

    Resposta
  • 26/02/2018 em 17:07
    Permalink

    Entao se eu sou da turma, um exemplo, de 1987 e sou ultrapassado pela turma de 19911 vou pertencer a esta turna? E o concurso que eu prestei, serve pra que? Entao se eu passar a pertencer a turma de 1991 meu tempo de Sv vai contar a partir de 1991? E simplesmente ridiculo. Como tomam uma medida dessa. Sao totalmente fora de orbita quem fez isso. Umacabeça pensante dessa deveria estar na NASA e nao no EB

    Resposta
  • 26/02/2018 em 17:45
    Permalink

    Oficiais da Aman vão até capitão apenas por antiguidade são promovidos Somente por antiguidade
    Oficiais temporários são promovidos somente por antiguidade (TEM ESTUDO PARA CHEGAREM ATÉ CAPITÃO);

    Resposta
  • 26/02/2018 em 18:04
    Permalink

    SÉRIE – O LADO NEGRO DA FORÇA
    OS SUBTENENTES ESTÃO REVESTIDOS DOS MESMOS REQUISITOS DE INDIVÍDUOS QUE VEM DA AMAM E DOS TEMPORÁRIOS (FILHOS DOS CORONÉIS – PEIXES: TAINHA BAIACU BAGRE ENSABOADO FILHOS DE JUÍZES PROMOTORES – O AQUÁRIO É GRANDE – NEPOTISMO CRUZADO – ETC, ETC, ETC), OU SEJA, TODOS TEM UMA FORMAÇÃO MILITAR (VISÃO GERAL – NÃO VAMOS ENTRAR NO MÉRITO);
    ASSIM TODOS SÃO MILITARES EXERCEM ATIVIDADE MILITAR;
    NESSE SENTIDO NÃO PODE HAVER DISTINÇÃO OU DISCRIMINAÇÃO – MAIS É EXATAMENTE O QUE OCORRER – EXISTE UMA DISTINÇÃO O QUE É PROIBIDO NA CONSTITUIÇÃO;

    Resposta
  • 26/02/2018 em 18:21
    Permalink

    SÉRIE – O LADO NEGRO DA FORÇA
    O SUBTENENTE PARA EXERCER O MESMO CARGO/ FUNÇÃO QUE OS OFICIAIS DA AMAN VÃO GALGANDO AO LONGO DO TEMPO E OS TEMPORÁRIOS TAMBÉM – REPITO, DIGO NOVAMENTE, OUTRA VEZ….
    SÃO PROMOVIDOS SOMENTE POR ANTIGUIDADE
    POR ANTIGUIDADE (PROMOÇÃO POR ANTIGUIDADE)
    NO ENTANTO NÓS NOS DEPARAMOS COM A IMPOSIÇÃO DO MUNDO DOS DEVAS TERRENOS DO “EB AMERICANO BRASILEIRO”
    COM SUA PRINCIPAL “””BASE ESTRELAR””” EM BRASILIA OBRIGA O SUBTENENTE A REGRA DE DISTINÇÃO QUE É PROIBIDA NA CONSTITUIÇÃO – REGRA TRABALHISTA – INTERPRETAÇÃO EXTENSIVA!!!!!!!!!!!
    O SUBTENENTE É TRATADO DE FORMA DISTINTA PARA SER PROMOVIDO É OBRIGADO A ACEITAR O ARBITRIO E AS IMPOSIÇÕES ESTABELECIDAS POR HOMENS QUE DIZEM RESPEITAR A HIERARQUIA E DISCIPLINA;
    Art. 8o A disciplina militar é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever por parte de todos e de cada um dos componentes do organismo militar!!!!!!!!!!!! RDE DEC 4346.
    SÃO DESOBEDIENTES MAIS COBRAM OBEDIÊNCIA!!!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 26/02/2018 em 19:33
    Permalink

    SÉRIE – O LADO NEGRO DA FORÇA

    EM ALGUM LUGAR DA GALÁXIA – ADEBARAN “””UMA DAS BASES ESTRELAR””” do
    “””EB AMERICANO BRASILEIRO”””
    O SUBTENENTE NATIONAL KID PRECISA VIVER E CONVIVER COM OS INCAS VENUSIANOS (ESSES SERES SÃO DE OUTRA DIMENSÃO MAIS SÃO MUITO PARECIDOS COM OS DONOS DE ENGENHO DE CANA DE AÇUCAR);
    OS INCAS VENUSIANOS CONTROLAM TUDO MAIS NÃO SABEM NADA FAZEM TUDO DE QUALQUER JEITO E O SUBTENENTE NATIONAL KID FICA PUTO MAIS TEM QUE FICAR QUIETO DIANTE DAS ILEGALIDADES;
    A CARREIRA, VIDA, PROMOÇÃO, TUDO DO SUBTENENTE NATIONAL KID
    NÃO ESTÁ NO QUE A LEI DIZ OU DISPÕE
    ESTÁ NAS MÃOS DOS INCAS VENUZIANOS QUE NORMALMENTE ATUAM AS OCULTAS, NOS BASTIDORES (OBJETIVO: DERRUBAR PROCESSOS NA JUSTIÇA DO SUBTENENTE NATIONAL KID – SABEM QUE SÃO MUITOS OS CRIMES POR ISSO FAZEM LOBBY – SÓ GANHAM NA CORVADIA), SO ATACAM EM REDE PARECE INTERNET A MELHOR DEFINIÇÃO É ESSA REDE;
    TAMBÉM POR MEIO DE POR©TARIAS E ATOS ILICITOS SEM DIZER DA IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA ARTIGO 11 LEI 8429;
    QUE COISA!!!!
    EU CONHEÇO O NATIONAL KID ELE LUTA CONTRA OS INCAS VENUSIANOS JÁ A UM TEMPÃO;
    MAIS ELE PRECISA VIVER E CONVIVER COM INCAS VENUZIANOS PARA SUPOSTAMENTE MERECER A CHAMADA PROMOÇÃO POR MERECIMENTO AO QAO;
    O QUE É MENTIRA A PROMOÇÃO A QAO É POR ESCOLHA ESSA É A VERDADE;
    E O MAIS GRAVE SE UTILIZAM DE FIM PROIBIDO EM LEI, OU MELHOR, PROIBIDO NA CF/88
    NÃO OBEDECEM A CONSTITUIÇÃO.
    QUE COISA!!!!
    E FAZEM OPERAÇÕES GLO (GARANTIA DA LEI E DA ORDEM) QUE COISA!!!!
    MAIS PRATICAM ILEGALIDADE E NÃO OBEDECEM A CONSTITUIÇÃO. “THE TRUMAN SHOW”
    (Vida de Truman Burbank, um homem que não sabe que está vivendo numa realidade simulada)
    PORTANTO ESTAMOS DIANTE DE UMA DESOBEDIÊNCIA AO QUE ESTÁ PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO
    DIREITO DO TRABALHO COMPARADO
    XXXII – proibição de distinção entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os profissionais respectivos; CF/88
    XXXIV – igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente (CARREIRA) e o trabalhador avulso (TEMPORÁRIO). CF/88
    OBSERVAÇÃO: INCAS VENUSIANOS – YOUTUBE

    Resposta
  • 26/02/2018 em 20:59
    Permalink

    SÉRIE – O LADO NEGRO DA FORÇA

    O QUE OCORRER NAS PROMOÇÕES A QAO É UMA NÍTIDA FORMA DE DISCRIMINAÇÃO PRATICADA PELO CMDO QUE SE UTILIZA: DA DESONESTIDADE – DA PARCIALIDADE – DA ILEGALIDADE E ATÉ MESMO DA FALTA DE LEALDADE PARA COM AS INSTITUIÇÕES DO PAÍS;
    TEMOS COMO EXEMPLO OS MILITARES QUE RECORREM AO JUDICIÁRIO, AONDE O CMDO (Diretorias/OMs em geral – REDE REDE REDE)
    QUANDO TOMAM CONHECIMENTO DO FATO PASSAM A UTILIZAR TODOS O MEIOS LICITOS E PRINCIPALMENTE ILICITOS PARA NEUTRALIZAR O MILITAR; JUÍZES AJUDAM PROMOTORES TAMBÉM

    EM ALDEBARAN OS PROMOTORES MILITARES E FUNCIONÁRIOS USAVAM A “””BASE ESTRELAR””” DE ESTACIONAMENTO (VAGAS CATIVAS) E TINHAM A DISPOSIÇÃO “”SS”” PARA FAZER O TRABALHO DE LAVA-RÁPIDO (COM SHAMPOO)

    INTERFEREM NOS PROCESSOS E É COMUM EXISTIR MUITAS DAS VEZES CONIVÊNCIA DO PARQUET MILITAR E FEDERAL – DOS JUÍZES Auditores e federais TAMBÉM (MEDALHAS; FAVORES; DIPLOMA DE AMIGO ETC)

    EM ALDEBARAM UM ORÁCULO ME MOSTROU QUE CADA REGIÃO MILITAR TEM 2 (DOIS) PROCURADORES DA AGU A DISPOSIÇÃO SO PARA ANALISAR REQUERIMENTOS E ACOMPANHAR OS PROCESSOS DE PRAÇAS
    VEJAM SÓ A DISPOSIÇÃO DO CMDO (ISSO É PORQUE AS ASSESSORIAS NÃO PODEM EXERCER ESSE PAPEL “JURÍDICO” MAIS ELES DÃO APARÊNCIA DE LEGALIDADE A UMA ILEGALIDADE)
    O ORÁCULO DE DELFOS DISSE QUE ELES FAZEM ISSO PARA GARATIR OS DIREITOS DO MILITAR
    E QUE TAL SISTEMA FOI CÓPIADO DO CÓDIGO DE HAMURABI INCLUSIVE É USADO NAS AUDITORIAS PRINCIPALMENTE CONTRA PRAÇAS;
    QUE COISA NÃO!!!!!!!!
    ISSO SENHORES NÃO É INTERESSANTE?????
    2 (DOIS) PROCURADORES DA AGU A DISPOSIÇÃO
    QUE COISA!!!!

    É COMUM PRATICAREM ATO VISANDO FIM PROIBIDO EM LEI OU REGULAMENTO OU AINDA DIVERSO DAQUELES PREVISTOS EM PORTARIAS OU ADENTRANDO A PRÓPRIA REGRA DE COMPETÊNCIA
    É CONSENSO GERAL QUE EXISTE ILEGALIDADE
    E ONDE EXISTE ILEGALIDADE EXISTE VIOLAÇÃO DE DIREITOS E GARANTIAS INDIVIDUAIS CONSTITUINDO TAL SITUAÇÃO FATO TÍPICO PREVISTOS NAS NORMAS PENAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    CRITÉRIOS DIFERENTES E ILEGAIS PARA INDIVÍDUOS QUE EXERCEM A MESMA ATIVIDADE/FUNÇÃO, ou seja, MILITAR;
    Todos são militares – A OBRIGAÇÃO A CUMPRIR, PAPEL A DESEMPENHAR É O MESMO.
    NESSE SENTIDO O QUE OCORRE E FORMA VELADA DE DISCRIMINAÇÃO CONTRA OS SUBTENENTES NO BÁSICO PARA COMEÇAR FERINDO O PRINCÍPIO DA IGUALDADE E DA LEGALIDADE

    DIREITO DO TRABALHO COMPARADO
    XXXII – proibição de distinção entre trabalho manual, técnico e intelectual ou entre os profissionais respectivos; CF/88
    XXXIV – igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente (CARREIRA) e o trabalhador avulso (TEMPORÁRIO). CF/88

    SEM DIZER DOS ATOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA QUE ATENTAM CONTRA OS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO ;
    ARTIGO 11 LEI 8429:
    Seção III
    Dos Atos de Improbidade Administrativa que Atentam Contra os Princípios da Administração Pública
    Art. 11. Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições, e notadamente:
    I – praticar ato visando fim proibido em lei ou regulamento ou diverso daquele previsto, na regra de competência;
    II – retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício;
    ………………………………………………………………………………………….
    IV – negar publicidade aos atos oficiais;
    …………………………………………………………………………………………..
    VI – deixar de prestar contas quando esteja obrigado a fazê-lo;
    ……………………………………………………………………………………………
    IX – deixar de cumprir a exigência de requisitos de acessibilidade previstos na legislação.

    AS PROMOÇÕES DE OFICIAS DA AMAN SÃO POR ANTIGUIDADE ATÉ CAPITÃO
    A PROMOÇÃO DE OFICIAIS TEMPORÁRIOS SÃO POR ANTIGUIDADE

    SOMENTE O SUBTENENTE É PROMOVIDO POR ESCOLHA.
    JAMAIS FOI POR MERECIMENTO!!!!!!
    TODO O PROCESSO DE PROMOÇÃO É ILEGAL
    E É FLAGRANTE A OCORRÊNCIA DE FATO TIPICO

    A DESOBEDIÊNCIA DE QUALQUER DOS PRINCÍPIOS ACIMA CITADO É CRIME PORQUE A LEI REPRODUZ O QUE ESTÁ ESCRITO NA CONSTITUIÇÃO;

    O INCISO II NOS TEMOS O CRIME DE PREVARICAÇÃO QUE COISA!!!!! SERÁ QUE ISSO ACONTECE QUANDO ELES NÃO CUMPREM OS PRAZO???????

    OU QUANDO NÃO RESPONDEM OU NÃO DÃO SOLUÇÃO AOS REQUERIMENTOS OU PEDIDOS?????? QUANDO ENGAVETAM REQUERIMENTOS???? QUANDO SOMEM COM O DOCUMENTO E MANDAM VC FAZER DE NOVO E PROTOCOLAR?????
    SERÁ QUE NEGAM INFORMAÇÃO???? ELES PRESTAM CONTAS DAS AÇÕES DELES NOS PROCESSOS DE PROMOÇÃO????? TEM MILITAR QUE PEDE ATA DE REUNIÃO RELATÓRIO E NÃO RECEBE NADA, NÃO É UMA COMISSÃO????? ENTÃO TEM DE TER ATA TEM DE TER RELATÓRIO!!!!! E AÍ COMO FICA ESSA SITUAÇÃO CRIME EXERCÍCIO ARBITRÁRIO DAS PRÓPRIAS RAZÕES EM TESE PORQUE FAZEM O QUE BEM ENTENDEM AS PORTAS FECHADAS!!!! ELES ATENDEM AOS REQUISITOS DA LEGISLAÇÃO???? CLARO QUE NÃO???? ELES DÃO PUBLICIDADE???? CLARO QUE NÃO É TUDO OBSCURO NÃO EXISTE TRANSPARÊNCIA!!!!!! FAZEM TUDO DE FORMA ILÍCITA PREMEDITADA INTENCIONAL.

    PORTANTO SÃO ATOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA QUE ATENTAM CONTRA OS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

    IMPROBIDADE NÃO É SÓ ENRIQUECER ILICITAMENTE NÃO
    É TAMBÉM DEIXAR DE FAZER O QUE A LEI MANDA O QUE A LEI DETERMINA
    PRINCIPALMENTE QUANDO NÃO RESPEITA A CONSTITUIÇÃO QUE ELES TANTO FALAM UTILIZANDO OS PRINCÍPIOS DA CONVENIÊNCIA E DA OPORTUNIDADE E A DISCRICIONARIEDADE MAIS NENHUM DESSES ESTÃO ACIMA DOS PRINCÍPIOS DESCRITOS NA LEI 8429 ARTIGO 11 E NEM DOS MESMOS PRINCÍPIOS QUE REGEM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – NÃO PASSAM DE DEMAGOGIA OS PARECERES DAS ASSESSORIAS JURÍDICAS
    ASSIM INCORRE O AGENTE PÚBLICO NO CRIME DE DESOBEDIÊNCIA
    Dos Atos de Improbidade Administrativa que Atentam Contra os Princípios da Administração Pública
    O AGENTE PÚBLICO COMETE IMPROBIDADE TAMBÉM POR DESOBEDECER A LEI NÃO PRECISA PEGAR DINHEIRO

    POR ESTAR IRREGULARMENTE EXERCENDO FUNÇÃO PARA QUAL NÃO FOI NOMEADO CONSTA UMA PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO OFICIAL UNIÃO PARA UM DETERMINADO MILITAR EXERCER CARGO COMUM E QUANDO VC VAI VER ELE ESTA EXERCENDO CMDO SEM RESPALDO LEGAL NO DIÁRIO OFICIAL DIZ UMA COISA E NA PRATICA FAZ OUTRA;

    SINTA QUE A LEI NÃO É OBEDECIDA PELO LADO NEGRO DA FORÇA!!!!!!!!!!!

    Resposta
  • 26/02/2018 em 22:37
    Permalink

    A Comissão de promoção a QAO age de forma fraudulenta dando pontos indevidos sem motivar faz uma lista de quem será promovido sem critério bem definidos nem mesmo no caso de empate nas pontuações se houvesse critério seria o da hierarquia e não os de turmas mais novas.
    Além de ilegal é criminosa pois macula o processo de promoção, quebrando o princípio fundamental da hierarquia

    Resposta
  • 27/02/2018 em 07:12
    Permalink

    E quando sua turma (1991) ultrapassou a turma de 1990 na promoção à graduação de 2° Sgt, sendo você um dos beneficiados; Você ficou quieto porquê????

    Resposta
      • 07/03/2018 em 21:05
        Permalink

        Você, que não tem honra pois não se identifica e ataca as pessoas no anonimato, está explicado, caso não tenha sido promovido, um dos motivos…
        Não merece envergar a fada verde oliva, deveria ser expulso da fileiras do exército…
        Seja homem uma vez na vida e se identifique.

        Resposta
        • 08/03/2018 em 07:01
          Permalink

          kkkkk…………..vai me punir? você é QAO? sabia que sua promoção e ilegitima ? Já que a DAProm não observou as leis no processo ela é !!!!

          Resposta
          • 08/03/2018 em 11:43
            Permalink

            Não é questão de se punir é apenas questão de honra. Mas como você vai entender se você não tem?
            Paciência, fique no anonimato e permaneça sem honra…

          • 08/03/2018 em 14:42
            Permalink

            Caro Ten QAO, lhe garanto que tenho mais honra que muito militar envolvido no processo de promoção a QAO Alessandro Fortes Bustamante Sá. Não me exponho pois sou sábio, não imprudente de expor meu nome como você o faz. no Exército só existem superiores vingativos, mesmo quando não tem razão fazem o mau a seus subordinados. Me admiro muito você ser contra alguém de sua classe, ao invés de ajudar, quer criticar, como o fez criticando o Ten Messias Dias, ele deu a cara pra bater, ajudou e abriu os olhos de muitos de nossa classe. Acha certo um Subtenente de 87, 88, 89 não ser promovido mais você ser ? onde esta a Hierarquia que tantos cobram? sei que você estaria pronto pra cobrar a Hierarquia de mim !!!! Mais o EB feriu a Hierarquia de Morte !!!!

          • 08/03/2018 em 18:19
            Permalink

            Só fica no anonimato quem comete crime ou humilha outras pessoas, porque só tem coragem para cometê-los no anonimato… Isso não é ser sábio e nem prudente e sim desonesto e desonrado, com os outros e consigo mesmo. Quando não estamos fazendo nada de errado não temos motivo para permanecer no anonimato.
            Sobre ser contra alguém de minha classe, isso não é verdade, sou contra a hipocrisia pois, quando o mesmo foi beneficiado na promoção à 2º Sgt ficou quieto e feliz pela quebra de hierarquia, mas quando o mesmo foi preterido na promoção à 2º Ten (palavras dele em vídeo exposto no youtube) ficou com raiva e fez um barulho infernal. Aqui vou te ensinar mais uma virtude que prezamos nas Forças Armadas, a Ética…
            Minha crítica foi feita ao Ten Messias por causa de sua hipocrisia e falta de ética e não contra a sua pessoa, então não consigo entender, até agora, o motivo que o levou a me chamar de babão sendo que não tratei com você, a não ser que você seja o Ten Messias, é isso?

          • 08/03/2018 em 19:08
            Permalink

            Para termina a discussão contigo, pois não sou o Messias Dias…….o EB (Oficiais) não tem Ética com seus Subtenentes.

  • 27/02/2018 em 16:15
    Permalink

    SÉRIE – ARQUIVO X –
    A VERDADE É SÓ DELES E ESTÁ LA DENTRO
    PRAÇA NÃO FALA A VERDADE E TEM CARÁTER DUVIDOSO
    ARTIGOS TIRADOS DO RDE DEC 4346
    Art. 8o A disciplina militar é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever por parte de todos e de cada um dos componentes do organismo militar.
    § 1o São manifestações essenciais de disciplina:
    I – a correção de atitudes;
    II – a obediência pronta às ordens dos superiores hierárquicos;
    III – a dedicação integral ao serviço; e
    IV – a colaboração espontânea para a disciplina coletiva e a eficiência das Forças Armadas.
    § 2o A disciplina e o respeito à hierarquia DEVEM ser mantidos permanentemente pelos militares na ativa e na inatividade.
    REFLEXÃO:
    VEJAM O QUE O PARAGRAFO DIZ “”VERBO – DEVEM””, OU SEJA, NÃO ESTA FALCULTANDO, NÃO ESTÁ DANDO LIBERDADE PARA QUALQUER UM CHEGAR E FAZER O QUE BEM ENTENDE;

    É UM DEVER E PRONTO;
    SE VC FAZ O CONTRÁRIO NÃO ESTÁ CUMPRINDO O QUE A LEI DETERMINA
    NÃO ESTÁ CUMPRINDO O SEU DEVER!!!!!

    ENTÃO ESTAMOS DIANTE DE UM DESOBEDIENTE – É UMA ILEGALIDADE

    SE HUGUINHO, ZEZINHO, LUIZINHO, PATO DONALD E INCLUSIVE A DUMBELA PATO (IRMÃ DO DONALD QUE NÃO PODE TIRAR SERVIÇO , NÃO PODE MARCHAR NO SOL, TEM ATÉ TAF DIFERENCIADO ETC ETC ETC – PELO MENOS EM ALDEBARAN), TODOS TEM O DEVER DE RESPEITAR A HIERARQUIA SEJAM MILITARES ATIVOS E INATIVOS

    ENTÃO O PROFESSOR LUDOVICO DO EME QUE ASSINOU A PORTARIA ABAIXO (243) ESTÁ
    D E S R E S P E I T A N D O A HIERARQUIA !!!!!!
    INDO CONTRA O REGULAMENTO , OU SEJA, ESTÁ DEIXANDO DE CUMPRIR SEU DEVER!!!!!!!!!!!!!!
    ISSO PARECE TRANSGRESSÃO DISCIPLINAR
    QUE COISA!!!!!! É NECESSÁRIO UMA ENQUETE SIM OU NÃO ???????????
    QUE COISA!!!!
    VEJAM LOGO APÓS TEXTO DA PORTARIA
    O QUE DIZ ARTIGO 8º E O ARTIGO 14 DO DECRETO 4346 RDE

    PORTARIA DO EXÉRCITO QUE FERE DE MORTE À HIERARQUIA MILITAR
    PORTARIA Nº 243-EME, DE 21 DE JUNHO DE 2016
    “Altera os art. 4º e 11 da Portaria nº 006-EME, de 9 de janeiro de 2015, que aprova o Processo de Ingresso e de Promoções no Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) e de Promoções de Subtenentes e Sargentos de Carreira, exceto os do Quadro Especial (QE).
    “Art. 4º…………………………………………………………………………………
     3º O graduado que for ultrapassado hierarquicamente por militar de outra turma passará a pertencer à turma:
    I – do ultrapassante mais moderno; ou
    II – imediatamente posterior à do ultrapassante mais moderno, quando este assinalar o fimda turma.
    JÁ ESTAVA LÁ EM CIMA SO REPETI
    Art. 8o A disciplina militar é a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever por parte de todos e de cada um dos componentes do organismo militar.
    CAPÍTULO II
    DAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES
    Seção I
    Da Conceituação e da Especificação
    Art. 14. Transgressão disciplinar é toda ação praticada pelo militar CONTRÁRIA AOS PRECEITOS ESTATUÍDOS no ORDENAMENTO JURÍDICO PÁTRIO (NÃO É UM DECRETO????) ofensiva à etica, aos DEVERES e às obrigações militares, mesmo na sua manifestação elementar e simples, ou, ainda, que afete a honra pessoal, o pundonor militar e o decoro da classe.
    § 1o Quando a conduta praticada estiver tipificada em lei como crime ou contravenção penal, não se caracterizará transgressão disciplinar.

    AI FICA A ENQUETE SE HOUVE OU NÃO TRANSGRESSÃO DO MILITAR QUE ASSINOU ESSA PORTARIA

    JÁ DIGO O VOTO DO SUBTENENTE NATIONAL KID:
    NÃO É TRANGRESSÃO DISCIPLINAR
    SABEM O PORQUÊ????????

    POR CAUSA DA INCOSNTITUCIONALIDADE INSITA DO ARTIGO PRIMEIRO DO DECRETO 4.346 – RDE

    ÍNSITA – QUE É CARACTERÍSTICO, PARTICULAR OU FUNDAMENTAL A, UMA PESSOA OU COISA OU GRUPO; INERENTE.
    INSERIDA SÓ PARA AS PRAÇAS;

    ART. 1O O REGULAMENTO DISCIPLINAR DO EXÉRCITO (R-4) TEM POR FINALIDADE ESPECIFICAR AS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES E ESTABELECER NORMAS RELATIVAS A PUNIÇÕES DISCIPLINARES, COMPORTAMENTO MILITAR DAS PRAÇAS, RECURSOS E RECOMPENSAS.

    INCONSTITUCIONAL PORQUE SO FAZ MENÇÃO AS PRAÇAS APENAS!!!!!!
    O RDE NÃO FALA NADA EM RELAÇÃO AOS OFICIAIS DO EXERCITO?????????
    OS OFICIAIS NÃO TEM COMPORTAMENTO!!!!!!!

    OS OFICIAIS TEM CONCEITO MORAL!!!!!! VEJAM A LEI DE PROMOÇÕES DOS OFICIAIS!!!!

    MAIS PARA EFEITOS JURÍDICOS É NECESSARIO EQUIPARAR AMBAS AS EXPRESSÕES, OU SEJA, CONCEITO MORAL É IGUAL A COMPORTAMENTO;

    MAIS É A PRAÇA O ÚNICO QUE SOFRE AS MAZELAS DAS MUDANÇAS DE COMPORTAMENTO COMO FORMA DE PENA VELADA – PUNIÇÃO;

    OFICIAL PODE FAZER O QUE “”””””QUIzsER (……)”””””QUE ELE TEM CONCEITO MORAL E NÃO COMPORTAMENTO!!!!!!! QUE COISA!!!!!!!

    INTERESSANTE VCS NÃO ACHAM!!!!!!!!!
    SÓ A PRAÇA SOFRE MUTAÇÃO!!!!!! QUE COISA!!!!!!!!!

    O RDE NÃO CITA OS OFICIAIS NÃO FAZ MENÇÃO – ENCONTRAMOS A EXPRESÃO OFICIAIS EM QUESTÕES PONTUAIS FAVORÁVEIS – ALGO RELATIVO A OFICIAIS NO REGULAMENTO FAVORECE;

    NA VERDADE O FOCO E A PRAÇA!!!!!!!!!!!!!!!!!!! MATÉRIA QUE NECESSITA DE REVISÃO
    ART. 1O O REGULAMENTO DISCIPLINAR DO EXÉRCITO (R-4) TEM POR FINALIDADE ESPECIFICAR AS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES E ESTABELECER NORMAS RELATIVAS A PUNIÇÕES DISCIPLINARES, COMPORTAMENTO MILITAR DAS PRAÇAS, RECURSOS E RECOMPENSAS.

    O ARTIGO 1º É INCONSTITUCIONAL FAZ MENÇÃO APENAS AS PRAÇAS!!!!!!

    Resposta
  • 27/02/2018 em 16:16
    Permalink

    É desmotivante um subtenente chegar ao fim de carreira e se deparar com um quadro destes. Onde muitos são favorecidos em detrimento de outros. Não é o favorecimento em si que conta. É a quebra da hierarquia e da disciplina em sua forma mais grave. Elas são pilares do Exército totalmente desrespeitados no que tange às promoções.

    Pela análise do artigo, para os oficiais há dois pesos e duas medidas. Por que a legislação os favorece no que diz respeito a manutenção de suas promoções? É sabido que somos de círculos hierárquicos distintos, mas a medida tem que ser uma só.

    Repugnante a atuação da CP-QAO.

    Parabéns pela esclarecedora matéria.

    Resposta
  • 27/02/2018 em 20:57
    Permalink

    SÉRIE – A JUSTIÇA É CEGA
    DIZEM!!!!!! MAIS ENXERGAM EM 99,9999999 NA DIREÇÃO DOS INCAS VENUSIANOS
    EM UM DOS PERGAMINHOS
    ENCONTREI ISSO:
    EXCERTOS RETIRADOS DE UM PERGAMINHO DE PERO VAZ DE CAMINHA!!!!

    UM HC CONTRA ATO DE UM INCA VENUSIANO
    (TRF 2ª Região – 2ª Turma – HC 2000.02.01.050841-3/ RJ – DJ: 19/06/2001 – unânime)
    PARA REFLEXÃO DE QUE A HIERARQUIA É VITAL PARA OS INCAS VENUSIANOS AJUDADOS POR INTRAGRANTES DA CONSTELAÇÃO DE DRACO

    (OS DRACONIANOS SÃO REPTÉIS UM TIPO DE LAGARTO QUE TEM TEMPERATURA CORPORAL QUE VARIA – ASSIM AS DECISÕES DELES NÃO SÃO UNIFORMES CADA UM DECIDE DO SEU JEITO – DEPENDE DA TEMPERATURA – SEMPRE FAVORECENDO ALGUÉM)

    DEPOIS EM OUTRO MOMENTO EU DIGO QUEM SÃO OS DRACONIANOS E OS PRINCIPAIS TIPOS OK

    ENTÃO VEJAMOS O PERGAMINHO:
    FRAGMENTO 1

    Em sede de lesão ou ameaça aos bens jurídicos HIERARQUIA e a DISCIPLINA, bem como à ORDEM ADMINISTRATNA – critério ratione materiae – a conduta restará alcançada por lei militar, de natureza especial- critério ratione legis, cumprindo a Justiça Militar conhecer e apreciar a respectiva pretensão punitiva estatal.

    Descabidas, portanto, ações que objetivem permitir a Justiça Comum (Federal ou Estadual) imiscuir-se em questões de cunho eminentemente militar, adentrando no mérito da transgressão disciplinar.

    OBSERVAÇÃO:
    OS DRACONIANOS TEM UM DIALETO PRÓPRIO O JUS ENRROLANDI, OU SEJA, ELES TE ENGANAM INVERTENDO O SIGNIFICADO DAS FRASES, ORAÇÕES, PALAVRAS E TUDO MAIS QUE VC POSSA IMAGINAR PARA INVERTER A VERDADE;

    PARA VC COMEÇAR A ENTENDER O DIALETO VC TEM DE LER O LIVRO MAIS IMPORTANTE
    A BÍBLIA SATÂNICA DE ANTON LAVEY

    AI VC VAI COMEÇAR A ENTENDER

    VOLTANDO AO FRAGMENTO 1
    Agora veja se a HIERARQUIA e a DISCIPLINA SÃO BENS JURÍDICOS OS SUBTENENTES E TODOS OS MILITARES TEM UMA PARCELA DESSES BENS, OU SEJA, UM PEDACINHO DE HIERARQUIA E DISCIPLINA, NÃO É? SENÃO VC NÃO MANDA EM NADA

    COMO QUE SE EXPLICA ISSO QUE PARA F(……) O PRAÇA NO HC (LOGO ABAIXO) A HIERARQUIA E DISCIPLINA SÃO ESSENCIAIS SÃO IMPRESCINDÍVEIS????

    É O QUE SE PERCEBE OU SE PODE OBSERVAR DO JUS ENRROLANDI OU JURIDIQUÊS DOS DRACONIANOS A PEDIDO DOS INCAS VENUSIANOS;

    AI VEM O PROFESSOR LUDOVICO DO EME (NA VERDADE QUEM ASSINOU OFENDE O PERSONAGEM – O PROFESSOR LUDOVICO É UM MESTRE) COM ESSA IDÉ IA DE ILEGAL ABAIXO E ROUBA O PEDAÇO DE HIERARQUIA E DISCIPLINA DE ALGUNS MILITARES DESOBEDECENDO A CONSTITUIÇÃO E O PRÓPRIO REGULAMENTO OU DECRETO – O REGULAMENTO FALA EM DEVER (E QUEM ASSINOU ESSA ABERRAÇÃO CRIA A INDISCIPLINA TRANSGRIDE DESOBEDECE) QUE COISA!!!!!
    PORTARIA Nº 243-EME, DE 21 DE JUNHO DE 2016
    “Altera os art. 4º e 11 da Portaria nº 006-EME, de 9 de janeiro de 2015, que aprova o Processo de Ingresso e de Promoções no Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) e de Promoções de Subtenentes e Sargentos de Carreira, exceto os do Quadro Especial (QE).
    “Art. 4º…………………………………………………………………………………
     3º O graduado que for ultrapassado hierarquicamente por militar de outra turma passará a pertencer à turma:
    I – do ultrapassante mais moderno; ou
    II – imediatamente posterior à do ultrapassante mais moderno, quando este assinalar o fimda turma.

    AI VC PERCEBE QUE A HIERARQUIA E A DISCIPLINA É IMPRESCINDÍVEL PARA PUNIR MAIS NÃO É PARA
    PROMOVER
    LEIA E ENTENDA OUTROS FRAGMENTOS DO HC QUE FOI IMPETRADO CONTRA UM INCA VENUSIANO
    PARTES DAS CONSIDERAÇÕES
    (NÃO PRECISAMOS DE TODO O TEXTO PARA ENTEDER CERTO)
    É o caso, por exemplo, daquela contida no § 2° do art. 142 da CF/ 88, verbis: “Não caberá habeas corpus em relação a punições disciplinares militares”, que, inspirada no claro propósito de fortalecer a disciplina nas corporações militares e referindo-se as prisões disciplinares, subtrai os atos dos superiores hierárquicos à impugnação e discussão por parte dos subordinados, por considerá-los essenciais a sua organização e eficiência, conforme lição de SEABRA FACUNDES2.
    Em igual sentido o parecer do Relator-Geral da Constituinte de 1988, Senador BERNARDO CABRAL: “o texto fala em ‘punição militar e que esta punição disciplinar, que é muito própria ao meio castrense, reveste-se de um caráter essencial e inarredável, por afetar – e aí eu chamaria a atenção dos Srs. Constituintes – o dúplice esteio da organização militar, quais sejam, a HIERARQUIA E A DISCIPLINA …

    “assim, quando se veda a concessão de habeas corpus em favor dos punidos disciplinares, o que se objetiva é o mérito da penalidade, que fica excluído de apreciação judicial para esse efeito. Não conheço nenhum habeas corpus que se dirija ao mérito do fato e sim à forma, a ilegalidade ou ao abuso do poder”, adiante concluindo:
    “Claro que os requisitos formais, competência e legalidade, continuarão passiveis de exame pelo Poder Judiciário, consoante copiosa jurisprudência”3.

    (COPIOSA JURISPRUDÊNCIA UMA OVA E UMA ÁREA CINZENTA TOTALMENTE OBSCURA UMA CAIXA PRETA – OS DRACONIANOS FAZEM QUESTÃO DE PRESERVAR A OBSCURIDADE SÓ ELES É QUE PODEM SABER E ENTENDER MAIS NINGUÉM – A JURISPRUDÊNCIA NÃO ESTA NO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA ESTÁ?????) – NA VERDADE O SISTEMA DRACONIANO É AUTORITÁRIO E CONTRARIA NA MAIORIA DAS VEZES O DIREITO MATERIAL E ADJETIVO………………..

    “A proteção da hierarquia e da disciplina exige das instituições militares um controle rígido, orientado por normas e regulamentos internos que se destinam a moldar a conduta de seus agentes…. Não significa que a disciplina deve ser utilizada como método de incutir temor na tropa” (2)
    (2) ESSE TRECHO É UMA AFIRMAÇÃO DE UM JUIZ DE ORIGEM JAPONESA DR KUMIAMA QUE ATUOU NO RIO DE JANEIRO POR MUITO TEMPO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    GUARDE ISSO
    O INSTRUMENTO CERTO É O MANDADO DE SEGURANÇA NÃO É HC!!!!!!!

    (TRF 2ª Região – 2ª Turma – HC 2000.02.01.050841-3/ RJ – DJ: 19/06/2001 – unânime)
    Conclusões

    Das considerações acima apontadas, podemos destacar:

    A HIERARQUIA E A DISCIPLINA APRESENTAM-SE COMO ELEMENTOS IMPRESCINDÍVEIS A COMPREENSÃO DA ESTRUTURA MILITAR, diferenciada face aos especiais fins designados as Forças Armadas.
    Como bens jurídicos peculiares de sua organização, dizem respeito somente as instituições militares, sendo tutelados pelo Direito Penal Castrense.
    Como decorrência, a Justiça Comum (Federal ou Estadual) e incompetente para apreciar questões ligadas a hierarquia e disciplina, de cunho eminentemente militar.
    Eventuais discussões neste campo deverão ter sua devida apreciação pela Justiça Militar.
    De outro lado, fica vedada a invasão pelo Judiciário do mérito da punição imposta ao militar, desde que observada à existência de todos os elementos da transgressão disciplinar (a hierarquia, o decorrente poder disciplinar, a existência de ato ligado a função e de pena susceptível de ser aplicada).
    Observados tais requisitos, não há falar em crime de abuso de autoridade (Lei nº 4.898/65).

    Resposta
  • 28/02/2018 em 13:03
    Permalink

    Merecimento só poderia ser DENTRO da TURMA, nunca entre militares de turma diferentes……por isso houve Quebra da Hierarquia.

    Resposta
  • 28/02/2018 em 16:27
    Permalink

    SÉRIE – ARQUIVO X –
    A VERDADE É SÓ DELES E ESTÁ LA DENTRO
    PRAÇA NÃO FALA A VERDADE E TEM CARÁTER DUVIDOSO

    FRANKENSTEIN OU O MODERNO PROMETEU

    O CHQAO É UMA CÓPIA DO ROMANCE DE TERROR GÓTICO FRANKENSTEIN

    TODOS SABEM QUE O ROMANCE RELATA A HISTÓRIA DE VICTOR FRANKENSTEIN, UM ESTUDANTE (TUDO QUE ELES LEVAM PARA ESTUDAR NÃO CONSEGUEM DECIDIR NADA-ENTENDEU – ESTUDAM MUITO) DE CIÊNCIAS NATURAIS QUE CONSTRÓI UM MONSTRO EM SEU LABORATÓRIO.
    MAIS O QUE VCS NÃO SABEM QUE VICTOR FRANKENSTAIN (QUE É INCA VENUSIANO) VEM ESTUDANDO COM OUTROS O CHQAO DESDE 1984;

    1984 FOI QUANDO O MONSTRO COMEÇOU A TOMAR FORMA;
    VICTOR FRANKENSTAIN SE UTILIZOU DE TODA SUA INTELIGÊNCIA E ENERGIA PARA CRIAR O CHQAO
    ELE FEZ A PORCTARIA QUE CRIOU O CHQAO
    Portaria que criou o CHQAO (Portaria 171/84) prescreve que o referido Curso enquadra-se na modalidade “Aperfeiçoamento”, como é o caso também do CAS.
    O PESSOAL QUE TEM CAS E NÃO FEZ CHQAO TEM DIREITO A REQUERER O ADICIONAL DO CHQAO!!!!!!!!!!!!!!!!

    VEJAM SENHORES NÃO É SUGESTIVO O NUMERO DA PORTARIA!!!!
    ACHO ATÉ QUE É PARA TIRAR UM SARRO DA CARA DA PRAÇA…..
    Portaria 171
    Talvez a idéia sempre foi essa desde o inicio usurpar direito das praças a uma possível promoção/ é o mesmo numero do estelionato no código penal
    CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:
    Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.
    § 1º – Se o criminoso é primário, e é de pequeno valor o prejuízo, o juiz pode aplicar a pena conforme o disposto no art. 155,

    Segundo DR FRANKENSTAIN O CURSO CHQAO foi criado para HABILITAR A PRAÇA (ST) AO QUEAOLATO OU QAOLATO COMO QUEIRA!!!!
    MAS O DR FRANK FAZ PORCTARIAS EM CIMA DE PORCARIAS
    POR ISSO ESSE MONSTRO É TODO COSTURADO

    E ENTRE VÁRIOS REMENDOS O QUE SE ENTENDE É QUE A REGRA É CONSIDERAR O MILITAR AO FINAL DO CURSO APENAS APTO OU INAPTO NADA MAIS!!!!!!!;
    OU SEJA, NUNCA FOI FALADO QUE O MILITAR TERIA UMA NOTA FINAL!!!!
    NÃO EXISTIA COMO NÃO EXISTE PREVISÃO DE NOTA AO FINAL DO CURSO!!!!! ATÉ ONDE SE SABE!!!!

    VOU REPETIR NOVAMENTE E OUTRA VEZ O MILITAR É PARA SER CONSIDERADO APTO OU INAPTO

    AÍ DE UNS TEMPOS PRA CÁ CONVERSANDO O SUBTENENTE NATIONAL KID
    ELE ME MOSTROU QUE VEM APARENCENDO PRAÇAS (DEVEM SER COLABORADORES E PEIXES DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO) COM NOTAS 9,999, 9,998, 9,997, 9,996, 9,995 ETC PUBLICADOS EM BOLETIM E COM REGISTRO NO SICAPEX

    AI O SUBTENENTE NATIONAL KID DISSE: OLHA ISSO É UM FORTE INDÍCIO DE FRAUDE NO CHAMADO CURSO CHQAO

    TAL SITUAÇÃO CONSTITUI FAVORECIMENTO A ALGUNS MILITARES EM DETRIMENTO DE OUTROS

    ISSO É INJUSTO E DESLEAL!!!!
    EXISTE INDICIOS DE FAVORECIMENTO!!!!
    FORTE INDÍCIO!!!

    TALVEZ A QUEBRA DA HIERARQUIA NA PORCTARIA 243 TENHA RELAÇÃO COM ESSAS NOTAS
    (1 UMA ILEGALIDADE + 1 ILEGALIDADE = 2 X 10¹ººº ILEGALIDADES = QAOLATO – QAO)

    O SUBTENENTE NATIONAL KID DISSE QUE TEVE MILITARES QUE FORAM IMPEDIDOS DE FAZER O CONCURSO TURMAS ANTERIORES A 1990.

    QUE COISA!!! NÃO É UM CONCURSO!!!! PORQUE FICARAM DE FORA!!!!!! ACHO QUE DEVERIAM PEDIR DANOS MORAIS POIS FORAM PREJUDICADOS!!! QUE COISA!!!

    Ai sai correndo e fui conversar com Preto Velho no terreiro da OAB (a maioria lá é tudo encosto poucos são entendedores do umbral – muitas almas ficam vagando nas mãos dos encostos)

    Aí preto velho DURANTE A CONSULTA falou:

    “Zim fio sabe quem tá aqui? Maria Conga!!! E ela tá dizendo pra falar pra suncê o seguinte: “Fio, se suncê precisá. É só pensar na vovó. Que ela vem te ajudar. Pensa numa estrada longa, zim fio. Lá no seu jacutá. E numa casinha branca, zim fio. Que a vovó tá lá. Sentada num banquinho tosco, zim fio. Com a seu rosário na mão. Pensa na vovó Maria Redonda, fazendo oração. Pensa na vovó Maria Redonda, fazendo oração.

    VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENAL NA MÃO. VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENAL NA MÃO. VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENAL NA MÃO. PORQUE É TANTA ILEGALIDADE E CRIME QUE VC NÃO TEM NOÇÃO QUANTOS JÁ PASSARAM LÁ NO SEU JACUTÁ.

    Mas Pensa na vovó Maria Redonda, fazendo oração. Mas Pensa na vovó Maria Redonda, fazendo oração. PORQUE NÃO TEM PRA QUEM SUNCÊ RECORRER NÃO.

    MAS VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENÁ NA MÃO, MAS VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENÁ NA MÃO, MAS COM CARONTE (ADVOGADO PICA/BOM) E NÃO ESQUEÇA DO DINHEIRO NÃO (UMA MOEDA / O MAIS JUSTO) SENÃO ELE NÃO TE ATRAVESSA NÃO”

    E ASSIM VOVÓ MARIA CONGA FOI SUMINDO DO TERREIRO A LUZ DO LAMPIÃO;
    NUM GESTO REPENTINO SE VOLTOU E DISSE:

    ZIM FIO EU NÃO SEI COMO AINDA NÃO PASSARAM A MÃO NA SUA B……OU NO SEU….C E TANTO ABUSO QUE PARECE ASSOMBRAÇÃO, PELO JEITO…..

    Os MAIS MODERNOS VÃO TE PASSAR A MÃO NA PROMOÇÃO!!! ASSIM PASSARÃO OS MAIS ANTIGOS – ZIM FIO!!! HÊ HÊ HÊ- BRINCADERINHA;

    MAIS ESCUTA PRETO VELHO E FAZ O QUE VOU TE DIZER:
    VAI A QUARQUER IGREJA (FORU FEDERÁ) ENTRE LÁ PROCURA SABE SE É A IGREJA CERTA E CERTA O SANTO/A DE LÁ PRA MODE SUNCÊ ORÁ E ELE/A TE AJUDÁ

    PRA SUNCÊ RECEBER A SUA PROMOÇÃO

    (FAÇA SEMPRE UMA INVESTIGAÇÃO SOCIAL DOS JUIZES E PROMOTORES PARE DE PENSAR QUE ELES SÃO SANTOS QUE NÃO SÃO!!!!!)

    EM 99,99999999 PORCENTO DOS CASOS ESTÃO COMBINADOS COM OS INCAS VENUZIANOS QUE SÃO AJUDADOS PELOS SERES DA AGUs PARA PREJUDICAR VC, OU SEJA, SÃO 4 FORÇAS SENDO APLICADAS CONTRA VC QUE SE INSURGE DENTRO DA LEI CONTRA ESSA PALHAÇADA

    SABEMOS QUE EU E VC SOMOS PALHAÇOS
    MAIS NÓS NÃO SOMOS OS DONOS DO CIRCO, CERTO????????????????

    Força é uma ação capaz de colocar um corpo em movimento, de modificar o movimento de um corpo e de deformar um corpo. Uma força é formada pelos seguintes elementos:
    – Ponto de aplicação: é a parte do corpo onde a força atua diretamente. (NOS PALHAÇOS ESTAMOS AQUI)

    – Sentido: é a orientação que tem a força na direção (esq, dir, cima, baixo); (DONO DO CIRCO E SEUS SOCIOS)

    – Direção: é a linha de atuação da força (hor, vert, diag.);
    – Intensidade: é o valor da força aplicada. (DONO DO CIRCO E SEUS SOCIOS)

    Pensa na vovó Maria Redonda, fazendo oração.
    VÁ PARA A JUSTIÇA COM O CÓDIGO PENAL NA MÃO.

    Resposta
  • 01/03/2018 em 00:01
    Permalink

    A quebra da hierarquia é só mais uma das irregularidades cometidas pela CPQAO, essa história de que a promoção ao QAO deve ser somente por MERECIMENTO é mais uma das piadas sem graça do EB Brasileiro, pois se fosse por merecimento a Comissão não precisaria ter 49 pontos na mão para aplicar a quem ela bem entende, deveria apenas fazer o trabalho previsto na legislação (ILEGAL) que eles mesmo criaram, mas como são seres SUPERIORES, acima da lei e da ordem, descumprem o previsto e promovem POR ESCOLHA os Subtenentes que eles acham que merecem pertencer ao círculo dos oficiais; ora, como se uma estrela transformasse homens em deuses e somente estes podem ser oficiais. Piada sem graça, humor negro, irregularidades, ilegalidades, falta de noção…A DAPROM macula o processo de promoção ao QAO e isso tem que ser investigado, todos temos que denunciar estas falcatruas na justiça até que os juízes entendam que não se trata de um ou outro Subtenente ofendido, mas sim de milhares de homens que deram sua vida ao Exército, homens que trabalharam, que sacrificaram as famílias com suas ausências em horas, dias e até meses no cumprimento do dever. JUSTIÇA NA DAPROM até que o JUDICIÁRIO coloque estes oficias no lugar deles ! ! !

    Resposta
  • 03/03/2018 em 15:37
    Permalink

    O exército mudou muito, por exemplo na minha OM , alguns S Ten que chegam atrasados todos os dias no expediente, não participam de formatura, mas, que são “SIMPÁTICOS” possuem conceito melhor que os outros que cumprem suas obrigações, reflexo da nossa sociedade com valores deturpados.

    Resposta
  • 05/03/2018 em 12:15
    Permalink

    Com essa comissao do CPQAOa promoção passa a ser por escolha porque de forma arbitraria e ilegal podem atribuir sem nenhuma justificativa pontos que fraldam todo o processo da promoção a QAO, é uma vergonha que um profissional em final de carreira tenha de passar por essas armadilhas criadas por nossos chefes militares.

    Resposta
  • 06/03/2018 em 22:59
    Permalink

    Uma coisa que observo é a veneração das autoridades em relação a imagem da Força Terrestre. Há sempre recomendação dos Comandantes em relação a preservar a imagem do Exército. Essa tal imagem passa a ser um “DEUS”. Preocupam-se em passar para a sociedade civil a bela imagem do EB (e passam uma imagem distorcida da realidade), mas esquecem que os Subtenentes (que são seus integrantes e tem poder de “fazer” essa imagem da Força junto da sociedade civil) são desconsiderados, desrespeitados e ludibriados.
    Quanta incoerência!!!!
    Passam uma imagem que não é verdadeira para os civis, desrespeitam os seus Subtenentes e induzem estes para “divulgar a a boa imagem da Força”. É isso mesmo?!?!

    Haverá muitos Subtenentes que “mancharão” esta imagem, mas por culpa exclusiva da própria Força.

    Resposta
  • 10/03/2018 em 18:30
    Permalink

    A PROMOÇÃO DE SUBTENENTE PARA OFICIAL QAO, NÃO É POR MERECIMENTO É POR ESCOLHA, POIS A CP-QAO TEM 49 PONTOS PARA DAR PARA OS ESCOLHIDOS (PUXA-SACOS, BABÕES, DEDO-DUROS, X-9 E LAMBE BOTAS DOS OFICIAIS). MAS OS SUBTENENTES QUE NÃO PUXARAM SACO E NÃO FORAM PROMOVIDOS A TENENTE QAO ESTÃO ACORDANDO E VÃO ENTRAR NA JUSTIÇA.

    Resposta
    • Messias Dias
      23/03/2018 em 07:21
      Permalink

      Prezado.

      Não os recebemos.

      Reenvie que publicaremos.

      Att,

      Resposta
  • 24/04/2018 em 18:08
    Permalink

    Sinto muito aos ST que não conseguiram/conseguem ser promovidos. Mas devo admitir que os comentários do tribuno da plebe explicitam de forma bem humorada várias verdades no EB.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.